Opinião

Motorola Razr D3, a história do incrível smartphone que desapareceu

Você, querido leitor deste blog, apaixonado por smartphones e mercado móvel, sabe que, com algumas poucas respostas, é possível dizer se um determinado aparelho irá vender muito ou pouco, sem medo de errar. É o caso do Motorola Razr D3, o aparelho que foi subestimado pela própria fabricante.

A tela é boa? É. A câmera tira fotos bacanas? Sim. Tem upgrade garantido para a próxima versão do Android? Tem! É rapidinho na maioria das tarefas? Com certeza! A bateria tem boa duração? Ô! O preço é bom? Muito! É Dual Chip? Yeah!

No vídeo abaixo você pode conferir alguns destaques que fazem do aparelho uma compra certa:

Depois de dois anos de diversos lançamentos (2011-2012), o mercado brasileiro já conta com uma boa oferta de smartphones Android com suporte a dois chips. Nesse período, o público só pôde contar com aparelhos de hardware mais simples rodando versões ultrapassadas do sistema do Google.

Isso começou a mudar neste ano com a chegada de dois aparelhos com processador dual core e Android Jelly Bean nas lojas: o Galaxy Gran Duos da Samsung, e o Razr D3 da Motorola.

Como era de se esperar, a procura pelos dois celulares foi enorme. Só que a Motorola, diferente da Samsung, não estava preparada para um volume tão grande de vendas, e seu aparelho logo ficou esgotado em todas as lojas. Para piorar ainda mais a história, a fabricante não conseguiu repor os estoques na velocidade esperada. Enquanto isso, o Gran Duos vende como água. O que poderia ser uma boa briga, acabou virando uma derrota interna da Motorola.

aviso
Ao procurar pelo aparelho na Internet, esta é a imagem que você mais irá ver.

É um caso interessante de um aparelho que tinha tudo para ser um sucesso de vendas, mas acabou morrendo na praia, por um erro de estratégia da própria fabricante: não ter fabricado aparelhos suficientes para atender a demanda.

Muita gente tem me procurado para saber qual Android Dual comprar: o Gran Duos ou o Razr D3?

Apesar de serem aparelhos com especificações muito parecidas, cada um deles possui seus prós e um contras:

Motorola Razr D3

Prós:

– preço até 300 reais mais baixo que o Gran;

– tela com melhor definição (densidade de pixels).

Contras:

– por seu um smartphone somente disponível no Brasil, contará com uma comunidade de desenvolvimento bastante reduzida;

– se é difícil de encontrar o aparelho para comprar, imagine os acessórios.

Samsung Galaxy Gran Duos

Prós:

– excelente oferta de acessórios;

– melhores filmadora e câmera frontal;

– enorme comunidade de desenvolvimento;

– tela enorme.

Contras:

– tamanho e peso;

– algumas travadas eventuais.

No final das contas, o excelente preço do Razr d3 (R$ 699)  justifica muito bem suas concessões, o tornando, na minha opinião, o melhor custo-benefício da categoria.

Portanto, se por algum milagre divino o aparelho da Motorola aparecer disponível para venda em qualquer loja online de sua confiança, corra! Pois só Deus sabe quando ele estará disponível novamente.

[info_box]O Motorola D3 está disponível no Ponto Frio por apenas R$ 656 à vista. Corre lá antes que acabe! #Ad[/info_box]

Imagem da Capa: http://info.abril.com.br/