5 motivos para comprar o Galaxy S10e

Depois de anos ao lado do guerreiro Galaxy S7, é hora de seguir em frente. O meu escolhido para substituir o velho companheiro foi o Galaxy S10e, e neste post eu compartilho com você os motivos que me levaram a comprar este modelo específico, e não os outros.

Antes de mais nada, é importante dizer que eu escolhi continuar na Samsung principalmente por conta da “dobradinha” Samsung Pay e Samsung Rewards, e também pelo novo Android customizado da fabricante – One Ui – que está absolutamente imbatível (mesmo com algumas coisinhas ainda por melhorar).

Ah, e um aviso: os motivos listados a seguir continuam válidos mesmo depois de algumas semanas de uso.

5 motivos para comprar o Galaxy S10e - Mobizoo

1. Preço

Ele é o mais barato dos três modelos de Galaxy S10, podendo ser comprado por até R$ 2.800 em algumas promoções.

Os modelos mais caros do S10 possuem uma câmera extra na traseira (além de uma frontal extra no caso do S10+), sensor cardíaco e leitor biométrico sob a tela. Mas, sinceramente, esses itens não são indispensáveis para 99% dos usuários, tornando o S10e uma opção mais econômica que faz muito sentido.

Na minha opinião os grandes motivos para comprar os S10 mais caros são: tamanho da tela e bateria. Então, se isso não te faz falta, vá de S10e.

A alternativa de outra marca mais próxima do modelo é o iPhone XR de 64 GB, que custa pelo menos R$ 500 a mais, porém oferece metade do armazenamento, uma câmera traseira a menos, design menos confortável, e tela de menor resolução. Se você for comprar à vista, o preço do iPhone XR fica bem próximo ao do S10e, mas as vantagens do aparelho da Samsung ainda prevalecem.

2. Design

Se você não aguenta mais smartphones gigantescos, que mal cabem no bolso do seu jeans, o Galaxy S10e é a salvação.

O modelo é extremamente compacto, e por isso é um dos poucos da atualidade que pode ser tranquilamente utilizado com apenas uma mão.

A alternativa mais próxima em termos de tamanho é o iPhone XS, porém ele é MUITO mais caro, e ainda possui um recorte enorme na tela (quando comparado ao pequeno “buraco” da Samsung).

O fato de ser o único S10 com leitor biométrico na lateral também acaba sendo uma vantagem, já que o sensor ultrassônico incorporado na tela dos S10 e S10 Plus já se provou menos eficiente no dia a dia.

Além disso, o modelo é o primeiro top da Samsung com tela flat desde o Galaxy S7, o que é ótimo para quem, como eu, detesta tela com bordas curvas (também conhecidas como o “terror das películas”). E detalhe: mesmo com a tela plana, o modelo traz em seu software os atalhos Edge.

3. Câmeras

Se o seu foco ao comprar um telefone mais caro é a qualidade superior das fotos que ele irá fazer, o S10e é uma excelente opção, mesmo tendo uma câmera traseira a menos.

Ocorre que, para baratear esta versão, a Samsung precisava remover uma das lentes presentes nos S10 mais caros, e ela fez a escolha certa, retirando exatamente a que menos faz falta: a telephoto com zoom óptico.

No S10e ficaram as lentes wide de 12 MP com abertura variável e estabilização óptica, e a ultrawide de 16 MP, de longe as mais úteis para os fotógrafos de plantão.

Veja um exemplo com a mesma fotografia tirada com a camera “normal” do S10e:

Foto capturada com a câmera traseira normal do Galaxy S10e

E agora com a câmera ultrawide:

Foto capturada com a câmera traseira ultrawide do Galaxy S10e

A câmera frontal é a mesma do S10, então você não perde nada aqui.

No final das contas, você terá câmeras tão boas quanto as do iPhone XR (com pequenas diferenças em algumas situações), e ainda vai contar com uma lente extra para capturas super amplas, tipo aquela foto de fim de ano com a sua equipe inteira.

4. Desempenho

Equipado com o mesmo chipset e os mesmos 6 GB de RAM do S10 principal, o Galaxy S10e oferece exatamente o mesmo desempenho top, só que com preço mais camarada.

O resultado obtido pelo S10e nos testes de benchmark é praticamente o mesmo dos demais modelos, apenas com uma pequena diferença na pontuação por conta da bateria – o S10e tem bateria de 3100 mAh, o S10 tem 3400 mAh, e o S10+ tem 4100 mAh.

Desta forma, você não perde nada no quesito desempenho para os demais S10, e vai desfrutar do que há de melhor na atualidade em termos de hardware, seja para abrir e alternar apps com muita velocidade, ou para rodar os games mais sofisticados com qualidade máxima e taxa de quadros alta e constante.

5. Software e recursos

Atualmente não há nenhum Android melhor que o da Samsung, e ponto final. O software customizado pela coreana alia tudo o que há de mais moderno no Android 9 puro – como o app Bem-estar Digital e o Modo Escuro – com uma série de otimizações que deixam o sistema absolutamente imbatível.

Toda a One Ui foi pensada para facilitar o uso do aparelho com apenas uma mão, então a disposição dos ícones, listas e demais elementos é sempre priorizada na parte inferior da tela. Só falta fazer isso com as pastas de apps, né, Samsung? #fikdik

Também não podemos esquecer do modo Dex, que transforma todos os S10 num computador completo, podendo ser usado com monitor, teclado e mouse. Isso nenhum outro concorrente faz.

Para finalizar, o Galaxy S10e continua com a boa e velha entrada tradicional de fones de ouvido (P2), que não está mais presente nem no iPhone XR, nem no Xiaomi Mi9, e ainda traz fones de ouvido AKG bem superiores aos EarPods da Apple (a Xiaomi nem manda fones com seus aparelhos).

E você, está pensando em comprar um Galaxy S10e? Essa lista te ajudou? Conte aí nos comentários!

Mais sobre: compras galaxy samsung