Motorola One Fusion Plus: a frente branca está de volta

A Motorola ouviu as minhas preces, e também as de muitos consumidores que estavam com saudades dos smartphones de frente branca. O novo Motorola One Fusion Plus traz de volta esse charmoso detalhe de design, que deixa o dispositivo lindo de morrer (na minha opinião), e ainda uma dose generosa de câmeras e bateria.

Além disso, o modelo intermediário traz hardware compatível com a categoria e preço na faixa dos R$ 2.000, mas se você procura algo mais barato, há também uma versão mais simples, em torno dos R$ 1.500. Saiba mais sobre ela no link abaixo:

Alerta de oferta: O Motorola One Fusion Plus está saindo por apenas R$ 1.859 à vista na Magazine Luiza. Compre aqui o modelo Branco, ou o modelo Azul.

Vá direto para:

Motorola One Fusion Plus: ficha técnica, preço e avaliação - Mobizoo

O Motorola One Fusion Plus é uma espécie de sucessor espiritual do One Vision, com elementos herdados do One Hyper e do Moto G8 Power.

Temos a enorme bateria de 5000 mAh e a traseira que lembra o G8 Power, a câmera pop up e a tela Full Vision do Hyper, e a câmera de 64 MP com Night Vision que seria o upgrade natural do que vimos no One Vision. Pena que ficou faltando a estabilização óptica, presente no antigo modelo.

O processador do modelo é o mesmo Snapdragon 730 que encontramos no Xiaomi Mi 9T e Galaxy A71, mas eu confesso que os 4 GB de memória RAM do modelo me decepcionaram um pouco, já que os dois concorrentes que citei trazem 6 GB de RAM.

O que não me decepcionou, muito pelo contrário, foi o design do Motorola One Fusion Plus, especialmente em sua versão branca. O marca conseguiu unir todos os acertos de desenho das linhas One e G num único dispositivo, oferecendo um produto com identidade forte, e muito bonito.

Na lateral direita temos um novo botão dedicado para acionamento imediato do Google Assistente, algo que a LG já faz há algum tempo, mas a Motorola está estreando em seus celulares.

Ficha técnica

  • Android 10;
  • Tela IPS de 6,5 polegadas Full HD+ (1080 x 2340) com HDR 10;
  • Chipset Snapdragon 730;
  • GPU Adreno 618;
  • 4 GB de RAM;
  • 128 GB de armazenamento interno, expansível com micro SD;
  • Câmera traseira quádrupla:
    64 MP wide f/1.8 Quad Pixel, PDAF;
    8 MP ultrawide f/2.2;
    5 MP macro f/2.2;
    5 MP sensor de profundidade f/2.2;
  • Câmera frontal pop up wide de 16 MP f/2.0;
  • Gravação de vídeo 4K a 60 fps;
  • Leitor de impressão digital traseiro;
  • Alto Falante HiFi;
  • Bluetooth 5.0;
  • WiFi Dual Band;
  • Radio FM;
  • A-GPS, Glonass, Galileo e BDS;
  • Leitor de digitais sob à tela;
  • USB tipo C (com OTG);
  • Sensores: acelerômetro, proximidade e giroscópio;
  • Bateria de 5.000 mAh com carregamento turbo de 15W.
Motorola One Fusion Plus: ficha técnica

Avaliação

Prós

  • Uma telona de cair o queixo;
  • Conjunto de câmeras bem completo;
  • Versão branca finalmente com frente branca;
  • Processador de alto desempenho;
  • Bateria de longa duração.

Contras

  • Com uma bateria dessas, o carregador merecia ser mais potente;
  • Cadê a estabilização óptica?
  • Não é à prova d’água;
  • Construção em plástico;
  • 6 GB RAM seriam mais justos para o preço.

Pontuação no Antutu

Motorola One Fusion Plus: pontuação no Antutu

Preço

O Motorola One Fusion Plus já pode ser encontrado na loja oficial da Motorola por preço inicial de R$ 2.499, ou seja, mesmo valor de lançamento dos Motorola One Hyper e Motorola One Zoom.

Se ele tivesse 6 GB de RAM eu confesso que acharia o preço mais justo, mas provavelmente o valor do aparelho deve cair nos próximos meses, melhorando seu custo-benefício.

O que você achou do novo Motorola One Fusion Plus? Conte aí nos comentários!

Mais sobre: Motorola