Como ter internet grátis no celular Vivo, Claro, TIM e Oi

Seus créditos acabaram? A grana tá curta para um plano com franquia de dados maior? Então aprenda nesse artigo algumas formas para conseguir internet grátis no celular, e se salvar na hora do aperto.

A Claro está enviando um bônus de 2 GB válidos por 30 dias para todos os seus clientes pré, por conta do surto do coronavírus. O envio está sendo feito por SMS, e você só precisa responder “quero” para ganhar.
Como ter internet grátis no celular Vivo, Claro, TIM e Oi - Mobizoo

Internet grátis Vivo

A Vivo disponibiliza para seus clientes, inclusive do pré-pago, um endereço onde você pode navegar de graça, sem nenhuma cobrança em seus créditos.

Basta acessar internetgratis.vivo.com.br, e começar a navegar. Nesse mini-portal você pode conferir as notícias do dia, ver o horóscopo do dia e até os resumos das novelas.

Além disso, você também pode ganhar franquia de dados extra toda vez que assistir as propagandas que aparecem nessa página: vivo.ddivulga.com

Internet grátis Claro

A Claro está distribuíndo internet grátis aos clientes pré-pagos que clicarem nas propagandas exibidas no site ou no aplicativo Minha Claro.

Para ganhar, basta iniciar o procedimento de recarga no site ou no app, e na hora de escolher a forma de pagamento, selecionar a opção “assistir à publicidade”.

Cada “rodada” gera até 20 MB de franquia, e como você pode repetir o processo até cinco vezes no mesmo dia, é possível conseguir até 100 MB diários para navegar gratuitamente. Bom, né?

Internet grátis “pirata”

A pirataria Made in Brazil parece não ter limites, e última moda é usar Internet grátis no celular através do HTTP Injector.

O jeitinho brasileiro é famoso tanto para o bem quanto para o mal, e em tempos de recessão, muita gente está dando um jeito de não ter que pagar pela conexão 3G/4G, usando scripts que são velhos conhecidos da galera de TI.

A “descoberta” aconteceu na época em que rolaram os grandes bloqueios do Whatsapp no país, quando centenas de usuários mais avançados buscaram formas para mascarar suas redes, conseguindo assim acessar o serviço como se estivessem em outro país.

O que é o HTTP Injector?

O HTTP Injector é uma ferramenta utilizada por profissionais de TI principalmente para acesso a sites que são bloqueados no país, e também na configuração de firewalls para empresas (aquele negócio que não deixa você acessar pornografia no escritório).

Como sempre, toda tecnologia pode cair em mãos erradas e virar um mecanismo para pirataria, e foi isso que aconteceu com o HTTP Injector, que agora é a grande estrela do roubo de sinal das operadoras de telefonia celular do Brasil.

Existem diversos aplicativos HTTP Injector para todas as plataformas, e para Android o mais popular é o gratuito HTTP Injector – (SSH/Proxy/VPN), disponível na Play Store.

Para funcionar corretamente e liberar Internet grátis no celular, o app HTTP Injector precisa do arquivo EHI de cada operadora, que é basicamente um script de configuração personalizado para cada conexão. É aí que a coisa fica interessante.

Arquivos EHI utilizados no HTTP Injector - Mobizoo

O mercado negro de arquivos EHI

Os arquivos EHI usados para liberar acesso gratuito ao 4G/3G das operadoras são facilmente encontrados em grupos especializados no Facebook, Whatsapp e Telegram, mas nem sempre os que estão disponíveis funcionam com velocidade satisfatória.

É por isso que surgiu todo um mercado de EHIs “premium” (geralmente de outros países), que oferecem conexões ilimitadas mais rápidas e por mais dias, sempre com preços em torno dos R$ 10.

Como era de se esperar, as grandes operadoras do país; Vivo, Claro, Tim e Oi, já estão cientes desta prática ilegal, e sempre que encontram um novo EHI, tratam de bloqueá-lo.

O problema é que esse procedimento é lento, e os piratas estão sempre disponibilizando novos arquivos.

Usar Internet grátis no celular pode sair caro

Usar Internet grátis no celular usando HTTP injector é bastante tentador, mas também é muito perigoso. Como a conexão gratuita do seu dispositivo à rede 4G/3G da operadora acontece através de uma VPN absolutamente “bandida”, o risco de invasão da rede ou de vazamento dos seus dados é enorme, e por isso todo cuidado é pouco.

A minha recomendação é que você não use esse tipo de procedimento ilegal, mas se você for usar mesmo assim, pelo menos evite fazer qualquer tipo de transação no celular, seja ela bancária, compra online com cartão de crédito, ou mesmo um simples cadastro.

Outro risco que é importante a destacar é o próprio crime de roubo de sinal em si, que pode gerar multas bem salgadas e até prisão.

E você, o que acha dessa nova modalidade de pirataria? Deixe suas opiniões nos comentários!

Mais sobre: internet Planos redes
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!

Apoie o conteúdo que você ama!

Desative o seu bloqueador de anúncios e nos ajude a manter o site :)