Internet 5G no Brasil só em 2025, diz diretor do GSMA

Direto de Barcelona: acaba de acontecer a conferência da GSMA América Latina no MWC 2018, e já temos novidades a respeito da implantação da Internet 5G no Brasil.

Infelizmente as notícias não são boas nem para nós, nem para os nossos companheiros da América do Sul, pois segundo o diretor da associação, Sebastián Cabello, a nova tecnologia só estará em execução em 2025.

Cabello acrescenta que as redes 5G não serão voltadas para o público, apesar de o beneficiar com a velocidade extra em relação ao 4G, o grande foco da tecnologia é atender o business to business (B2B), e não usuário comum.

Mais especificamente, o grande objetivo do 5G em todo mundo é conectar todas as coisas, ou seja, é criar a base para a implantação da Internet das Coisas.

A boa notícia é que o Brasil é o país que está mais avançado na implantação das novas tecnologias relativas ao 5G, frente aos demais países da América do Sul, especialmente por conta das bandas que o país conseguiu liberar nos últimos anos. Mesmo assim, isso ainda não é suficiente para que tenhamos o 5G funcionando plenamente no país no curto prazo. De acordo com a apresentação, a coisa só deve começar a esquentar em 2020.

Cabello complementa dizendo que o 5G será o grande agregador de serviços das operadoras, unindo 2G e 3G com foco em voz, 4G e 4.5G fornecendo conexão de dados de alta velocidade para as pessoas, e o 5G acima de tudo, conectando todas essas camadas com dispositivos inteligentes, indústrias, empresas e serviços.

Agora quero saber de você: qual é a sua expectativa para a implementação da Internet 5G no Brasil?

Mais sobre: MWC 2018 redes