Celular bom e barato: os 3 melhores modelos de 2019

Achou que smartphone bacana só dá pra pegar com mais de mil reais? Achou errado, otário! E para provar, elaborei uma lista com 3 celulares bons e baratos para comprar em 2019, todos custando abaixo dos R$ 600!

São modelos que não ganham nenhuma atenção da mídia, mas são verdadeiros campeões do custo-benefício, oferecendo ficha técnica e design bem acima da média em sua faixa de preço.

Celular bom e barato: os 3 melhores modelos de 2019 - Mobizoo

Quer celulares bons e baratos? Então abra sua mente!

Se você está procurando celulares bons e baratos em lojas físicas, já começou errado. As lojas online sempre oferecem preços melhores, além de muito mais opções de modelos e marcas.

É possível encontrar modelos nacionais e importados à venda no Brasil por ótimos preços, tanto em grandes lojas online (Submarino, Americanas, etc.), quanto em Market Places como o da Amazon.

Com um pouco de paciência e muita pesquisa, é possível comprar um puta smartphone gastando o mesmo que você gastaria comprando um basicão bem limitado. Mas para facilitar a sua vida, eu já vou te dar tudo mastigado. Se liga:

Asus Zenfone Max Pro M1

Asus Zenfone Max Pro M1: o melhor custo-benefício até 600 reais.

É praticamente impossível bater este dispositivo da Asus na faixa dos R$ 600.

Ele conta com o melhor chipset da categoria, o Snapdragon 636 – que você encontra em modelos bem mais caros, como o Moto G7 Plus, por exemplo, câmeras competentes, experiência do Android Puro, e tela Full HD+ de boa qualidade.

Além disso, o modelo traz a maior bateria disponível nessa faixa de preço: 5000 mAh, e alto falante de alta potência, com tecnologia NXP.

Ele pode não ser o celular mais bonito que você já viu, mas certamente é um dos que mais dá valor ao seu rico dinheirinho atualmente.

Portanto, compre uma capinha bonita e vá ser feliz!

Meizu M6t

Celular bom e barato: Meizu M6t

Agora temos o belíssimo modelo básico da marca chinesa Meizu; o M6t.

Custando R$ 599 parcelado sem juros, o Meizu M6t é sem dúvida o smartphone mais bonito em sua categoria, trazendo tela HD de excelente qualidade (5,7 polegadas em proporção 18:9), câmera traseira dupla com efeito bokeh (Modo Retrato), leitor de impressão digital, chipset MediaTek MT6750 com 3 GB de RAM e 32 GB de armazenamento, e acabamento super leve em policarbonato e vidro Gorilla Glass.

Compacto, leve e com ótima pegada, o modelo apresenta desempenho muito bom tanto para tarefas do dia-a-dia quanto para games, e sua bateria dura mais de 1 dia com uso moderado (3300 mAh).

A câmera frontal de 8 MP da Samsung também se sobressai, trazendo algorítimo de pós-processamento ArcSoft, capaz de melhorar consideravelmente as selfies capturadas.

Apesar de ser pouco conhecida por aqui, a Meizu possui aparelhos baratos tão bons quanto os da Xiaomi, e, assim como sua conterrânea, conta com representação oficial no Brasil, a Vi, que oferece garantia e assistência técnica em território nacional.

Xiaomi Redmi 7A

O Redmi 7A é o mais recente modelo básico da Xiaomi.

Ele não tem acabamento premium, mas até que é bem bonitinho, possui desempenho e câmeras muito bons em sua faixa de preço – com sensor Sony, e principalmente, oferece bateria de longa duração (4000 mAh).

A tela é de boa qualidade, apesar de ser HD, e não Full HD como a do Asus M1, e os 2 GB de RAM e 32 GB de armazenamento do modelo oferecem boa experiência para abrir e alternar apps (mesmo a versão com 2 GB de RAM e 16 GB de armazenamento se sai bem).

Quem gosta de games 3D, também não vai se decepcionar com o chipset Snapdragon 439, que roda bem os títulos mais populares na configuração básica de gráficos.

Opção extra: Moto G7 Play

Lançado no início do ano por mil reais, o Moto G7 Play já caiu para a faixa dos R$ 600, tornando-se agora uma das melhores opções para quem procura um celular bom e barato.

Ele possui Android bem atualizado (9 Pie), velocidade de processamento bem acima da concorrência – batendo 97.000 pontos no Antutu, câmeras satisfatórias para redes sociais, e bateria que dá conta do recado.

Além disso, ele também é a opção mais leve e compacta dessa lista.

Agora é com você! Qual desses celulares bons e baratos será o seu escolhido? Ah, e conte suas justificativas nos comentários!

Mais sobre: compras