5G no Brasil: quais operadoras irão oferecer e como funciona?

Quer saber mais sobre 5G no Brasil? Embora já se fale sobre a tecnologia há algum tempo, ela ainda não funciona, de maneira efetiva, em terras tupiniquins.

Mas, uma boa notícia: algumas operadoras anunciaram, em julho, a disponibilização do 5G em algumas cidades, antes mesmo do leilão da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), que só deve acontecer em 2021.

Então, fique ligado(a)! Nos próximos tópicos você descobre quais operadoras já estão oferecendo internet 5G, quais as vantagens desse tipo de conexão e se o seu aparelho celular comporta ou não essa tecnologia.

5G no Brasil: operadoras, celulares e como funciona - Mobizoo

Já tem 5G no Brasil?

Depois de muito tempo, finalmente a gente consegue responder essa pergunta com um “sim”. Mesmo que não seja da forma ideal.

Em julho, três operadoras anunciaram que, até setembro, vão implementar o sinal de internet 5G em algumas regiões brasileiras, aumentando em até 10x a velocidade de internet para os usuários.

Como nem tudo são flores, a notícia ruim é que esse acesso ainda será bastante limitado. Isso porque apenas alguns bairros serão abrangidos pela cobertura 5G e não é qualquer celular que permite a conexão.

Como funciona a conexão 5G?

O leilão da tecnologia 5G no Brasil ainda não aconteceu. Por isso, na prática, mesmo com implantação do novo sinal, as operadoras não conseguem, de fato, oferecer uma conexão “pura” ao 5G.

Por enquanto, o que acontece é o chamado DSS (sigla de Dymanic Spectrum Sharing, ou Compartilhamento Dinâmico de Espectro, em português). Para funcionar, o 5G usa parte da frequência da rede 4G.

Vale fazer uma analogia com as rodovias. Cada tecnologia emite sinal por um caminho diferente, mas, até o leilão ser resolvido, 4G e 5G devem dividir a mesma frequência – o que torna o recurso mais limitado, neste momento.

5G x 4G: quais as diferenças?

A principal diferença entre as duas tecnologias é a velocidade e as formas de uso. Enquanto o 4G está diretamente relacionado à conexão como conhecemos hoje (em celulares e computadores), o 5G é focado na chamada Internet das Coisas (IoF – Internet of Things).

Quais as vantagens da nova tecnologia?

O 5G é um grande passo na conexão sem fio. Além de aumentar significativamente a velocidade da internet, essa tecnologia promete impactar a relação do usuário com muitos dispositivos – e não apenas celulares, computadores e relógios inteligentes.

Quando a cobertura 5G for ampliada, será possível conectar vários aparelhos à mesma rede, simultaneamente, com economia de até 90% de energia, em consideração ao que a rede 4G consome.

Como o tempo de latência será menor, ou seja, a resposta entre ação e reação acontecerá de forma muito mais rápida, será possível integrar diferentes dispositivos e elevar o uso da tecnologia a um outro patamar.

Qual operadora já tem 5G no Brasil?

E quer saber quais operadoras já oferecem 5G? A Claro, a TIM e a Vivo anunciaram a implantação da tecnologia em algumas cidades brasileiras. Confira:

  • TIM: em setembro, a empresa começa a operar com 5G no Brasil em três cidades – Bento Gonçalves (RS), Itajubá (MG) e Três Lagoas.
  • Vivo: é a operadora que, por enquanto, tem a maior cobertura 5G. Vai oferecer a conexão e pontos específicos das cidades de São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, Salvador, Rio de Janeiro, Goiânia, Curitiba e Porto Alegre.
  • Claro: o sinal 5G da marca já foi ativado, em julho, em diversos pontos das cidades de São Paulo e Rio de Janeiro. Após a aquisição da Nextel, a Claro é a empresa detentora das maiores faixas de frequência do país, o que justifica seu pioneirismo com o 5G.
A Claro foi a primeira a oferecer 5G no Brasil

Portabilidade para operadoras com 5G

Para quem quer sair na frente e contratar um plano de operadoras que já estão fazendo testes com 5G, uma dica é a portabilidade numérica para a Claro, Vivo ou TIM.

A portabilidade é um direito do consumidor. Para solicitar, é só entrar em contato com a operadora que deseja contratar, informar que quer migrar o número e passar alguns dados. A própria empresa de telefonia se encarrega de encerrar o plano atual.

Mas, atenção: caso seu plano de celular esteja dentro do prazo de fidelidade estabelecido na hora da assinatura, a quebra de contrato é passível de multa.

Vale a pena fazer portabilidade por causa do 5G?

Fazer a portabilidade simplesmente por causa do 5G ainda não é um negócio vantajoso. A cobertura desse tipo de conexão é muito pequena e a compatibilidade com aparelhos é bastante limitada.

Mas é sempre recomendado comparar planos de celular disponíveis para contar com o melhor serviço da sua região.

Qual celular tem 5G no Brasil?

Essa é uma informação que deve desagradar os entusiastas do 5G no Brasil. São pouquíssimos os aparelhos que suportam a tecnologia (e pode esquecer de iPhone e Samsung!).

Até o momento, só o Motorola Edge opera com 5G no Brasil. Em outros países, dá para usar aparelhos da Samsung e da Xiaomi, por exemplo. Mas, por aqui, apenas este modelo. Lançado recentemente, o dispositivo tem memória de 128 GB e custa em torno de R$ 5 mil.

A versão Plus do aparelho também é compatível com o 5G, mas como, por enquanto, a frequência ainda funciona com a tecnologia DSS, esse dispositivo só funcionará de forma plena após o leilão do 5G brasileiro. Mas vale ficar de olho nos lançamentos da Motorola.

Motorola Edge já está preparado para o 5G no Brasil

Leilão da frequência 5G no Brasil

Parecer ter algum tempo que você está ouvindo sobre o 5G em terras brasileiras? Realmente, já faz um tempinho…

O leilão de 5G no Brasil deveria ter ocorrido em 2020, mas com a pandemia e a guerra comercial entre China e Estados Unidos, a agenda sofreu atrasos e os resultados disso só devem aparecer em 2021.

A Anatel faz consulta pública sobre o 5G até 31 de agosto de 2020. Essa parece ser uma história que ainda demora a se desenrolar, mas as próprias operadoras já estão buscando soluções para aprimorar a tecnologia de internet que vendem aos clientes.

Quanto custa usar a nova tecnologia?

Por enquanto, ainda não há custos para usar 5G no Brasil. A implementação está nas primeiras fases, com cobertura e acesso limitado. Se você está em um das cidades com cobertura 5G, aproveite! O custo estará mesmo no investimento em um novo aparelho de celular, que seja compatível com a frequência.

Ansioso para usar o 5G? Conte para a gente as suas expectativas nos comentários!

Mais sobre: Planos