Sony Xperia XZ3: hands-on e primeiras impressões

O Sony Xperia XZ3 é um grande smartphone. O sistema operacional é o mais atual possível. O hardware é de primeira. Os recursos são os mais legais do mercado. Contudo, como explicar a incerteza que sinto na hora de pensar em investir nesse smartphone?

Sony Xperia XZ3: preço e disponibilidade

O Xperia XZ3 foi anunciado durante a IFA 2018, em Berlim, e custa 799 euros na Alemanha. Fazendo a conversão para a moeda brasileira, seria o equivalente a R$ 3.843,19.

Levando em consideração que a fabricante japonesa anunciou o Xperia XZ2 no Brasil, em maio, custando R$ 3.799,00, caso o novo modelo seja comercializado no país, o valor deverá bater os 4 mil reais. Contudo, é importante dizer que a Sony Brasil ainda não confirmou se o Xperia XZ3 será vendido no varejo nacional.

Sony Xperia XZ3: hands-on e primeiras impressões - Mobizoo
O Sony Xperia XZ3 é um belo smartphone, com tela OLED e ótima qualidade de áudio @Mobizoo

Sony Xperia XZ3: design

O Xperia XZ3 não tem notch e lembra bastante a parte frontal do Galaxy S9. As laterais do display são curvas e a tela de 6 polegadas poderia ser confundida com a do S9 Plus, não fosse pela marca da Sony impressa na borda inferior.

Borda superior do Xperia XZ3
A borda superior do Xperia XZ3 lembra a do Galaxy S9 @Mobizoo

Desta vez, posso afirmar que a Sony realmente aproveitou todo o potencial da parte frontal possível para a tela do aparelho. Tanto na imagem de cima quanto na de baixo é possível perceber claramente que este é um Sony redesenhado.

Se a Motorola resolveu se inspirar no iPhone X para o desenho do Motorola One, a Sony foi buscar estímulo na linha Galaxy S! E isso não é um problema, que fique bem claro.

Borda inferior do Xperia XZ3
A borda inferior do Xperia XZ3 traz o logo da Sony @Mobizoo

Na parte traseira, no entanto, temos a mesma placa usada no Xperia XZ2. Ou seja, o formato curvo, com as bordas mais finas. No entanto, algo que me chamou a atenção foi a moldura que está bem mais trabalhada e traz detalhes como este que aparece na imagem abaixo, no qual a moldura extravasa e contorna a porta USB Tipo-C. É uma coisa pequena? É, mas demonstra uma preocupação com o estilo do dispositivo.

Parte de trás do Xperia XZ3
A parte de trás do Xperia XZ3 possui um pequeno detalhe na moldura @Mobizoo

Uma característica marcante da construção dos aparelhos da Sony sempre foi o botão que funciona como gatilho para capturar imagens dentro da água ou mesmo para lançar a câmera rapidamente. Sinceramente, acredito que este tipo de botão já não seja mais necessário, visto que é possível usar os botões de volume ou mesmo para ligar e desligar o aparelho para tanto.

Por fim, posso dizer que o manuseio do XZ3 com uma mão é tão complicado quanto o de outro modelo com uma tela de 6 polegadas. Porém, o dispositivo é super leve e possui uma característica bem bacana para facilitar o uso do aparelho com uma mão apenas, o Side Sense.

Sony Xperia XZ3: tela

A Sony deixou de lado a tela LCD e trouxe um display OLED para o Xperia XZ3. Essa foi uma ótima mudança. Durante o tempo que estive com o aparelho em mãos pude perceber que a experiência com a imagem sem dúvidas melhorou muito em relação ao antecessor. A tela mostra cores vibrantes, mais contraste e mais brilho.

É possível reconhecer conteúdo na tela quando o aparelho está virado cerca de 80º em relação aos campo de visão do usuário. É realmente um grande display: são 6 polegadas, com resolução QHD+, compatível com padrão HDR e possui proporção de 18:9.

Tela do Xperia XZ3
A tela do Xperia XZ3 gera cores vibrantes e brilho @Mobizoo

Mas o que eu mais gostei mesmo foi o recurso Side Sense adicionado ao display do XZ3. Ao tocar nas laterais, o aparelho mostra os aplicativos mais usados pelos usuários, a opção de rapidamente acessar serviços como Wi-Fi e Bluetooth, ou mesmo ir direto para a barra de notificações. Para um aparelho com uma tela tão grande, essa funcionalidade foi realmente a cereja do bolo dentre os lançamentos da IFA 2018.

Sensor lateral da tela do Xperia XZ3
A Sony colocou um sensor lateral na tela do Xperia XZ3 @Mobizoo

Sony Xperia XZ3: software

A Sony é a fabricantes com maior competência quando o assunto é a entrega das atualizações do sistema operacional Android. Tanto é que o XZ3 já sai de fábrica rodando o Android 9 Pie. Apesar de bastante enxuto em relação às características de interface do usuário da própria Sony, o Xperia XZ3 oferece aplicativos exclusivos da fabricante, claro, mas são muito poucos.

Contudo, no caso da Sony, isso não é uma crítica, pelo contrário. Acredito que o Xperia XZ3 é o smartphone “não google ” com o hardware mais poderoso do mercado que chega perto de entregar a melhor experiência com o Android puro, que é exclusividade da linha Pixel, da Google.

Sony Xperia XZ3: performance

Em relação aos componentes internos, o Xperia XZ3 não é muito diferente do Xperia XZ2. O processador é o mesmo Snapdragon 845 (com kernel otimizado para performance) e vem acompanhado de 4 GB de memória RAM. Durante o tempo deste hands-on do Xperia XZ3 não tive problema algum com desempenho, pelo contrário, o sistema estava voando. Mas só no review do Xperia XZ3 mesmo para sabermos qual será o limite desta belezinha.

Sony Xperia XZ3: ficha técnica

  • Android 9.0 Pie;
  • 4G Dual Chip (2 nano sim);
  • Tela 18:9 P-OLED QHD+ HDR de 6 polegadas (2880 x 1440 px) com X-Reality;
  • Vidro Gorila Glass 5;
  • Certificação IP65/68 – resistência à água (até 1,5 m por 30 min) e à poeira;
  • Chipset Snapdragon 845 octa core (4 x 2.7 GHz + 4 x 1.7 GHz);
  • GPU Adreno 630;
  • 4 GB de RAM;
  • 64 GB de armazenamento interno;
  • Entrada para microSD de até 400 GB (híbrida);
  • Câmera traseira de 19 MP com abertura f/2.0, focos PDAF e laser, e estabilização EIS;
  • Câmera frontal de 13 MP com abertura f/1.9 e estabilização EIS;
  • Gravação de vídeo em 4K e Super Slow Motion Full HD de 960 fps;
  • Leitor de impressão digital traseiro;
  • Alto falantes frontais estéreo + dynamic vibration;
  • Sensores: luz ambiente, acelerômetro, proximidade, magnetômetro (bússola), giroscópio, espectro de cor;
  • Bluetooth 5;
  • NFC;
  • A-GPS, GLONASS;
  • USB Tipo C (3.1);
  • Bateria de 3330 mAh com carregamento rápido ou sem fio.

Sony Xperia XZ3: câmeras

A Sony manteve-se firme ao conceito da câmera com apenas uma lente, enquanto todas as outras fabricantes oferecem a câmera dupla. A câmera principal do Xperia XZ3 vem com um sensor de 19 MP, com foco híbrido e suporte a gravação de vídeos em slow motion. Este é o mesmo sensor que temos no Xperia XZ2.

Já a câmera frontal tem 13 MP, apresentou melhora significativa em relação ao antecessor, e através do software oferece o efeito de fundo desfocado nas selfies.

Câmera do Xperia XZ3
A câmera do Xperia XZ3 é a mesma do Xperia XZ2 @Mobizoo

Dito isso, a nossa impressão da câmera quanto testamos o XZ2 foi positiva. Já durante o meu teste no estande da empresa, posso dizer que tudo correu bem, mesmo tendo pouca luz.

O software da câmera foi enxugado um pouco mais e está bem simples e fácil de usar. Direto do aplicativo da câmera é possível usar o Google Lens, que foi integrado ao app.

Software da câmera Xperia XZ3
O software da câmera do Xperia XZ3 é de fácil interação @Mobizoo

Sony Xperia XZ3: bateria

É claro que eu gostaria de ter visto uma capacidade de bateria maior no XZ3. Apesar de ser 150 mAh maior em relação à bateria do Xperia XZ2, os 3.330 mAh do Xperia XZ3 deixam a desejar, mesmo o aparelho rodando com Android 9 Pie e tendo poucas modificações da UI. Porém, só no review do aparelho será possível dizer mais sobre a performance da bateria.

O Xperia XZ3 suporta recarga rápida e é compatível com o padrão de carregamento sem fio Qi.

Lateral do Xperia XZ3
O Xperia XZ3 é um aparelho fino e possui uma bateria de tamanho mediano @Mobizoo

Sony Xperia XZ3: é bom?

Sim, o Xperia XZ3 é um ótimo aparelho, disso não tenho dúvida. A questão aqui é: como conseguir manter-se fiel à Sony, sendo que em seis meses a empresa vai anunciar um novo modelo da linha?

E o que podemos esperar a seguir? Talvez uma câmera dupla ou um novo design? Quem sabe tenhamos uma mudança radical na UI ou mesmo a remoção do recurso Side Sense?

O Xperia XZ3, à primeira vista, é ótimo, mas a constante inconsistência da equipe de engenheiros e designers da Sony faz com que ter um Xperia seja uma aventura semestral! O fato da Sony ser tão instável em seus lançamentos faz com que eu tenha medo de adquirir um novo Xperia, me adaptar aos recursos e, em fevereiro, ver um novo modelo, completamente diferente chegar ao mercado.

E aí, o que você achou do novo Sony Xperia XZ3? Você confia na Sony?

Mais sobre: IFA 2018 sony xperia