Celulares Huawei no Brasil: o que isso representa para o mercado?

A partir de agosto você não precisará mais importar celulares Huawei. Bom, pelo menos os modelos mais premium da marca.

A empresa anunciou que está voltando ao mercado nacional através da Positivo, e que irá trazer, nesta primeira leva, seu premiado top de linha; o Huawei P20 Pro, além de alguns intermediários, como o Huawei Nova 2i.

Mas será que isso é bom para o mercado? Ou mais especificamente, para nós consumidores? É o que vamos debater neste post.

Brasil: o mercado que faltava para a Huawei

Ano passado a Huawei se tornou a terceira maior fabricante de smartphones do mundo, atrás apenas de Apple e Samsung. Só que ela não quer parar por aí.

A chinesa tem planos para se tornar a maior marca de celulares do mundo, e para isso precisa expandir seu mercado de atuação.

Os Estados Unidos e o Brasil são 2 mercados importantíssimos que a empresa precisa conquistar para ser bem sucedida nessa escalada, mas a terra do Trump não está facilitando em nada as coisas por lá.

Como eu e Camila comentamos no nosso Podcast, os EUA estão fazendo de tudo para barrar fabricantes chinesas no país, com a justificativa de que dispositivos destas marcas estariam espionando dados de usuários, de empresas, e até do próprio governo.

A coisa ficou bem séria quando grandes operadoras e mega lojas de eletrônicos como a Best Buy pararam de comercializar aparelhos da Huawei, e como não adianta ficar dando soco em ponta de faca (especialmente quando se trata dos EUA), a chinesa resolveu olhar com mais carinho para o Brasil.

Como a gente (e a Xiaomi) sabe, o Brasil não é para iniciantes – por conta de sua alta carga tributária, problemas logísticos, e comércio com características bastante peculiares –, e para não tropeçar, a Huawei precisava de um parceiro local com muita experiência do seu lado.

A escolhida foi a Positivo, que irá ficar a cargo da importação, distribuição, assistência (e muito provavelmente do marketing) dos smartphones da chinesa no Brasil.

Celulares Huawei que serão vendidos no Brasil - Mobizoo

Quais celulares Huawei serão vendidos no Brasil?

Considerado um dos melhores smartphones do ano, o Huawei P20 Pro é o grande destaque deste retorno, oferecendo uma premiada câmera tripla de 40 MP na traseira, tela AMOLED de 6,1 polegadas que ocupa quase toda a frente do aparelho, bateria de 4000 mAh, e hardware simplesmente monstruoso.

Além do top de linha, a fabricante também irá vender 2 intermediários premium de respeito; o Huawei P20 Lite e o Huawei Nova 2i, como já é possivel confirmar no site oficial da marca no Brasil.

Como os preços não foram confirmados, ainda não é possível dizer se vai continuar valendo a pena importar os aparelhos da marca através da GearBest, Banggood e companhia, mas é certo que a questão da garantia será bem mais fácil para quem comprar por aqui.

Samsung e Motorola devem se preocupar?

A princípio a líder e a vice-líder do mercado brasileiro de smartphones não têm com o que se preocupar, já que a Huawei ainda é bem pouco conhecida por aqui, e levará algum tempo para se estabelecer.

É claro que ambas precisam ficar de olhos bem abertos, especialmente se levarmos em conta que nos países vizinhos (como o Chile) a Huawei já é BEM forte, e que os dispositivos da marca não ficam devendo nada em termos de qualidade para as concorrentes. No final das contas, o preço será crucial nessa equação.

Para o consumidor será bom de qualquer forma, já que ter mais uma opção de qualidade no mercado forçará as demais a terem mais inovação, melhor assistência, e preços mais competitivos.

Agora eu quero saber de você: qual sua opinião sobre o retorno dos celulares Huawei? Deixe seu comentário! Vamos conversar!

Fontes: TeleSíntese, MobileTime

Mais sobre: huawei IFA 2018