Celular com tela 120Hz: é isso que você vai desejar em 2020

Esqueça os dobráveis, as câmeras poderosas e as baterias gigantes. Um celular com tela 120Hz é o que você vai desejar loucamente em 2020.

Basta experimentar por alguns minutos, para perceber que este tipo de tela é a coisa mais legal que surgiu no mercado nos últimos anos, principalmente nos dispositivos Android, já que eles sempre ficaram atrás dos iPhones em termos de fluidez. É sério, isso muda tudo!

Recentemente eu pude testar alguns smartphones Android que já trazem a tecnologia – entre eles o Samsung Galaxy S20 e Asus Rog Phone II –, e cara, é impossível não ficar empolgado!

Celular com tela 120Hz: é isso que você vai desejar em 2020 - Mobizoo

Celular com tela 120Hz: o que muda?

A fluidez e responsividade dos iPhones sempre foram um dos principais argumentos contra os celulares Android, já que historicamente até os Androids tops de linha tinham um pouquinho de lag. Mas isto está prestes a acabar.

Os novos modelos da Samsung, Xiaomi, Asus e outras marcas que trazem tela com taxa de atualização de 120Hz são absurdamente responsivos e suaves nas rolagens de tela e animações, e isso muda completamente a experiência Android.

Por isso eu digo sem medo de errar: depois que você experimentar um celular com tela 120Hz, você não vai querer outra coisa.

Ao vivo a diferença entre 60 e 120Hz é gritante, mas em vídeo ela é um pouco mais difícil de mostrar. Pelo menos em slow motion fica mais fácil de ver:

Por que isso não aconteceu antes?

Historicamente as telas com refresh rate mais alto sempre foram mais caras que as tradicionais de 60Hz, especialmente quando estamos falando de painéis com altíssima resolução. Na é à toa que a tecnologia ficou por um bom tempo restrita aos monitores profissionais.

Felizmente o custo de produção desses displays foi caindo ao longo dos últimos anos, e por isso finalmente agora nós podemos tê-los em nossos celulares Android (por enquanto só nos modelos mais caros).

Confira a lista de celulares equipados com tela 120Hz já disponíveis no mercado:

  • Asus Rog Phone II (disponível no Brasil);
  • Samsung Galaxy S20, S20 Plus e S20 Ultra (em breve no Brasil);
  • Xiaomi Mi 10 e Mi 10 Pro;
  • Xiaomi POCO X2 / Redmi K30 (em breve).

Taxa de atualização maior = resposta ao toque mais rápida

A TRT (taxa de resposta ao toque) está diretamente relacionada à TAT (taxa de atualização da tela).

Quando você toca na tela, a mesma leva um tempo para carregar o próximo quadro. Se o tempo para carregar o próximo quadro diminui drasticamente graças à taxa de atualização maior, logo a resposta ao toque será muito mais rápida.

Desta forma, as telas com 120Hz de taxa de atualização não só rodam as animações de forma muito mais suave, como também são muito mais responsivas ao toque do que as tradicionais telas de 60Hz.

E a bateria?

Você provavelmente deve estar se perguntando agora: essa nova tela vai gastar mais bateria? A resposta simples: vai, mas o impacto é pequeno.

Os novos celulares que trazem essa tecnologia já estão compensando o consumo extra com baterias maiores (veja o Rog Phone II com 6000 mAh, por exemplo), então eu diria que no final das contas, o prejuízo de consumo será pouco notado.

Agora é contigo: experimente você também um celular com tela 120hz, e depois me conte aí nos comentários qual foi a sua reação!

Fonte: Trak.in

Mais sobre: asus compras samsung xiaomi

Apoie o conteúdo que você ama!

Desative o seu bloqueador de anúncios e nos ajude a manter o site :)