Galaxy S20: correções, melhorias, e alguns adeus

A Samsung apresentou em São Francisco sua nova geração de smartphones topos de linha, e de cara o que mais me chamou atenção nos Galaxy S20 foram as correções de erros da linha passada: o botão da Bixby foi embora (já vai tarde), o botão Power desceu para uma altura viável pro seu polegar, e até as baterias cresceram.

A coreana também mudou de ideia quanto ao posicionamento do buraco frontal para a câmera de selfies – que agora fica bem no centro, igualzinho ao Note 10 –, e disse adeus para o conector de fones de ouvido (algo que ela sempre usava para se gabar frente ao iPhone).

Entre as melhorias os destaques ficam para a gravação de vídeo em 8K com super estabilização presente em todas as versões – por enquanto só cineastas vão achar útil –, 5G (chola meu Brasil), e claro, as quantidades cavalares de memória RAM: 8, 12 e fucking 16 GB no modelo Ultra.

Vá direto para:

Telas enormes até no modelo “menor”

Ano passado tivemos S10e, S10 e S10 Plus, mas esse ano o “e” morreu para dar lugar ao S20, que não é pequeno (6,2 polegadas). Depois, temos o S20 Plus com tela bem maior (6,7″), e finalmente o S20 Ultra com tela absurda de 6,9 polegadas.

É isso mesmo, o menor modelo de 2020 terá o mesmo tamanho de tela do maior modelo de 2019 (!!!). Se assim como eu você amava o compacto S10e, dá cá um abraço (ou compra um Galaxy Z Flip).

O leitor de impressão digital físico lateral do S10e também saiu de cena para dar lugar ao sensor ultrassônico sob a tela de todos os S20, mas ele não sumiu não! Foi parar lá no Galaxy Z Flip!

Todas as telas agora são flat (aê!!!) e tiveram um belo upgrade de resolução e resposta de frequência, saltando para 3200 x 1440 pixels com 120 Hz de exibição (antes eram 60 Hz).

Se você ainda não sabe, esses 120 Hz significam que o seu S20 vai ser tão fluído quanto um iPhone 11 Pro Max, mas infelizmente essa configuração só funciona na resolução Full HD.

Câmera com 108 MP e zoom de 100x só no modelo Ultra

A palhaçada da “dança das câmeras traseiras” continua, dessa vez com o módulo na vertical – que era horizontal no ano passado, vertical ano retrasado, horizontal no re-retrasado… você entendeu. E o visual é aquele cooktop maravigold que tá na moda.

As câmeras dos modelos S20 e S20 Plus contam com sensor principal de 64 MP, e se você quiser ter o foderoso sensor Isocell Bright HMX de 108 MP, vai ter que comprar o S20 Ultra.

Esse sensor possui superfície maior que a de qualquer outro sensor no mercado, o que em teoria resulta numa capacidade de capturar luz superior à da concorrência (leia-se: sensores da Sony presentes nos iPhones e Huaweis).

Aí você me pergunta: cadê a câmera de abertura variável? Pois é, acho que a Samsung desistiu disso também.

Vamos ter que esperar para ver se esse monte de megapixels combinados substitui bem a tecnologia.

Ficha técnica

A versão americana dos S20 virá com o novíssimo chipset Snapdragon 865 da Qualcomm, dando muito poder de processamento aos aparelhos, mas como sempre, o resto do mundo (e o Brasil) ficará com o chip Exynos da própria Samsung (Exynos 990).

O modelo global possui suporte ao eSim, mas ainda não podemos confirmar se esse recurso estará presente por aqui.

Galaxy S20

Design do Galaxy S20
  • Android 10 com a interface Samsung One UI 2.0;
  • 5G ou 4G com suporte ao eSim (ainda não confirmado no Brasil);
  • Tela Dynamic AMOLED 2X (120 Hz) de 6,2 polegadas (3200 x 1440 px);
  • Chipset Exynos 990 octa core;
  • GPU Mali-G77 MP11;
  • 8 GB de RAM;
  • 128 GB de armazenamento interno  (UFS 3.0);
  • Entrada para cartão Micro SD de até 1 TB;
  • Câmera traseira tripla:
    Teleobjetiva de 64 MP f/2.0 com OIS, PDAF e zoom óptico 3x;
    Wide angle de 12 MP f/1.8 com OIS e PDAF;
    Ultra wide de 12 MP f/2.2 com AF e Super Steady OIS;
  • Gravação de vídeo da câmera traseira: 8K à 30fps ou 4K à 60fps com estabilização óptica/eletrônica, HDR10+ e áudio estéreo;
  • Câmera frontal wide de 10 MP f/2.2 Dual Pixel com PDAF;
  • Gravação de vídeo da câmera frontal: 4K à 60fps;
  • Leitor de impressão digital sob a tela (óptico);
  • GPS, Glonass, Beidou, Galileo;
  • Alto falantes estéreo surround + Fones de ouvido AKG;
  • Sensores: acelerômetro, proximidade, giroscópio, bússola, barômetro;
  • NFC;
  • USB Tipo C;
  • Bluetooth 5;
  • Bateria de 4000 mAh com carregamento super rápido de 25w e wireless reversível.

Galaxy S20 Plus

Design do Galaxy S20 Plus
  • Android 10 com a interface Samsung One UI 2.0;
  • 5G ou 4G com suporte ao eSim (ainda não confirmado no Brasil);
  • Tela Dynamic AMOLED 2X (120 Hz) de 6,7 polegadas (3200 x 1440 px);
  • Chipset Exynos 990 octa core;
  • GPU Mali-G77 MP11;
  • 8 GB de RAM;
  • 128 GB de armazenamento interno  (UFS 3.0);
  • Entrada para cartão Micro SD de até 1 TB;
  • Câmera traseira quádrupla:
    Teleobjetiva de 64 MP f/2.0 com OIS, PDAF e zoom óptico 3x;
    Wide angle de 12 MP f/1.8 com OIS e PDAF;
    Ultra wide de 12 MP f/2.2 com AF e Super Steady OIS;
    Sensor TOF (Time of Flight) 3D de 0.3 MP;
  • Gravação de vídeo da câmera traseira: 8K à 30fps ou 4K à 60fps com estabilização óptica/eletrônica, HDR10+ e áudio estéreo;
  • Câmera frontal wide de 10 MP f/2.2 Dual Pixel com PDAF;
  • Gravação de vídeo da câmera frontal: 4K à 60fps;
  • Leitor de impressão digital sob a tela (óptico);
  • GPS, Glonass, Beidou, Galileo;
  • Alto falantes estéreo surround + Fones de ouvido AKG;
  • Sensores: acelerômetro, proximidade, giroscópio, bússola, barômetro;
  • NFC;
  • USB Tipo C;
  • Bluetooth 5;
  • Bateria de 4500 mAh com carregamento super rápido de 25w e wireless reversível.

Galaxy S20 Ultra

Design do Galaxy S20 Ultra
  • Android 10 com a interface Samsung One UI 2.0;
  • 5G ou 4G com suporte ao eSim (ainda não confirmado no Brasil);
  • Tela Dynamic AMOLED 2X (120 Hz) de 6,7 polegadas (3200 x 1440 px);
  • Chipset Exynos 990 octa core;
  • GPU Mali-G77 MP11;
  • 8 GB de RAM;
  • 128 GB de armazenamento interno  (UFS 3.0);
  • Entrada para cartão Micro SD de até 1 TB;
  • Câmera traseira quádrupla:
    Wide angle de 108 MP f/1.8 com OIS e PDAF;
    Periscópio de 48 MP f/3.6 com OIS, PDAF e zoom óptico 10x;
    Ultra wide de 12 MP f/2.2 com AF e Super Steady OIS;
    Sensor TOF (Time of Flight) 3D de 0.3 MP;
  • Gravação de vídeo da câmera traseira: 8K à 30fps ou 4K à 60fps com estabilização óptica/eletrônica, HDR10+ e áudio estéreo;
  • Câmera frontal wide de 40 MP f/2.2 com PDAF;
  • Gravação de vídeo da câmera frontal: 4K à 60fps;
  • Leitor de impressão digital sob a tela (óptico);
  • GPS, Glonass, Beidou, Galileo;
  • Alto falantes estéreo surround + Fones de ouvido AKG;
  • Sensores: acelerômetro, proximidade, giroscópio, bússola, barômetro;
  • NFC;
  • USB Tipo C;
  • Bluetooth 5;
  • Bateria de 5000 mAh com carregamento super rápido de 45w e wireless reversível.

Avaliação

Prós

  • As baterias melhoraram muito;
  • Telas mais definidas e mais flúidas.
  • As câmeras traseiras prometem.

Contras

  • Adeus entrada para fones de ouvido;
  • Adeus modelo compacto;
  • A câmera frontal dos S20 e S20 Plus não parece ser melhor que a dos S10 e S10 Plus.

Preço

Nos Estados Unidos o Galaxy S20 vai custar US$ 999, o Galaxy S20 Plus fica em US$ 1.199, e o modelo mais avançado; Galaxy S20 Ultra, sai por US$ 1.399.

Daria pra gente chutar os preços no Brasil fazendo a conversão direta do dólar, mas isso seria bem burro, já que os modelos que virão pra cá serão diferentes dos americanos: os nossos não terão 5G e nem o processador da Qualcomm.

Agora, conta aí nos comentários: como estão as suas expectativas para os novos Galaxy S20?

Mais sobre: galaxy samsung

Apoie o conteúdo que você ama!

Desative o seu bloqueador de anúncios e nos ajude a manter o site :)