As 10 melhores novidades apresentadas na CES 2018

Apesar de ter perdido um pouco do brilho para a MWC e a IFA, o tradicional evento mundial que acontece sempre nas primeiras semanas do ano em Las Vegas ainda nos permite conferir a criatividade tecnológica das principais companhias do mundo.

Entre produtos revolucionários e outros um tanto estranhos, esta é a nossa lista (tipo “resumão”) com as 10 melhores novidades apresentadas na CES 2018.

#1. Leitor de digitais na tela

A companhia chinesa Vivo apresentou o primeiro smartphone do mundo com um leitor de impressão digital abaixo do display. O módulo ClearID da Synaptics é um sensor ótico que se localiza abaixo de uma tela OLED.

A tecnologia, que vai resolver um grande problema de design dos celulares sem bordas da atualidade, deve estrear em algum momento posterior deste ano.

O canal Mr Mobile já realizou hands-on da tecnologia e apontou perda de velocidade e de acurácia na leitura da digital, mas elogiou o esforço de engenharia obtido.

#2. Celular com duas telas

A chinesa ZTE realizou o lançamento comercial de seu celular de duas telas, o Axon M, mas aproveitou a CES 2018 para mostrar o celular dobrável em detalhes.

O gadget conta com duas telas de 5.2 polegadas e antecipa a tendência de smartphones dobráveis que vamos acompanhar nos próximos anos (ou não).

#3. Televisão dobrável (de novo)

A LG que já vem apostando em telas flexíveis há alguns anos, e desta vez apresentou uma televisão de 65 polegadas, cuja tela se dobra como papel, e tem resolução de 1200 x 810 pixels (é só isso mesmo).

Para garantir a flexibilidade da tela, a LG apostou em poli-imida, e a companhia prometeu que veremos televisões assim em breve. Será que agora vai?

#4. Televisão gigante

Já a Samsung apostou na grandiosidade: apresentou uma televisão de até 146 polegadas, batizada de The Wall (we don’t need no education…), que consiste em painéis justapostos, em design modular.

A televisão apresenta resolução 4K quando no tamanho máximo e 8K quando utilizada com 85 polegadas. A companhia apostou na tecnologia MicroLED, onde LEDs microscópios emitem luz própria, garantindo contraste muito superior ao das telas LCD.

#5. Moto Snap para monitorar saúde e teclado

A Lenovo mostrou que ainda leva os Moto Snaps a sério, lançando mais dois na CES 2018: o teclado da companhia Livermorium, vencedor do concurso “Transform your Smartphone” na plataforma Indiegogo, que fez tanto sucesso que convenceu a companhia a comercializar o Snap com preço sugerido de 99 dólares. E o Lenovo Vital Moto Mod, que promete medir a pressão sanguínea com o dedo e trazer leitores de infravermelho para medir a temperatura do corpo.

A Lenovo garante que o Snap possui precisão de aparelhos clínicos, e deverá custar 399 dólares.

#6. Headset VR

A Lenovo, antes mesmo de a CES 2018 começar, apresentou nove modelos de notebooks, além de um monitor 4K, mas o destaque acabou sendo mesmo seu headset VR baseado na plataforma Daydream da Google, o Mirage Solo.

Ele é o primeiro de seu tipo a ser autônomo, contando com um Snapdragon 835, 4 Gb de RAM e promessa de duração de bateria de 7 horas, e deverá ser comercializado a partir do meio do ano. Será que agora vai (parte 2)?

#7. Smart Display

Ainda sobre a Lenovo, lançou um Smart Display, que, na prática, é speaker com tela, para exibir vídeos do Youtube, também em parceria com o Google. A ideia do gadget é competir com Echo Show, da Amazon.

#8. Processadores quânticos da Intel

Após pedir desculpas pelas falhas Spectre e Meltdown, o CEO da Intel, Brian Krzanich, apresentou um processador quântico de 49-qubit (bit quântico) que promete revolucionar este mercado, sem, no entanto, apresentar uma data para comercializar o produto.

#9. Robôs da LG

A LG anunciou uma nova família de robôs, chamada CLOi, que apesar de ter falhado durante a apresentação, tem como proposta facilitar a vida dos humanos (ou seria dominá-los?).

O primeiro se chama Serving Robot e possui uma bandeja acoplada que serve para servir comidas e sucos; o segundo se chama Porter Robot que auxilia no relaxamento da pessoa em estabelecimentos comerciais; e o terceiro chamado de Shopping Cart Robot, possui um leitor de código de barras embutido para verificar o preço de produtos e ver a lista de compras, ou seja, vai substituir as máquinas de preço dos mercados atuais.

É futurista? É. Pode não dar em nada? Pode. Mas tem sempre um milionário excêntrico que compra.

#10. Kombi do futuro

A Volks mostrou uma nova Kombi com design “futuro-do-pretérito”, desenvolvida em parceria com a Nvidia.

Com a plataforma Drive IX, o carro promete reconhecer o dono e pessoas conhecidas por reconhecimento facial e, assim, abrir as portas para que eles possam entrar.

E você, o que achou?

A CES é como um desfile de moda “locasso”: a maioria dos conceitos nunca chegará às lojas, mas sempre uma coisa ou outra poderá ser vista em lançamentos que acontecerão durante o ano.

Por isso, queremos saber de você: o que você acha que pega, e o que você acha que vai “morrer na praia” entre as tecnologias apresentadas no evento? Deixe seu comentário!