Review Xperia XA: um celular “cremoso”

Eu sei, agora você deve estar pensando que eu fiquei maluco, mas calma, eu explico: por mais bizarro que possa parecer, “cremoso” foi o melhor adjetivo que encontrei para classificar o Sony Xperia XA.

E há um boa razão para isso. O intermediário da Sony me lembra um certo garoto que ficou famoso na Internet um tempinho atrás, graças ao estilo único, corpinho esbelto e dancinha envolvente, capazes de desviar sua atenção de seus pequenos defeitos detalhes.

Eu duvido que você não se lembre do pequeno Gilderlan André, o “cremoso”, com seu Arrocha do Xenhenhém:

Pronto. Agora que você já está no clima, podemos prosseguir com a análise deste smartphone. Fique tranquilo(a), pois logo tudo vai fazer sentido. Eu prometo.

Passei algumas semanas usando o Sony Xperia XA como meu celular principal, e neste post você irá conferir todas as minhas opiniões sinceras sobre este smartphone.

Review Xperia XA: um celular "cremoso" - Mobizoo

Sony Xperia XA: preço e disponibilidade

Este Android intermediário da Sony foi lançado com preço bastante salgado, mas hoje já pode ser encontrado por até R$ 700 em lojas online.

A queda de preço, aliada às características premium do modelo, o tornaram uma opção bastante atraente na categoria. Mas será que ele faz bonito mesmo? É isso que vamos descobrir.

Vamos começar com a lista de prós e contras, caso você esteja com pressa:

Sony Xperia XA: prós e contras

Prós:

  • Fino, leve e compacto. Gostoso de usar;
  • Excelente tela, não fica devendo nada para uma boa Full HD;
  • Ótima performance com games;
  • Câmera traseira faz ótimas fotos, inclusive com pouca luz;
  • Câmera frontal melhor que de aparelhos mais caros;
  • Permite 2 chips e cartão microSD ao mesmo tempo;
  • Carregamento rápido.

Contras:

  • Bateria não dura nem um dia inteiro;
  • Posição do botão de volume é bem ruim;
  • Multitarefa limitado pelos 2 GB de RAM;
  • Hoje em dia 16 GB é um espaço bem apertado.

Sony Xperia XA: design

Assim que recebi o dispositivo para testar fiquei impressionado com seu desenho e construção. O XA é um smartphone muito fino (7.9 mm), leve, compacto e sólido, daqueles que dá para usar tranquilamente com uma mão só.

Apesar de ser muito liso – graças à sua moldura de alumínio, o vidro de cantos arredondados que ocupa toda parte frontal e à traseira de policarbonato –, o Xperia XA tem peso muito bem distribuído em seu corpo, o que resulta numa excelente pegada.

Lateral do Sony Xperia XA - Review / Mobizoo

As bordas inexistentes nas laterais da tela garantem um ar muito moderno ao modelo, e as curvaturas do vidro e da moldura de metal se unem de forma muito suave, imprimindo sofisticação digna de tops de linha.

Espessura do Sony Xperia XA - Review / Mobizoo

Mas nem tudo são flores no design do Sony Xperia XA: o botão de volume fica numa posição muito ruim (na lateral direita, abaixo do botão Power), o que exige uma verdadeira manobra do polegar do usuário afim de utilizá-lo.

Ainda nessa lateral, logo abaixo do botão de volume, há um muito bem-vindo botão disparador dedicado para a câmera, que funciona em 2 estágios: 1 toque suave para focar, e 1 toque mais forte para registrar a foto. Ah, e ele também serve para acionar a câmera a qualquer momento.

Tamanho do Sony Xperia XA - Review / Mobizoo

Do outro lado há uma porta de acesso aos chips que abre “na unha”, o que aliás, na minha opinião, é uma solução muito mais inteligente do que aquelas “gavetinhas” que precisam de uma ferramenta externa para serem abertas.

Topo do Sony Xperia XA - Review / Mobizoo

Outro destaque no design deste modelo é sua traseira totalmente lisa, sem aquele desagradável “calombo” da câmera, visto em muitos modelos da concorrência. Além disso, há uma suave curvatura em sua tampa traseira que ajuda bastante na ergonomia.

Traseira do Sony Xperia XA - Review / Mobizoo

E assim como é bem comum em smartphones chineses, o Xperia XA só vem acompanhado em sua caixa de um cabo USB e um carregador, nada mais.

Caixa do Sony Xperia XA - Review / Mobizoo

Sony Xperia XA: tela

Quando vi as especificações do Sony Xperia XA pela primeira vez eu estranhei bastante a escolha da Sony por uma tela HD, e não uma Full HD como já é comum nesta faixa de preço.

Mas logo que coloquei meus olhos nesta tela tudo fez sentido: sua qualidade é inegável, e ela não fica devendo nada para as tela Full HD de mesmo tamanho.

Frontal do Sony Xperia XA - Review / Mobizoo

A reprodução de cores, o contraste, o brilho e a definição desta tela de 5 polegadas são impecáveis, e tanto os ângulos de visão quanto a visibilidade sob a luz do sol são excelentes.

No final das contas, e por mais incrível que possa parecer, a tela HD da Sony é melhor que muitas Full HD que já vi por aí (estou olhando para você, Vibe K5), e a escolha desta resolução acabou resultando numa performance superior do chipset Mediatek Helio P10 que equipa o aparelho, especialmente nos jogos mais pesados.

Borda do Sony Xperia XA - Review / Mobizoo

Sony Xperia XA: câmeras

A câmera principal do Sony Xperia XA foi uma grata surpresa desde o primeiro clique. Em meus testes o sensor da Sony se mostrou capaz de obter resultados melhores que os vistos em aparelhos mais caros, como o Moto G5 Plus, especialmente em situações mais desafiadoras, como crianças em movimento e ambientes pouco iluminados.

Os modos especiais da câmera são ativados automaticamente de acordo com a cena, e ela tem a habilidade de detectar e fixar o objeto da foto com velocidade e precisão, mesmo quando há algum deslocamento.

Bom, chega de conversa e vamos aos exemplos.

Foto feita com o Sony Xperia XA - Review / Mobizoo Foto feita com o Sony Xperia XA - Review / Mobizoo Foto feita com o Sony Xperia XA - Review / Mobizoo Foto feita com o Sony Xperia XA - Review / Mobizoo Foto feita com o Sony Xperia XA - Review / Mobizoo

Abaixo temos a mesma de dois modos: 1. sem HDR, e 2. com HDR.

Foto feita com o Sony Xperia XA - Review / Mobizoo Foto feita com o Sony Xperia XA - Review / Mobizoo

Nesta faixa de preço é difícil encontrar aparelhos que se saiam bem em situações de pouca luz ou mesmo em fotos noturnas, porém com o Xperia XA a história é diferente.

Fotos do pôr do sol ficam bem bacanas com o aparelho, e dá até para fazer milagres em ambientes internos, como bares e restaurantes. Veja:

Foto feita com o Sony Xperia XA - Review / Mobizoo Teste de câmera do Sony Xperia XA - Review / Mobizoo

Na foto abaixo eu usei o flash, mas também dá para obter bons resultados sem ele.

Teste de câmera do Sony Xperia XA - Review / Mobizoo

Obviamente, como não estamos de frente para um top de linha, é possível observar granulados em cenas noturnas, porém o pós-processamento da Sony faz um bom trabalho mantendo tudo num nível aceitável. Veja:

Teste de câmera do Sony Xperia XA - Review / Mobizoo

Para quem gosta de fotografar objetos muito próximos, o modo macro faz um bom trabalho, gerando imagens muito detalhadas e com boa fidelidade de luz e cor.

Teste de câmera do Sony Xperia XA - Review / Mobizoo

E para os fãs de selfies a coisa fica ainda melhor. A câmera frontal do XA é uma das melhores que eu já vi em aparelhos intermediários, e mais uma vez supera concorrentes mais caros, como o Moto G5 Plus.

Não acredita? Então dá uma olhada aqui embaixo nessa selfie que eu tirei com o aparelho da Sony, e depois vai lá no meu outro review para ver a selfie que eu tirei com o aparelho da Motorola.

Selfie do Sony Xperia XA - Review / Mobizoo

Ah, e não é só na qualidade das fotos que a câmera frontal do aparelho se destaca. Como você pode ver na imagem acima, sua lente possui ângulo de captura muito amplo, permitindo que grandes cenários e muitas pessoas caibam nas fotos.

Caso queira visualizar as fotos em tamanho grande, baixe este arquivo zip.

Sony Xperia XA: desempenho

Apesar do preconceito que ainda existe em torno de celulares equipados com os chipsets da MediaTek (como é o caso do Xperia XA), o aparelho da Sony se mostrou bem valente durante todos os meus testes, e em alguns aspectos até me impressionou mais que seus equivalentes equipados com chips Snapdragon.

Para começar, vamos ver a pontuação alcançada pelo dispositivo e por seus principais concorrentes nos testes de benchmark do Antutu:

Antutu Benchmark Sony Xperia XA - Mobizoo

Agora vamos aos fatos: o smartphone da Sony ultrapassou a pontuação de todos os seus concorrentes, mesmo que por pouco, e essa superioridade numérica se confirmou na prática durante os meus testes.

O Android 6 customizado pela Sony é executado de maneira bem fluída no dispositivo, e todos os aplicativos e games que utilizei foram carregados com muita agilidade.

Jogos 3D como Breakneck, Crazy Taxi, Dead Trigger, Modern Combat 5 e Asphalt 8 rodaram com ótima taxa de quadros, e era possível alternar entre um e outro sem muita espera, apesar dos apenas 2 GB de RAM do aparelho.

Mantendo a tradição de aparelhos Sony, o XA é bem esquentadinho, e aquece especialmente durante o uso de GPS e nos games mais pesados.

Falando em GPS, o dispositivo se mostrou também muito veloz em obter minha localização em todas as vezes que precisei, e a navegação por mapas foi eficiente e precisa durante uma longa viagem de carro que fiz enquanto testava o aparelho.

Interface do Sony Xperia XA - Mobizoo

Eu não sou muito fã da customização que a Sony faz no Android, mas ela hoje já está bem mais próxima do Android puro e por isso já não me incomoda tanto. O que ainda não melhorou é esse monte de aplicativos que fabricante continua colocando em seus modelos sem dar a opção ao usuário de removê-los (só é possível desativá-los).

Num aparelho com apenas 16 GB de armazenamento interno, como é o caso do Sony Xperia XA, esse problema é ainda mais desagradável, ainda mais se pensarmos que a maioria de seus concorrentes saem de fábrica com 32 GB.

A atualização do modelo para o Android 7 já está a caminho, então resta torcer para que a Sony aumente um pouquinho o espaço ocupado pelo sistema nesta nova versão.

Sony Xperia XA: bateria

A duração de bateria é o grande ponto fraco deste modelo da Sony.

Durante os dias que utilizei o dispositivo, eu o retirava da tomada por volta das 7 horas da manhã, e, lá pelas 7 horas da noite o bichinho já estava agonizando. E isso com uso moderado. Ou seja, nada de chegar ao fim de um dia de trabalho com alguma carga para curtir uns videozinhos no YouTube ou dar aquela “rodada” nas timelines do Face ou do Insta.

Para quem vem de um iPhone, essa é uma realidade comum, porém no mundo dos Androids intermediários, onde cada vez mais aparelhos contam com baterias acima dos 3.000 mAh, a bateria de apenas 2.300 mAh do Xperia XA é uma verdadeira decepção.

Por sorte, o aparelho conta com a tecnologia Pump Express+ 2.0 que permite carregamento rápido da bateria. Em meus testes, quando o aparelho estava quase “morrendo”, eu pluguei o carregador (que aliás é bem compacto) e sai de 10% para 60% de carga em apenas 30 minutos. Nada mau.

Sony Xperia XA: som

O Xperia XA não vem acompanhado de fones de ouvido, então só pude avaliar a qualidade e o volume do celular através dos fones de ouvido que eu já utilizo em meus testes.

Com o meu UrBeats plugado no dispositivo as músicas apresentaram volume satisfatório, porém não tão alto quanto alguns poderiam desejar, e, em termos de qualidade, tudo ficou dentro do esperado para a categoria.

O mesmo acontece com o alto falante posicionado na parte inferior do smartphone: seu som é bastante encorpado, claro, mas não é extremamente alto. Trata-se apenas do necessário para que você possa jogar, assistir vídeos e até ouvir músicas enquanto lava louças tendo uma boa experiência sonora.

Som do Sony Xperia XA - Mobizoo

Sony Xperia XA: ficha técnica

  • Android 6 Marshmallow;
  • 4G Dual Chip (2 nano sim);
  • Tela IPS HD de 5 polegadas (1280 x 720 px);
  • Vidro Gorilla Glass 2.5 D;
  • Chipset Mediatek Helio P10 Octa Core de 2.0 GHz;
  • 2 GB de RAM;
  • GPU Mali-T860MP2;
  • Câmera traseira de 13 MP f/2.0 autofoco PDAF, flash, e auto-HDR;
  • Câmera frontal de 8 MP f/2.0 com autofoco;
  • Gravação de vídeo Full HD/30 fps;
  • 16 GB de armazenamento interno;
  • Entrada para microSD até 256 GB;
  • Sensores: luz ambiente, acelerômetro, proximidade, magnetômetro, giroscópio;
  • LED de notificações;
  • Bluetooth 4.1;
  • NFC;
  • A-GPS, GLONASS;
  • USB Host (OTG);
  • Rádio FM;
  • Bateria 2300 mAh com carregamento turbo.

Sony Xperia XA: vale a pena?

Se você não faz questão de um leitor de impressões digitais em um smartphone e tem sempre uma tomada (ou carregador portátil) por perto, o Sony Xperia XA é uma ótima opção de compra na faixa dos R$ 1.000.

O modelo oferece um conjunto de câmeras digno de respeito, desempenho satisfatório tanto na execução de games quanto em tarefas do dia-a-dia, tela de primeiríssima, e ainda ostenta design com ares de top de linha.

Agora, se a sua prioridade é bateria com capacidade de sobra, é melhor olhar outras opções.

Ainda não conhece a escala memética de avaliação do Mobizoo? Então veja como fazemos nossas análises de celular.


Deixo o meu agradecimento à assessoria da Sony que gentilmente emprestou o celular utilizado nesta análise.

Mais sobre: sony xperia