PAMU Slide 2 é bom? Vale a pena? [Review]

Depois de alguns aprendizados importantes com seus fones de ouvido TWS anteriores, a Padmate retorna com o design icônico que a consagrou: diga olá para o PAMU Slide 2.

O modelo tem estojo que abre deslizando como na geração passada, porém, tirando isso, quase tudo mudou: o formato dos fones segue o receita bem-resolvida do PAMU Z1, o design do estojo é inspirado nas câmeras fotograficas, e a bateria está bem maior.

Mas, será que essa grande reformulação deu certo? Bom, é isso que vou revelar nesta análise, depois de algum tempo usando o produto.

PAMU Slide 2 é bom? Vale a pena? [Review] - Mobizoo

Tá com pressa? Dá uma olhada na minha lista de prós e contras, ou vá direto para:

Prós e contras

Prós

  • Excelente qualidade de áudio;
  • Controles por toque e gestos, incluindo ajuste de volume e pausa automática;
  • Encaixe firme e confortável;
  • Muita bateria;
  • Carregamento wireless.

Contras

  • Estojo grandalhão;
  • Ruído quase imperceptível no fone esquerdo quando uma reprodução começa.

Unboxing

Veja no vídeo abaixo como é a embalagem do PAMU Slide 2, e quais são os acessórios que acompanham o produto.

Design e construção

A primeira coisa que você vai notar ao tirar o PAMU Slide 2 da caixa é o tamanho avantajado estojo.

O motivo é a enorme bateria de 450 mAh, uma das maiores da categoria.

Então já sabe: se você carrega seu fone no bolso da calça jeans, prepare-se para andar com um belo volume (uuuuui!).

Sem brincadeira, é um dos maiores que eu já vi, mas pelo menos é bem bonito, ainda mais com o LED futurista na parte inferior, que funciona como uma barra de progresso para o status da bateria.

LED indicador de bateria no estojo do PAMU Slide 2

Passando para os fones, a história muda completamente. Os plugues são bastante compactos e têm design idêntico ao do PAMU Z1, com a única diferença de não contarem com um LED no topo (que não faz a menor falta).

A ergonomia é excelente em todos os sentidos, já que os fones são leves e confortáveis, ao mesmo tempo que ficam firmes e seguros nos ouvidos, e ainda oferecem boa área para os comandos por toque e gestos.

Close no fone PAMU Slide 2

Durante o meu uso deu até pra trocar de faixa com o ossinho da base do dedo enquanto eu lavava a louça.

Aliás, não precisa se preocupar se a mão estiver molhada, pois o produto conta com resistência IPX4.

Ah, e só pra encerrar: ele é todo de plástico sim, porém de excelente qualidade.

Qualidade do áudio e funcionamento

Não é só no corpo dos fones que o PAMU Slide 2 se assemelha ao PAMU Z1. A assinatura sonora também é parecida, porém há alguns diferenciais que tornam o novo modelo um pouquinho mais sofisticado.

Enquanto o Z1 prioriza graves mais intensos e mantém os médios mais discretos, o Slide 2 traz graves mais contidos (porém ainda muito bons), colocando mais energia e profundidade nos médios.

Desta forma, o áudio do Slide 2 consegue entregar mais espacialidade nas vozes e instrumentos, tornando-o mais rico na apresentação, e mais versátil para diferentes estilos musicais.

Você terá uma experiência muito prazerosa e envolvente tanto em sambas com cuícas e cavaquinhos, quanto em hard rocks com guitarras e sintetizadores.

Uma música que eu ouço há anos, e tomou outra dimensão com o PAMU Slide 2, foi “The Safety Dance” do Man Without Hats, um clássico absoluto do synth pop que foi apresentado com qualidade de estúdio nestes fones. A separação de canais é tão cristalina, que eu descobri detalhes não percebidos anteriormente.

PAMU Slide 2 encaixado na orelha

Agora, uma coisa desagradável que eu não posso deixar de registrar é o ruído que surge no fone esquerdo, toda vez que algo começa a ser reproduzido. É algo quase imperceptível que não chega a incomodar, mas seria melhor se não existisse.

Aparentemente isso é algo relacionado ao sinal do Bluetooth, então é provável que possa ser eliminado numa atualização futura.

Falando das funcionalidades, o Slide 2 se mostrou ainda mais prático que o Z1.

Os controles por toque foram mantidos, porém duas adições fizeram a diferença: o sensor de proximidade que pausa a música automaticamente quando você tira um fone do ouvido (e retoma quando devolve), e o gesto de deslizar o dedo na superfície dos fones para aumentar ou diminuir o volume.

Para completar a experiência, o app da Padmate (Android e iOS) permite a customização dos controles, alguns presets de equalização, acionamento dos modos de cancelamento de ruído e baixa latência, além, é claro, das atualizações de firmware (umas das principais vantagens dos fones TWS sobre os fones tradicionais).

O cancelamento de ruído (ANC) do Slide 2 é bastante competente e pode ser acionado direto nos fones, mas eu não entendi o porquê dele não poder ser completamente desativado.

Só são 3 opções disponíveis: modo ANC, modo transparência e modo redução de ruído branco.

Detalhes do design do estojo e dos fones do PAMU Slide 2

Bateria e carregamento

Não tem outra forma de dizer isso: eu usei o PAMU Slide 2 por dias e dias, e mais dias e dias, e mais alguns dias, e nada da bateria do estojo acabar. No total, foram praticamente 10 dias com a mesma carga.

Os fones também têm uma autonomia bem impressionante, então dá pra usá-los diariamente por mais de 6 horas sem se preocupar.

E se a bateria acabar, o conjunto pode ser recarregado através do cabo USB (1h), e também sem fios com um carregador por indução magnética (1h30).

Ficha técnica

  • Marca: Padmate;
  • Tipo: TWS intra-auricular;
  • Certificação IPX4 de resistência;
  • Bluetooth 5.2 (10 m de alcance);
  • Controles por toque e gestos nos dois fones;
  • Sensor de proximidade (ativa e desativa áudio automaticamente);
  • Cancelamento de ruído ativo (ANC) de até -42 dB;
  • Aprimoramento de voz por algoritmo (+30 dB);
  • Bateria de cada fone: 45 mAh;
  • Bateria do estojo: 450 mAh;
  • Conector USB Tipo C (para carregamento do estojo);
  • Carregamento wireless (sem fio).

Veredito

O PAMU Slide 2 é um show em todos os sentidos: áudio de primeiríssima qualidade, design que chama a atenção, bateria que dura séculos, e usabilidade impecável.

É muito difícil encontrar um fone TWS nesta faixa de preço com tudo o que esse carinha entrega, então dá pra recomendá-lo tranquilamente para quem busca uma experiência mais premium, sem gastar rios de dinheiro.

O único ponto negativo é o ruído que mencionei anteriormente, mas isso é algo que pode (e deve) ser resolvido com uma atualização.

Por isso, meu veredito é:

Aprovado

Preço e onde comprar

O PAMU Slide 2 está à venda através do site oficial, com preço promocional de lançamento por tempo limitado, saindo por apenas US$ 79.

O fone está disponível nas cores preto, branco e verde, e para garantir o seu, basta clicar no botão abaixo:

COMPRAR

E você, já tem um PAMU Slide 2? Conte aí nos comentários sua experiência! Não tem ainda? Deixe suas perguntas!
Comprando através dos nossos links, você nos ajuda a manter o site.Nota de transparência: O produto analisado neste review foi fornecido como doação para o Mobizoo.

Mais sobre: Áudio