Motorola Moto G82 5G é bom? Vale a pena? [Review]

O Motorola Moto G82 5G é o celular mais avançado da linha G neste ano, e por isso conta com um conjunto bem completo de recursos; com destaque para a tela OLED de 120 Hz, suporte ao 5G, e câmera principal com estabilização óptica.

O modelo foi lançado por um preço bastante salgado, mas hoje já pode ser encontrado na faixa dos 2.000 reais. Será que agora vale a pena? Bom, é isso que você vai descobrir no final desta avaliação.

Eu passei algumas semanas usando o Moto G82 5G como meu celular principal, e agora conto tudinho pra você.

Tá com muita pressa? Então confira abaixo a minha lista de prós e contras, ou vá direto para:

Prós e contras

Prós

  • Tela excelente e com bordas mínimas;
  • Fino, leve e confortável;
  • Bom desempenho para apps e jogos;
  • Som estéreo de primeira;
  • Ótima duração de bateria;
  • Vem com bons fones de ouvido, capinha e um carregador muito rápido na caixa (alô Apple e Samsung!).

Contras

  • Câmeras abaixo da concorrência.
Motorola Moto G82 5G é bom? Vale a pena? [Review] - Mobizoo

Design e tela

Esse ano a Motorola acertou em cheio no visual da linha Moto G (42, 52, 62 e 82).

Todos os modelos possuem a mesma identidade da linha Edge – com as câmeras traseiras na vertical em módulo arredondado, poucas bordas e cantos curvos –, e o mais importante: NENHUM notch em gota.

O Moto G82 5G é o mais sofisticado deles, já que traz o corpo mais fino e leve, as menores bordas em torno da tela (inclusive sem “queixo”), e o melhor acabamento.

Motorola Moto G82 5G - Lateral

O chassi e a traseira são feitos de plástico, porém a construção é sólida, bonita e confortável, com as laterais planas e foscas, traseira brilhante sem exageros, e boas curvaturas nas extremidades, garantindo uma excelente pegada.

As bordas mínimas em volta do display possibilitaram um ótimo aproveitamento frontal, o que resultou num aparelho compacto, apesar da tela grande. Ou seja, dá pra usá-lo com apenas uma mão sem grandes malabarismos.

Falando na tela, esta é um verdadeiro deleite.

Motorola Moto G82 5G - Tela

A calibragem do branco é impecável – coisa rara na categoria –, o brilho é generoso e o contraste espetacular, e, por se tratar de um painel OLED, temos cores vibrantes e preto absoluto.

A tela consegue ser melhor que a do Galaxy M52 5G e do Redmi Note 11 que já testamos aqui (inclusive por conta da densidade de pixels superior), e a cereja do bolo é a taxa de atualização de 120 Hz, que entrega interações muito mais ágeis e fluidez absurda nas animações e rolagens.

Resumindo: é uma tela de primeiríssima qualidade.

Unboxing

Confira os detalhes no nosso unboxing:

Câmeras

O Moto G82 5G conta com uma câmera principal de 50 MP, equipada com o sensor Samsung ISOCELL JN1 e estabilização óptica de imagem (OIS), além de uma lente ultrawide com sensor de profundidade incorporado (para o Modo Retrato), uma câmera macro de 2 MP, e uma frontal de 16 MP.

Minhas expectativas eram grandes para este conjunto, mas na prática os resultados não empolgaram.

A câmera principal até entrega resultados satisfatórios em dias de sol e céu azul (veja o exemplo abaixo), mas sofre em situações um pouquinho mais desafiadoras, como você verá a seguir.

Teste de câmera - Motorola Moto G82 5G

Em dias nublados a queda de qualidade é perceptível, com ruídos visíveis e perda de definição (veja a imagem abaixo em tamanho real no link ao final deste tópico)…

Teste de câmera - Motorola Moto G82 5G

… e o mesmo pode-se perceber em ambientes internos, onde o processamento de imagem sofre para equilibrar cores, luzes e sombras…

Teste de câmera - Motorola Moto G82 5G

… resultando em imagens com aspecto “lavado”, e balanço de branco precário.

Teste de câmera - Motorola Moto G82 5G

Para ficar mais claro, veja no comparativo abaixo como o Moto G82 5G se sai na mesma situação contra o iPhone 11.

O processamento de imagem automático do G82 sempre deixa o balanço de branco frio demais, não consegue “domar” as áreas mais iluminadas (luzes estourando), e, para piorar, não é possível forçar o HDR no software da câmera para tentar resultados melhores.

Você só pode escolher entre HDR automático ou desativado, sendo que o automático não ativa o recurso em vários momentos onde seria importante (isso pra mim é inaceitável em qualquer aparelho).

Comparativo de câmera - Motorola Moto G82 5G vs iPhone 11

Passando para a ultrawide, vamos ver agora um comparativo com a câmera principal do modelo, para que você veja como a qualidade cai na lente secundária:

Teste de câmera - Motorola Moto G82 5G

Perceba como o HDR fica perdidinho no pagode, perdendo todos os detalhes das áreas escuras, as bordas distorcem um bocado, e as cores ficam desbotadas.

Teste de câmera - Motorola Moto G82 5G

Bom, pelo menos uma coisa boa aqui: a distância focal da lente principal é bem pequena, e isso aliado ao OIS possibilita fotos muito boas de objetos próximos. Rola até aquele belo efeito de fundo desfocado, mesmo que o Modo Retrato não esteja ativado.

Teste de câmera - Motorola Moto G82 5G

O mais engraçado é que isso torna a câmera macro meio inútil, já que você vai conseguir muito mais detalhes e definição na principal, com uma distância igualmente pequena.

Olha só esses elefantinhos de cristal na principal:

Teste de câmera - Motorola Moto G82 5G

Agora, olha o que a câmera macro consegue:

Teste de câmera - Motorola Moto G82 5G

O Modo Noturno está entre as opções, mas também não empolga…

Teste de câmera - Motorola Moto G82 5G

… e… por incrível que pareça, a câmera frontal se saiu bem até mesmo em dias nublados, com processamento superior ao da principal na mesma situação. Vai entender!

Teste de câmera - Motorola Moto G82 5G

E olha como o Modo Retrato fez um corte preciso:

Teste de câmera - Motorola Moto G82 5G

Ah, e antes de encerrar esse este item, é importante deixar registrada a minha indignação não só com a Motorola, mas também com a Samsung e com a Xiaomi, que, por algum motivo que eu desconheço, resolveram tirar de seus intermediários a capacidade de gravar vídeos em 4K.

Para ver as fotos deste review em tamanho original, acesse o Google Drive do Mobizoo.

Teste de desempenho [vídeo]

Eu confesso que tinha um certo receio do desempenho do Moto G82 5G, já que ele traz um processador Snapdragon da série 600, e não da 700 (que é o que eu esperaria nesta faixa de preço). Mas olha só: queimei minha língua.

O Snapdragon 695 do modelo é extremamente veloz para apps do dia a dia, é muito econômico no consumo de energia, e ainda se sai melhor nos jogos que o Galaxy M52 5G, que tem o Snapdragon 778, veja você.

Há sim uma diferença na pontuação que os dois chips conseguem nos testes de benchmark, mas na prática eles são muito equivalentes.

Veja com seus próprios olhos no vídeo abaixo:

Bateria

Precisa de um telefone que dure bastante tempo longe da tomada? Então achou.

A autonomia do Moto G82 5G me surpreendeu, chegando a alcançar quase 3 dias inteiros com uso básico, 2 dias com uso moderado, e mais de 1 dia mesmo quando o aparelho é mais exigido com jogos ou câmeras.

Pra você ter uma ideia, o dispositivo descarrega em média 12% por hora jogada de Genshin Impact, um jogo sabidamente gastão.

O carregador que acompanha o modelo é um TurboPower de 33W que, apesar de não ser tão “brabo” quanto os 67W do Redmi Note 11 Pro 5G, faz muito bem o seu trabalho, levando o smartphone de 10 a 100% em menos de 1 hora.

Áudio

Se você gosta de assistir séries, ouvir músicas ou jogar seus títulos favoritos usando os alto-falantes do celular (no seu ambiente privado, por favor), o Moto G82 5G é um prato cheio.

Este é de longe o melhor par de alto-falantes estéreo que eu testei num smartphone intermediário esse ano, com áudio muito potente no volume, e cristalino na qualidade. O negócio é tão forte, que chega a vibrar a traseira do celular.

Os fones de ouvido que vêm na caixa também não ficam para trás, oferecendo boa experiência sonora e conforto, além de um visual bem bonitinho e o sempre bem-vindo aprimoramento Dolby Atmos.

Veredito

Se você está procurando um smartphone rápido e confiável, com pegada confortável e ótima bateria, e faz questão de uma tela de primeira qualidade e alto-falantes potentes, o Moto G82 5G é uma boa opção, especialmente se o preço cair abaixo dos R$ 2.000 nos próximos meses.

As câmeras não são ruins, mas ficam abaixo dos concorrentes da Samsung e da Xiaomi na mesma faixa de preço (principalmente no quesito pós-processamento), então só compre se você tira fotos apenas casualmente.

O suporte ao 5G é algo importante a se considerar neste momento em que o Brasil começa a implantação das novas redes, e não podemos esquecer que a Motorola é, entre as grandes fabricantes, a única que ainda manda um kit completo com seus celulares, incluindo fones de ouvido decentes, carregador potente e capinha.

Agora, só falta ela melhorar a sua política de atualizações. Né não, Moto?

Por isso, meu veredito é:

Aprovado

Ainda não conhece a escala memética de avaliação do Mobizoo? Então veja como fazemos nossas análises de celular.

Deixo o meu agradecimento à assessoria da Motorola, que gentilmente emprestou o celular utilizado nesta análise.

Ficha técnica

Características

Sistema Android 12
Lançamento 07 junho, 2022
Dimensões 160.9 x 74.5 x 8 mm
Peso 173 gramas
Cores preto e branco
Biometria Leitor de impressão digital lateral, Reconhecimento facial
Construção Chassi de plástico, Traseira de plástico, Vidro Gorilla Glass na tela
À prova d'água

Tela

Tecnologia do painel pOLED, 120Hz
Tamanho 6,6 polegadas
Resolução Full HD+ (1080 x 2400 pixels)
Proporção 20:9

Hardware

Chipset Snapdragon 695
Processador Octa core (máx. 2,2 GHz)
GPU Adreno 619
RAM 6 GB
Armazenamento 128 GB
Entrada p/ microSD Sim

Câmeras

Principal 50 MP f/1.8 OIS, PDAF
Ultrawide 8 MP f/2.2 (inclui sensor de profundidade)
Macro 2 MP f/2.4
Frontal 16 MP f/2.2
Gravação de vídeo Full HD 30 fps

Conectividade

Dados móveis 5G
Dual chip
eSim
Wi-Fi Wi-Fi 802.11 a/b/g/n/ac, dual-band, Wi-Fi Direct, hotspot
Bluetooth 5.1, A2DP, LE
NFC
GPS A-GPS, GLONASS, BDS, GALILEO
Infravermelho
USB Tipo C 2.0
Sensores Acelerômetro, Proximidade, Giroscópio, Bússola

Bateria

Capacidade 5.000 mAh
Carregador 30W

Áudio

Alto falante Estéreo
Entrada P2 (3.5mm)
Rádio FM
Amplificador digital Não possui

Mais sobre: Motorola