Vivo Travel: minha experiência com roaming internacional

Quem já viajou para outro país, seja como turista ou à trabalho, sabe como faz falta estar [email protected] durante todos os momentos da viagem, principalmente para você se achar nos primeiros dias. Eu testei o serviço de roaming internacional Vivo Travel durante a cobertura do MWC 2018 em Barcelona, e nesse post eu conto como foi a minha experiência.

Vivo Travel Roaming Internacional - Opinião / Mobizoo

Vivo Travel: o que é?

O Vivo Travel é um plano especial para viagens internacionais, disponível para clientes pós e corporativos, que permite ao viajante já chegar no país de destino com seu celular devidamente conectado, sem ter que se preocupar com a compra de um chip local (que muitas vezes não são vantajosos).

Por um valor fixo diário, você tem ligações para o Brasil e para o país que você está visitando, internet 4G fornecida pelo parceiro local da Vivo, e SMS à vontade.

Para os países das Américas (do Norte, Central e do Sul) e países da Europa, o valor é de R$ 40 por dia utilizado, e contempla:

  • 50 minutos em ligações dentro do país visitado ou para o Brasil;
  • Recebimento de ligações ilimitado;
  • SMS ilimitado para qualquer operadora do mundo;
  • Franquia de internet nas velocidades 2G, 3G, 4G e 4.5G, conforme disponibilidade na operadora parceira;
  • Acesso ilimitado à internet Wi-Fi acessada no App Vivo Travel Wi-Fi;
  • Ligações para outros países e excedentes por R$ 1,99 / min.

Para os países dos demais continentes (Ásia, África, Oceania), o valor da diária sobre para R$ 60, com os mesmos benefícios.

Vivo Travel: minha experiência com o serviço na Europa

A Vivo gentilmente me forneceu um chip com Vivo Travel para minha viagem à Barcelona, com diárias disponíveis para todos os dias do evento.

Assim que cheguei na Espanha, coloquei o chip no meu aparelho, conectei ao 4G e fiz um teste de velocidade. O resultado você confere abaixo:

Apesar de ser um ótimo primeiro resultado, esse não foi o melhor que obtive durante meu uso.

Dentro da cidade de Barcelona, na maior parte do tempo, meu celular estava conectado ao 4G+ (também conhecido como 4.5G), com velocidade média de download de 40 MB, e upload de 15 MB.

A franquia de dados do plano varia de país para país, mas felizmente o pacote diário para a Espanha não é nada mal. São 500 MB, mas em alguns países como os Estados Unidos ela chega à 1 GB.

Neste link você confere a lista completa das franquias diárias de dados por país.

A Espanha é a casa da Telefonica (para quem não sabe, a Vivo é o “braço” brasileiro da Telefonica), e como era de se esperar, a conexão da operadora não me deixou na mão nenhuma vez, me mantendo online o tempo todo, inclusive dentro do metrô.

É importante deixar claro que o serviço pode ser ativado na sua linha antes de você sair do Brasil, ou a qualquer momento durante sua estadia em outro país, através de um simples SMS que você recebe da Vivo logo que desliga o modo avião ao chegar.

A única configuração que você precisa fazer no seu celular é ativar o roaming de dados, para poder se conectar ao 3G/4G local.

Vivo Travel: vale a pena?

O roaming internacional não é um serviço barato por natureza, e o da Vivo não é o mais barato entre as opções disponíveis no mercado. Mas o fato é que ele funciona, e muito bem por sinal.

Se você pensar que para comprar um chip local vai ter que gastar 12 euros (aprox. 50 reais) + mais 10 euros por recarga, o valor da diária do Vivo Travel passa a fazer bastante sentido, principalmente nos primeiros dias de viagem, quando você mais vai utilizar mapas, tradutor, AirBnB, TripAdvisor e demais aplicativos de viagem para se localizar e se ambientar.

Como a contratação é diária, minha dica é: contrate o pacote apenas nos primeiros dias, para não passar nenhum perrengue por falta de conexão, e enquanto isso pesquise por uma solução local de melhor preço. Isso é especialmente importante se a sua viagem durar mais de 2 semanas.

E você, já testou algum serviço de roaming internacional? Como foi sua experiência? Conte aí nos comentários! Se acha melhor comprar um chip local, conte pra gente também.