POCO M5 é bom? Vale a pena? [Review]

O POCO M5 é o smartphone mais barato da marca em 2022 – saindo por R$ 800 na versão 4/64 GB via importação –, mas isso não significa que ele é fraco.

Na verdade o modelo possui ficha técnica mais completa e potente que o esperado nessa faixa de preço, trazendo uma tela Full HD+ de 90 Hz, um processador que faz mais de 300.000 pontos no Antutu, uma câmera principal de 50 MP, Bluetooth 5.3, e até NFC.

Mas, será que ele realmente oferece uma boa experiência de uso no dia a dia? É isso que vou revelar a partir de agora, depois de ter passado algumas semanas usando o aparelho.

Tá com muita pressa? Então confira abaixo a minha lista de prós e contras, ou vá direto para:

Prós e contras

Prós

  • Excelente câmera principal;
  • Muita velocidade e fluidez mesmo na versão 4/64 GB;
  • Bateria com duração surreal;
  • Ótima tela:
  • Bluetooth 5.3 é mais rápido para conectar e mais estável;
  • NFC.

Contras

  • Não pega 4G+;
  • Não tem câmera ultrawide;
  • Bugs no Chrome (às vezes a barra de endereço/busca trava, e a rolagem de tela é engasgada).
POCO M5 - traseira

Design e tela

O POCO M5 tinha tudo pra ser um smartphone sóbrio e equilibrado – por conta de sua frente bem desenhada e laterais planas –, mas a POCO não se aguenta, e acabou colocando um toque de ousadia na traseira do modelo.

Você pode gostar ou não, mas o fato é que a textura de couro na tampa traseira deu um ar bem diferentão ao telefone. Em tempos de mesmice, tá valendo.

A faixa brilhante que abriga o módulo da câmera principal não é exatamente bonita, mas não chega a incomodar, e como sempre há uma capinha na caixa para resolver qualquer incômodo visual.

O que importa, no final das contas, é que o aparelho oferece uma pegada bastante confortável, já que ele não é nem grosso, nem pesado e nem enorme, apesar da tela e bateria grandes.

POCO M5 é bom? Vale a pena? [Review] - Mobizoo

A tela aproveita praticamente toda a parte frontal do dispositivo, deixando apenas um pequeno queixo na parte inferior (tente achar no Brasil um celular de R$ 800 que não seja “queixudo”), poucas bordas laterais, e um discreto recorte em gota no topo. Por conta disso, a experiência de uso é agradável tanto para digitar quanto para jogar.

Além da resolução Full HD+ e dos 90 Hz de taxa de atualização, o display IPS do POCO M5 também traz contraste caprichado, ótima calibração de cores e bons ângulos de visão. O brilho da tela não é o mais forte que eu já vi num Xiaomi, mas é suficiente para a maioria das situações.

Debaixo do sol o painel fica um pouco mais difícil de visualizar, mas pelo menos o dispositivo conta com o reforço automático de contraste quando entra nessa situação.

Unboxing

Confira os detalhes no nosso unboxing:

Câmeras

Esse ano foram lançados dezenas de smartphones com câmeras principais de 50 MP, em diversas faixas de preços, mas poucas são realmente boas.

Felizmente a POCO colocou no M5 o mesmo sensor Samsung ISOCELL JN1 presente no Moto G82 5G – o que é uma ótima notícia, já que este componente apresentou ótimos resultados no aparelho da Motorola –, e o chip da MediaTek também se mostrou bastante competente no processamento das fotos.

Vamos aos exemplos?

Teste de câmera - POCO M5 Teste de câmera - POCO M5

Apesar de não contar com estabilização óptica de imagem, a câmera principal do POCO M5 mandou muito bem no foco, entregando fotos vibrantes e super detalhadas de objetos próximos (acima), e o HDR se provou bastante eficiente, gerando capturas mais amplas com ótimo alcance dinâmico (abaixo).

Teste de câmera - POCO M5 Teste de câmera - POCO M5 Teste de câmera - POCO M5

O Modo Noturno fez um bom trabalho ao manter a definição da cena em ambientes escuros, mas, logicamente, como estamos falando de um celular barato, há limitações perceptíveis, como o alto nível de ruído gerado. Veja:

Teste de câmera - POCO M5

A câmera macro não é ruim, e até faz fotos bacaninhas, mas na minha opinião seria bem melhor se a fabricante tivesse optado por uma lente ultrawide no seu lugar.

Teste de câmera - POCO M5 Teste de câmera - POCO M5

As selfies são bem ok para categoria, levando-se em conta que o sensor frontal tem apenas 5 MP, e o Modo Retrato não faz feio, apesar de ter a tendência de estourar um pouco as luzes.

Teste de câmera - POCO M5

Resumindo: a experiência fotográfica com o modelo é boa, mas é a câmera principal que “carrega nas costas” o conjunto.

Para ver as fotos deste review em tamanho original, acesse o Google Drive do Mobizoo.

Teste de desempenho [vídeo]

Eu fiquei surpreso com o desempenho do POCO M5, e a impressão que fica é que o modelo de fato foi projetado para entregar a maior velocidade de processamento possível, pelo menor preço.

Ou seja, estamos falando de um verdadeiro celular gamer barato.

O modelo ultrapassou os 300.000 pontos no teste Antutu Benchmark, rodou muito bem os principais jogos do momento com qualidade gráfica satisfatória, e ainda entregou muita agilidade e fluidez nos apps do dia a dia.

O chip Helio G99 da MediaTek combinado com a tela de 90 Hz do M5 faz tudo rodar lisinho, e isso é algo que deve ser aplaudido nesta faixa de preço.

O mais legal é que esse desempenho você consegue até mesmo na versão de 4/64 GB, que foi a que eu testei para este review.

Confira o meu teste em vídeo:

Pontuação no Antutu Benchmark

POCO M5 - Pontuação Antutu Benchmark

Bateria

Durante as minhas semanas de uso, o POCO M5 se mostrou um autêntico campeão da autonomia.

O consumo de energia do dispositivo é baixo até mesmo em tarefas mais exigentes, então dá pra passar o dia inteiro jogando e/ou assistindo vídeos sem se preocupar.

Com uso mais moderado é possível alcançar até 3 dias longe da tomada, e, pra completar, o carregador de 18W que acompanha o modelo ainda é bem rapidinho.

Áudio

O alto-falante mono do POCO M5 não impressiona, mas também não decepciona.

O áudio é alto e claro, suficiente para te acompanhar no banho ou lavando a louça, mas não entrega bons graves ou som imersivo durante os games.

A grande vantagem aqui é poder contar com o Bluetooth 5.3 que, além de conectar mais rápido com fones, caixinhas e centrais multimídia, ainda garante mais estabilidade, melhor alcance e qualidade superior.

Veredito

Se você busca um celular que seja bom de verdade na faixa dos 1000 reais, o POCO M5 é altamente recomendado.

O modelo importado tem vários recursos que a gente não encontra em opções nacionais de mesmo valor, como NFC e Bluetooth 5.3, e ainda oferece uma tela de primeira, processador potente para jogos, bateria imbatível e corpinho goxxxtoso de usar (ui!).

A câmera principal está um nível acima da concorrência, então dá até pra relevar o fato do modelo não ter ultrawide, e os bugs que eu encontrei no Chrome podem ser facilmente superados com outro navegador ou uma atualização futura.

Como se trata de um smartphone importado, é bom escolher a versão certa para evitar que a taxa de importação “coma” o custo-benefício da sua compra, já que esse imposto costuma ficar em torno dos 250 reais.

Então vai por mim: a versão 4/128 GB é a mais recomendada, pois custa R$ 900 no AliExpress, e mesmo com a taxa não vai ultrapassar os R$ 1.200.

Ah, e se você conseguir um cupom de desconto, ou preço melhor na versão 6/128 GB, a coisa fica ainda mais interessante.

Dito isso, meu veredito final é:

Aprovadíssimo!

Ainda não conhece a escala memética de avaliação do Mobizoo? Então veja como fazemos nossas análises de celular.

O celular utilizado nessa análise foi comprado pelo Mobizoo.

Ficha técnica

Características

Sistema Android 12
Lançamento 05 setembro, 2022
Dimensões 164 x 76.1 x 8.9 mm
Peso 201 g
Cores Preto, Amarelo e Azul
Biometria Leitor de impressão digital lateral, Reconhecimento facial
Construção Chassi de plástico, Traseira de plástico, Vidro Gorilla Glass na tela
À prova d'água

Tela

Tecnologia do painel IPS LCD, 90Hz
Tamanho 6,58 polegadas
Resolução Full HD+ (1080 x 2408 pixels)
Proporção 20:9

Hardware

Chipset Helio G99
Processador Octa core (máx. 2,2 GHz)
GPU Mali-G57 MC2
RAM 4 GB, 6 GB
Armazenamento 64 GB, 128 GB
Entrada p/ microSD Sim

Câmeras

Principal 50 MP f/1.8 PDAF
Macro 2 MP f/2.4
Profundidade 2 MP f/2.4
Frontal 5 MP f/2.2
Gravação de vídeo Full HD 30 fps

Conectividade

Dados móveis 4G
Dual chip
eSim
Wi-Fi Wi-Fi 802.11 a/b/g/n/ac, dual-band, Wi-Fi Direct, hotspot
Bluetooth 5.3, A2DP, LE
NFC
GPS A-GPS, GLONASS, GALILEO, BDS
Infravermelho
USB Tipo C 2.0 (OTG)
Sensores Acelerômetro, Proximidade, Giroscópio, Bússola

Bateria

Capacidade 5.000 mAh
Carregador 18W

Áudio

Alto falante Mono
Entrada P2 (3.5mm)
Rádio FM
Amplificador digital Não possui

Mais sobre: Xiaomi