Como bloquear celular roubado: o que fazer antes e depois para se proteger

Saber como bloquear celular roubado é conhecimento básico nas grandes cidades, e não basta saber o que fazer depois do ocorrido; a proteção prévia também é fundamental para evitar prejuízos maiores.

O Brasil sempre teve números enormes de roubos e furtos de celular, mas a coisa ficou ainda pior nos últimos anos, especialmente agora que todo mundo faz PIX e outras transações financeiras no aparelho. Isso abre brechas para que os bandidos não só roubem o dispositivo, como também limpem contas de bancos, façam empréstimos e tudo mais que for possível com os dados salvos pelo dono.

Para evitar esta tragédia, tire uns minutinhos do seu dia para implementar as dicas de segurança que vou apresentar a partir de agora.

Cuidados para tomar antes do roubo

  1. Ative o bloqueio do chip por PIN;
  2. Tenha 2 emails: um principal, e um secundário que NÃO está cadastrado no celular (você vai usar este somente para resgatar senhas);
  3. Selecione cuidadosamente quais são os apps que realmente devem ficar no smartphone. Selecione os mais seguros (ex.: Inter e Itaú), e evite manter instalados os apps de bancos que você raramente usa, bem como apps de compras e serviços financeiros (e não deixe seu cartão salvo para compras futuras!);
  4. Se possível, proteja os apps numa Pasta Segura (Samsung e outros);
  5. Use uma senhas fortes (nada de aniversário e 1234!), e use uma senha para cada coisa: uma para o bloqueio do celular, outra para o banco, e outras para outros serviços.
  6. Reduza o tempo de bloqueio automático de tela para o mínimo disponível no sistema (geralmente 15 segundos);
  7. Ative a opção “Exigir senha ou digital para desligar” (se houver).

Cuidados para tomar após o roubo

  1. Tente fazer o bloqueio remoto do aparelho;
  2. Troque imediatamente a sua senha da “conta-mestre” que estava no aparelho (senha da conta Google no Android, senha da Apple no iOS);
  3. Ligue para a sua operadora e informe o roubo, para que o seu número seja bloqueado, e o IMEI do aparelho também;
  4. Ligue para o seu banco e informe o roubo;
  5. Faça o Boletim de Ocorrência (B.O.) em uma delegacia.
Como bloquear celular roubado - Mobizoo

Como fazer o boletim de ocorrência de um celular que foi roubado

Tão importante quanto tentar rastrear, apagar e bloquear seu celular remotamente, é fazer o Boletim de Ocorência (B.O.) do roubo.

Isso é fundamental para quem foi roubado e possui um seguro para celular – já que o documento será exigido pela seguradora, mas também é importante para o bloqueio do IMEI do dispositivo, que o tornará inutilizável, e também como dado para as políticas de segurança da sua cidade.

Na maioria dos casos o B.O. deve ser feito na delegacia mais próxima do local onde o delito aconteceu, mas em caso de furto, é possível fazer o registro online. Veja os estados onde isso é possível:

Como bloquear celular roubado pelo número

Há algum tempo é possível bloquear o celular sem o número do IMEI, apenas usando o próprio número do celular. Mesmo que os ladrões retirem o chip do aparelho, na base de dados irá constar qual foi o último celular que aquele chip esteve ativo, e esse será bloqueado.

Para fazer isso, basta ligar para a sua operadora e solicitar o bloqueio, veja abaixo os números de contato:

  • Claro: 1052
  • Oi: 1057 ou *144
  • TIM: 1056 ou *144
  • Vivo: 1058 ou *8486
  • Nextel: 1050 ou (11) 4004–6611
  • Porto Seguro Conecta: 10544 ou *333
Importante: só ative seu número em outro chip (resgatar linha) depois de fazer o processo acima. Se você já estiver com a sua linha ativa em um novo aparelho quando solicitar o bloqueio por número, pode acabar bloqueando o aparelho novo, e não o que foi roubado.

Como bloquear celular roubado pelo IMEI

O IMEI é um número que serve para identificar o seu aparelho. É algo único assim como nossas identidades e, por isso, não existem numerações repetidas. Este código geralmente possui 14 números e serve para identificar a regularidade do seu aparelho.

Ao bloquear o celular pelo IMEI, você faz com que ele seja totalmente impedido de acessar as redes de celular. Ou seja, ele não vai mais fazer chamadas, enviar mensagens ou se conectar à internet por 3G/4G/5G, mas ainda poderá se conectar por Wi-Fi.

É possível pedir este tipo de bloqueio na própria delegacia onde é feito o B.O. (com exceção do Amapá e Acre), mas lembre-se de estar com documentos em mãos para provar que você é o(a) titular do celular em questão.

Também é possível bloquear o IMEI ligando para a operadora do aparelho (números acima). Serão solicitados seus documentos e outros dados para confirmar que você é o(a) dono(a) do celular, e em alguns casos o boletim de ocorrência também pode ser necessário.

Como descobrir o IMEI do celular

O primeiro passo é descobrir o número do IMEI do seu celular, e isso pode ser feito de três formas.

A primeira é você anotar esse número com antecedência, por isso basta digitar o código *#06# no discador do seu aparelho, e então um código de 15 dígitos irá aparecer na tela.

Como descobrir o imei do celular

Se você precisa do IMEI e não tem o celular em mãos, procure na caixa do seu aparelho. Geralmente atrás da caixa existe uma etiqueta com várias informações, incluindo o número do IMEI, que estará próximo a um código de barras.

Celular roubado - Imei na caixa

Caso você tenha jogado a caixa fora, ainda existe uma terceira alternativa. Caso o seu celular seja Android, acesse o Google Dashboard e vá à aba “Encontre o seu Dispositivo“. Feito isso basta selecionar o seu celular e clicar no ícone de “i”, que o IMEI será mostrado.

Como descobrir o imei do celular

Caso você use iPhone, basta à página de suporte da Apple e iniciar a sessão com o Apple ID que você usava no celular roubado. Vá até à sessão “dispositivos” e selecione o aparelho em questão para ter acesso ao seu número IMEI.

Com o número em mãos, é hora de bloquear o IMEI do aparelho. Para isso, ligue para a sua operadora, selecione a opção “bloqueio em caso de perda ou roubo“, ou fale com um atendente.

Serão solicitados os seus dados pessoais, e pode ser que o Boletim de Ocorrência também seja solicitado. Informe tudo que for necessário, e anote o protocolo (muito importante!), pois, caso você recupere o aparelho, esse protocolo será exigido para o desbloqueio do IMEI.

Nota do Editor: Recentemente eu tive meu celular roubado, e na Claro eu consegui fazer o bloqueio do IMEI rapidamente, mesmo antes de ter feito o Boletim de Ocorrência.

Recuperou o celular? É possível desbloqueá-lo

Caso o seu celular seja recuperado depois de você ter bloqueado o IMEI, é possível desbloqueá-lo. Para isso entre em contato novamente com a operadora, e em alguns casos pode ser necessário que você vá a uma loja física para realizar o desbloqueio.

Meu celular foi roubado, mas não sou o titular da linha, o que fazer?

Se o chip do celular não está no seu nome, você terá que pedir para o titular fazer esse bloqueio, pois as informações cadastradas na operadora serão dele. Caso o celular seja de empresa, você precisa pedir para o departamento responsável fazer o bloqueio do número ou IMEI.

E aí, conseguiu bloquear o celular roubado? Se tiver alguma dúvida, deixe aí nos comentários!

Mais sobre: Segurança