TCL 20 SE: só o design salva [Review]

O TCL 20 SE é um upgrade em relação ao TCL 10 SE que analisei no início do ano, já que ele traz tela maior, processador mais potente, Android mais atual (11), alto falante duplo, e uma câmera extra na traseira (macro), por isso era de se esperar que seu preço fosse um pouco maior que o do modelo anterior.

Eu só não esperava que esse valor ia bater os R$ 2.000 no lançamento, um custo realmente difícil de engolir num celular com ficha técnica de entrada.

Como estou aqui para proteger o seu suado dinheirinho, decidi testar o modelo por algumas semanas, para ver se ele faz algum sentido. Vem que eu te conto.

Tá com muita pressa? Então confira abaixo a minha lista de prós e contras, ou vá direto para:

Prós e contras

Prós

  • Construção e acabamento de primeira;
  • Boa duração de bateria;
  • Boa tela;
  • NFC.

Contras

  • Caro demais para o que oferece;
  • Câmeras muito ruins;
  • O alto falante é duplo, porém o áudio não é dos melhores;
  • Sem WiFi 5 GHz;
  • Sem 4G+ (banda 2600 Hz);
  • Carregador de apenas 10W.
TCL 20 SE é bom? Vale a pena? [Review] - Mobizoo

Design e tela

Oferecer design sofisticado parece ser a prioridade da TCL nos celulares.

Apesar do desenho bem diferente, o TCL 20 SE repete o excelente acabamento que vimos no TCL 10 SE, trazendo uma construção sólida e elegante, mesmo sendo feita em plástico, e uma traseira reluzente, que passa tranquilamente por vidro.

Não é um celular leve, porém não chega a ser pesado se você considerar o tamanhão da tela (6,82″) e a bateria de 5000 mAh, e também não é tão grosso quanto alguns equivalentes da Motorola, por exemplo.

Apesar disso, ele é sim um celular grandalhão, então nem tente usá-lo com apenas uma mão.

A tela do modelo é bem grande, sendo ótima para jogos e vídeos, oferece qualidade satisfatória em termos de definição, apesar da resolução ser apenas HD+, e o recurso NXT Vision realmente funciona, entregando cores e contraste bem legais.

Os brancos são bem calibrados e os pretos profundos (dentro dos limites de um painel IPS LCD), e o brilho é forte o suficiente para uma boa visualização ao ar livre, mesmo debaixo do sol.

Unboxing

Confira os detalhes no nosso unboxing:

Câmeras

Eu tinha gostado bastante das câmeras do TCL 10 SE, principalmente por conta da boa sensibilidade à luz e pós-processamento eficiente dos sensores, então minhas expectativas eram boas para o 20 SE nesse setor.

Infelizmente quebrei minha cara.

As câmeras do TCL 20 SE apresentam resultados muito inferiores aos do modelo anterior, com HDR quase inexistente, muito ruído em ambientes internos, baixa definição, e muitas distorções.

Vamos às imagens:

Teste de câmera - TCL 20 SE Teste de câmera - TCL 20 SE Teste de câmera - TCL 20 SE

Apesar de ter 48 MP, o sensor principal do TCL 20 SE não parece utilizar a tecnologia Quad Pixel comum nesse tipo de câmera e, para piorar, o HDR não faz seu trabalho de clarear áreas escuras e equilibrar luzes estouradas, resultando em imagens decepcionantes mesmo quando as condições são favoráveis.

Teste de câmera - TCL 20 SE

E olha como as coisas ainda pioram quando você muda para lente ultrawide:

Teste de câmera - TCL 20 SE

Isso porque estávamos ao ar livre num dia de sol. Olha agora num ambiente interno como ficam as fotos na principal e na ultrawide:

Teste de câmera - TCL 20 SE Teste de câmera - TCL 20 SE Teste de câmera - TCL 20 SE

E o que dizer da macro? Simplesmente terrível! A imagem tem mais granulado que docinho de festa infantil:

Teste de câmera - TCL 20 SE

Bom, pelo menos as selfies eu não achei tão ruins. Mas também não são ótimas:

Teste de câmera - TCL 20 SE Teste de câmera - TCL 20 SE

Como você viu, o conjunto fotográfico do TCL 20 SE é um desastre. Próximo item!

Para ver as fotos deste review em tamanho original, acesse o Google Drive do Mobizoo.

Teste de desempenho [vídeo]

Esse é o único item onde o smartphone realmente melhorou um bocado em relação ao modelo anterior.

O processador Snapdragon 460 Do TCL 20 SE oferece muito mais desempenho que o Helio P22 do 10 SE, e isso se percebe tanto nos jogos 3D quanto nas tarefas do dia a dia como navegação, streaming, redes sociais e multitarefa.

Os 4 GB de RAM do modelo são suficientes para uma boa velocidade de abertura e alternância de apps, e a GPU dá conta de animações suaves e rolagens de tela sem engasgos.

Ah, e durante minhas semanas de uso não houve nenhum travamento.

Confira nosso teste:

Bateria

O TCL 20 SE tem excelente autonomia, ficando facilmente 2 dias longe da tomada com uso moderado, mas seu carregador deixa a desejar, oferecendo apenas 10W de potência.

O acessório exige paciência do usuário, já que demora quase 2 horas e meia para levar o aparelho de 10 a 100% de carga.

A boa notícia é que o celular é compatível com carregadores mais velozes (de 18W), o que pode ser interessante se você tiver um dando sopa por aí.

Áudio

O alto falante duplo do TCL 20 SE é ao mesmo tempo um grande diferencial e uma grande decepção do produto.

Diferente do Redmi Note 10, que de fato tem dois alto falantes, o TCL 20 SE usa o alto falante de ligações como saída secundária de som, compondo um áudio de qualidade bastante questionável com o alto falante principal, localizado na parte inferior do dispositivo.

O som parece estéreo, mas não é, e a distribuição de áudio é bem desigual, já que o alto falante de ligações oferece volume muito mais baixo (e mais fino) que o do alto falante principal.

Os fones de ouvido que vêm na caixa são os mesmos super simples que vinham no modelo anterior, então não espere nada além de um acessório “quebra galho”.

Veredito

É bem óbvio que preço de lançamento na faixa dos 2000 reais para o TCL 20 SE é totalmente descabido, dadas as suas limitações, porém mais óbvio ainda é o fato de que esse valor irá despencar nos próximos meses, assim como aconteceu com o TCL 10 SE.

Então feche os olhos e se imagine no futuro, vendo o TCL 20 SE nas lojas por uns R$ 1.200, e me pergunte mentalmente: Anderson, agora vale a pena? A resposta é não.

As câmeras do modelo são MUITO ruins, o carregador que vem na caixa é lento, não há 4G+ ou WiFi 5 GHz, o som parece estéreo, mas não é, e o processador está bem abaixo do que vemos na concorrência.

Sendo assim, meu veredito é:

Ainda não conhece a escala memética de avaliação do Mobizoo? Então veja como fazemos nossas análises de celular.

Deixo o meu agradecimento à assessoria da TCL, que gentilmente emprestou o celular utilizado nesta análise.

Ficha técnica

Características

Sistema Android 11
Lançamento 30 junho, 2021
Dimensões 172.1 x 77.1 x 9.1 mm
Peso 206 g
Cores preto, verde
Biometria Leitor de impressão digital traseiro, Reconhecimento facial
Construção Chassi de plástico, Traseira de plástico, Vidro Gorilla Glass na tela
À prova d'água

Tela

Tecnologia do painel IPS LCD
Tamanho 6,82 polegadas
Resolução HD+ (720x1600)
Proporção 20:9

Hardware

Chipset Qualcomm Snapdragon 460
Processador Octa core (máx. 1.8 GHz)
GPU Adreno 610
RAM 4 GB
Armazenamento 128 GB
Entrada p/ microSD Sim

Câmeras

Principal 48 MP f/2.0
Ultrawide 5 MP f/2.2
Macro 2 MP f/2.4
Profundidade 2 MP f/2.4
Frontal 13 MP f/2.2
Gravação de vídeo Full HD 30 fps

Conectividade

Dados móveis 4G
Dual chip
eSim
Wi-Fi 2.4 GHz
Bluetooth 5.0, A2DP, LE
NFC
GPS A-GPS, GLONASS, GALILEO, BDS
Infravermelho
USB Tipo C 2.0 com OTG
Sensores Acelerômetro, Proximidade, Giroscópio, Bússola

Bateria

Capacidade 5000 mAh
Carregador 10W

Áudio

Alto falante Duplo (mono)
Entrada P2 (3.5mm)
Rádio FM
Amplificador digital Não possui

Mais sobre: TCL