Samsung Galaxy Note 9: hands-on e primeiras impressões

O Samsung Galaxy Note 9 acaba de chegar ao Brasil e tem tudo para ser um dos melhores smartphones de 2018. Em relação ao modelo do ano passado, o Note 9 possui uma capacidade maior de bateria, uma câmera atualizada e mais memória e armazenamento. Tive a chance de testar o aparelho durante a IFA 2018 e essas são as minhas primeiras impressões sobre o todo poderoso Galaxy Note 9.

Samsung Galaxy Note 9: hands-on em vídeo

Samsung Galaxy Note 9: design

Este ano o Note 9 está um pouco maior, pois tivemos um aumento de 20% no tamanho da bateria em relação ao Note 8. Como consequência disso, também tivemos um pequeno aumento de 0,1 polegada na tela.

Apesar de ser mais compacto do que os concorrentes, ainda é difícil usar o Note 9 com apenas uma mão. É realmente difícil acessar a barra de notificações com o polegar, e mesmo que o leitor de impressão digital traseiro esteja configurado para tanto, seu dedo indicador vai ter que se esticar um bocado.

Falando nisso, o sensor de impressão digital está posicionado agora abaixo das lentes da câmera e é realmente muito fácil configurar as digitais. Assim como na linha Galaxy S9, basta apenas deslizar o dedo sobre o sensor para que a digital seja reconhecida e gravada.

Samsung Galaxy Note 9 - design
O Galaxy Note 9 não possui o tão copiado “notch”

O design frontal com tela infinita da Samsung é, na minha opinião, um dos mais bonitos do mercado e, como a Samsung está num ano de “manter o time que está ganhando”, as linhas gerais são as mesmas do modelo lançado no ano passado.

O Note 9 traz a maior certificação de resistência à água, a IP68, mas claro, isso não significa que você pode mergulhar o aparelho no mar!

Por fim, em relação à construção deste dispositivo, vale citar a manutenção da entrada P2 para fones de ouvido. E, algo não tão positivo é a manutenção do botão físico para ativação do Assistente de Voz Bixby, já que a Samsung ainda não permite reutilizar do botão para ativar, por exemplo, o aplicativo que você mais usa. No meu caso este aplicativo seria o Twitter.

Samsung Galaxy Note 9: tela

Em relação à tela, a Samsung possui os melhores os melhores displays da categoria Premium, e obviamente o Note 9 não ficaria de fora. Seu painel Super AMOLED possui 6,4 polegadas e é super nítido, com excelente brilho, contraste profundo e cores vibrantes.

O que eu mais gosto neste quesito, no entanto, é o fato de não termos o “notch”, aquele corte na barra de status que a Apple tornou famoso ao lançar o iPhone X e que a grande maioria das fabricantes resolveu copiar. Obrigada Samsung por não aderir à essa tendência.

Samsung Galaxy Note 9: hands-on
O Galaxy Note 9 é um aparelho feito para se usar com as duas mãos

Posso dizer que a tela do Note 9 é ótima para quem consome mídias, usa o smartphone para jogar e tem interesse em realmente usufruir das telas múltiplas.

Samsung Galaxy Note 9: áudio

Em relação ao áudio, assim com no Galaxy S9 e S9 Plus, o Note 9 oferece qualidade de som estéreo e é relativamente mais alto do que o modelo do ano passado! Eu me apaixonei pela qualidade de áudio da série S9, logo, o Note 9 é excelente para mim no quesito áudio, em especial com a opção Dolby Atmos ativada.

Samsung Galaxy Note 9: câmera

O Galaxy Note 9 traz o mesmo conjunto de lentes do Galaxy S9 Plus, ou seja, câmera dupla de 12 MP com abertura variável (f/1.5 – f/2.4), estabilização de imagem ótica em ambas as lentes, 2x zoom ótico, gravação de vídeo 4K a 60 fps, auto HDR e sistema dual pixel de aprimoramento de imagem. A câmera frontal vem com 8 MP e com abertura f/1.7.

Se você leu meu review do Galaxy S9 Plus, sabe que adorei a câmera do aparelho. Logo, eu adorei a câmera do Galaxy Note 9, pois como descrito acima, é a mesma.

Samsung Galaxy Note 9 - câmera frontal
A câmera frontal do Galaxy Note 9 possui um sensor de 8MP

Eu sou fã de câmeras que, no modo automático, você tira do bolso, faz a foto e já pode publicar nas suas redes sociais. Claro que para um uso mais apropriado destas lentes eu recomendo o modo Pro, que consegue oferecer mais possibilidades, mas para o consumidor médio, essa câmera no modo automático é excelente.

Temos na câmera o uso de Inteligência Artificial, como o recurso “Otimizador da cena” que melhora a qualidade das imagens. Outra função oferece a chance de refazer a foto ao reconhecer a má qualidade da imagem, mas ainda não tive realmente tempo de testar nenhum dos dois, então minha opinião será revelada em um futuro review do Samsung Galaxy Note 9.

Samsung Galaxy Note 9: S-Pen

A S-Pen ou caneta Stylus é a cereja do bolo para os usuários da série Note. São várias funções disponíveis, como capturar imagens, escrever na tela, destacar pontos importantes em documentos e imagens, e até mesmo usar como botão para a mudança de slides em apresentações.

Eu posso até não precisar de tudo isso no meu S8, por exemplo, mas poder contar com tais recursos é um dos motivos para se comprar um Galaxy Note, certo?

Samsung Galaxy Note 9: performance

A performance do Note 9 é de smartphone Premium. O que quero dizer com isso é que é rápido, fluido e não engasgou durante meus testes. Mesmo com toda a preocupação sobre as atualização do sistema operacional para o última versão Android, sinceramente, a skin da Samsung faz um ótimo trabalho e não fica atrás em performance.

Samsung Galaxy Note 9 - Android Oreo
O Samsung Galaxy Note 9 sai de fábrica rodando a versão Android 8.1 Oreo

A versão que tenho em mãos vem com 6GB de RAM e 128GB de armazenamento interno. Porém, no Brasil, temos a versão de 8GB de RAM e 512GB de ROM, o que deve ser um espetáculo, mas não pude testar ainda. Somado a isso, temos 512GB de armazenamento externo. Ou seja, você definitivamente pode ter 1 Terabyte dentro do bolso.

Samsung Galaxy Note 9: ficha técnica

  • Android 8.1 Oreo;
  • 4G Dual Chip (2 nano sim);
  • Tela Super AMOLED QuadHD+ de 6.4 polegadas (2960 x 1440 px);
  • Proporção de tela de 18,5:9;
  • Vidro Gorila Glass 5;
  • Certificação IP68 – resistência à água (até 1,5 m por 30 min) e à poeira;
  • Chipset Snapdragon 845 (EUA) / Exynos 9810 Octa-Core (em outros mercados);
  • 6 GB ou 8GB de RAM;
  • 128 ou 512 GB de armazenamento interno;
  • Entrada para microSD de até 2 TB (slot dedicado);
  • Câmera traseira dupla (dual pixel): 12 MP com abertura variável (f/1.5 a f/2.4) e estabilização OIS + 12 MP com abertura f/2.4 e zoom óptico 2X, estabilização OIS e auto HDR;
  • Câmera frontal de 8 MP com abertura f/1.7, autofoco e auto HDR;
  • Gravação de vídeo em 4k e Super Slow Motion de 960 fps;
  • Leitor de impressão digital traseiro;
  • Leitor de íris;
  • Alto falantes estéreo Dolby Atmos;
  • Sensores: luz ambiente, acelerômetro, proximidade, magnetômetro (bússola), giroscópio;
  • Bluetooth 5;
  • NFC;
  • A-GPS, GLONASS;
  • USB Tipo C;
  • Bateria de 4000 mAh com carregamento rápido e sem fio.

Samsung Galaxy Note 9: bateria

A bateria do Note 9 deu um belo salto em 2018. No ano passado, o Note 8 chegou ao mercado com 3300mAh. Este ano, o Note 9 chegou com 4000mAh. Logo, é possível usar o aparelho por um dia inteiro sem precisar carregar.

E isso não sou eu no meu hands-on que estou afirmando, pois não pude passar muito tempo com o aparelho ainda. Porém, como o dispositivo já está no mercado por algum tempo, a mídia especializada, e confiável, vem afirmando tal ponto. Assim que fizer o review do Samsung Galaxy Note 9 volto aqui para dizer se concordo ou não com a mídia especializada.

Samsung Galaxy Note 9: preço e disponibilidade

O Galaxy Note 9 foi lançado oficialmente no Brasil custando R$ 5.500 na versão com 128 GB de armazenamento interno e 6GB de RAM. Já a variante de 512GB de armazenamento e 8GB de RAM chega a custar 6.500 reais.

A pré-venda começou no dia 31 de agosto, e o aparelho chega nas lojas de todo Brasil no dia 13 de setembro.

Samsung Galaxy Note 9: é bom?

Enfim, o Galaxy Note é um grande aparelho que, infelizmente, custa o valor de um bom computador no Brasil e mesmo no exterior. Contudo, é um smartphone voltado para produtividade e feito para te acompanhar por pelo menos dois anos, mantendo-se, claro, a performance da bateria.

Mas será que ele vale o custo extra sobre o S9+? E as novidades da caneta S-Pen, fazem sentido? Bom, isso aí é papo para um futuro review do Samsung Galaxy Note 9.

Neste momento, no entanto, posso dizer que com o aumento no tamanho da bateria, o Galaxy Note 9 é logicamente o melhor aparelho da série, sendo um upgrade real em quase todos os aspectos para quem possui o Note 8, e com certeza, deve estar entre os cinco melhores smartphones do ano.

E você o que achou do Galaxy Note 9? Vale o investimento?

Mais sobre: samsung