Moto Snap Projetor: um cinema portátil no seu bolso

É inegável que a Motorola foi a única fabricante que conseguiu implementar o conceito de modularidade em seus smartphones com competência e algum sucesso, e boa parte desse resultado é consequência do bom funcionamento de seus módulos, os Moto Snaps. Eu topei o desafio de testar por algum tempo uma das “extensões” mais interessantes da linha Z; o Moto Snap Projetor (ou Insta-Share Projector), e neste review vou contar como foi a minha experiência. Acompanhe.

Veja também:

Review Moto Snap Projetor: design

Moto Snap Projetor: qualidade de imagem

Assim que recebi o kit do Moto Z2 Play que inclui o Moto Snap Projetor enviado pela Motorola, corri para testar a funcionalidade do módulo extra, já que minha expectativa com este item específico era enorme, por conta da quantidade de fiascos que já acompanhei de outras fabricantes tentando colocar projetores em seus celulares.

Review Moto Snap Projetor: funcionamento

Para essa avaliação, eu tinha duas exigências fundamentais a serem cumpridas: boa qualidade de imagem e boa duração de bateria.

Além disso, imaginei duas situações em que o acessório seria extremamente útil, e as utilizei como parâmetro em minha análise: uso corporativo – para reuniões, apresentações e afins, e uso recreativo – para assistir filmes, séries e outros conteúdos audiovisuais.

Obviamente, iniciei o teste de modo recreativo, colocando o aparelhinho para projetar um dos meus programas favoritos no teto do meu quarto – o Papo de Segunda, do GNT.

Para minha surpresa, o tamanho da projeção e a qualidade da imagem foram bastante satisfatórios, e o que eu via, do conforto da minha cama, era uma tela com aproximadamente 2 metros de diagonal, bom brilho e boa definição.

Abaixo você pode conferir um outro teste que fiz como o Moto Snap Projetor apoiado em minha mesa de jantar, projetando na sala um dos vídeos do Mundo Bita que minha filha mais gosta (quem é mãe/pai de criança pequena certamente deve conhecer):

Review Moto Snap Projetor: qualidade de imagem

A qualidade de imagem estava aprovada, mas faltava aprovar a duração da bateria.

Moto Snap Projetor: duração da bateria

Para isso, levei o equipamento para utilizar em uma apresentação de 1 hora, e quase morri do coração quanto recebi uma notificação aos 40 minutos de reunião, dizendo que a bateria do Snap (que eu havia carregado completamente antes de sair) estava prestes a acabar.

Felizmente, o medo de “ficar na mão” passou 5 minutos depois, quando percebi que, assim que a bateria do Moto Snap Projetor termina, o módulo começa a usar a bateria do próprio celular como fonte de energia para continuar funcionando.

Em outros testes, com ambos (Snap e celular) carregados, cheguei a alcançar 2 horas ininterruptas de projeção, algo suficiente para assistir um filme longa-metragem no melhor estilo cinema em casa.

Review Moto Snap Projetor: duração da bateria

Moto Snap Projetor: recursos extras

O Moto Snap Projetor possui um alto falante próprio que amplifica o som do celular, deixando o volume dos conteúdos mais apropriado para a projeção ampliada.

A base móvel do Snap é bem firme e funciona em conjunto com os sensores do smartphone para ajustar automaticamente o ângulo de projeção da imagem na superfície (trapézio), e há um ventilador interno para dissipar o calor.

Moto Snap Projetor: vale a pena?

O Moto Snap Projetor é um dos mais caros vendidos pela Motorola, mas ele entrega o que promete em termos de qualidade de projeção, praticidade de uso (é só encaixar e ligar) e duração de bateria.

Por isso, minha recomendação é: compre o kit do Moto Z2 Play que já vem com ele, pois assim você irá economizar uma boa grana para ter no celular um recurso muito bacana, que nenhum outro modelo oferece.

Ainda não conhece a escala memética de avaliação do Mobizoo? Então veja como fazemos nossas análises de celular.

Deixo o meu agradecimento à assessoria da Motorola que gentilmente emprestou o produto utilizado nesta análise.
Mais sobre: Moto Snaps motorola