Como fazer a declaração do imposto de renda pelo celular

O prazo de entrega do IRPF 2018 está acabando (termina dia 30 de abril), e se você está correndo contra o tempo, pode ser uma boa ideia fazer a declaração do imposto de renda pelo celular. Ela pode ser feita e entrege através dos aplicativos oficiais da Receita Federal, disponíveis para Android e iOS.

Eu particularmente acho muito mais prático declarar pelo celular, e além disso ainda fico livre do “querido” plugin do Java, ainda obrigatório para quem faz a declaração no Windows, Mac e Linux.

Como fazer a declaração do imposto de renda pelo celular - Mobizoo

Quem deve declarar?

Segundo a Receita Federal, precisa declarar imposto de renda quem, em 2017:

  • recebeu rendimentos tributáveis superiores a R$ 28.559,70;
  • recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40.000,00;
  • obteve, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;
  • optou pela isenção do imposto sobre a renda incidente sobre o ganho de capital auferido na venda de imóveis residenciais, cujo produto da venda seja destinado à aplicação na aquisição de imóveis residenciais localizados no País, no prazo de 180 (cento e oitenta) dias contados da celebração do contrato de venda, nos termos do art. 39 da Lei nº 11.196, de 21 de novembro de 2005;
  • teve a posse ou a propriedade, em 31 de dezembro de 2017, de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300.000,00;
  • passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês e nessa condição se encontrava em 31 de dezembro de 2017;
  • obteve receita bruta anual em valor superior a R$ 142.798,50 em atividade rural;
  • pretende compensar, no ano-calendário de 2017 ou posteriores, prejuízos de anos-calendário anteriores ou do próprio ano-calendário de 2017 (em atividade rural).

Quem se encaixa nesse grupo deve enviar sua declaração até o dia 30 de abril de 2018, e quem não entregar até o prazo pagará  multa a partir de R$ 165,74 (esse valor pode chegar até 20% do imposto devido).

Como fazer a declaração do imposto de renda pelo celular

A primeira coisa que você deve fazer é instalar o aplicativo oficial Meu Imposto de Renda no seu smartphone. Confira os links para baixar:

Se você vai declarar seu imposto através do celular pela primeira vez, antes de qualquer coisa, você precisará do arquivo da declaração do ano anterior (declaração 2017, referente a 2016).

Para isso, busque o arquivo .DEC na pasta /Arquivos de Programas RFB/IRPF2017/transmitidas do seu computador (o nome do arquivo começa com o número do seu CPF).

programa-irpf-2017-importar-arquivo

Depois, passe este arquivo para o seu celular usando o cabo USB, Bluetooth, email ou a nuvem (Dropbox, Google Drive, etc.).

Se já você fez sua declaração do ano passado pelo celular, o arquivo está salvo no próprio aparelho, na pasta Downloads – se for Android, e na pasta do app IRPF – se for iOS (mas é preciso utilizar o iTunes para encontrar o arquivo no aparelho).

Agora instale o aplicativo no seu celular, abra-o e importe os dados do arquivo que você trouxe do computador, utilizando a opção “Importar para 2018“.

Imposto de renda no celular: app para Android e iOS é idêntico

Todos os dados da sua declaração anterior serão carregados automaticamente, e você só precisará atualizá-los para o novo exercício (2018).

Através do menu com ícones você acessa cada item da declaração que você deve preencher: identificação do contribuinte, dependentes e alimentandos, rendimentos, pagamentos, bens e dívidas. E no final, você acessa um resumo para verificar se há alguma pendência, imposto a pagar ou restituição.

Depois que tudo estiver pronto, basta clicar na opção “Transmitir” para enviar a declaração para a base da Receita Federal, mas é importante que você guarde os arquivos gerados após a transmissão em um lugar seguro para utilizar no próximo ano.

Os arquivos são:

  • o backup da declaração 2018, no formato 99999999999-IRPF-A-2018-2017-ORIGI.DEC;
  • e o recibo de entrega da declaração, no formato Recibo99999999999-IRPF-M-2018-2017.pdf.

Esses arquivos são salvos automaticamente no seu dispositivo Android ou iOS, mas recomendamos fortemente que você guarde-os também em casa, num computador ou pen drive (uma cópia na nuvem também não faz mal a ninguém).

Os locais onde eles ficam salvos no seu celular são os mesmos que citei anteriormente.

Obs: Caso deseje gerar novamente o recibo de entrega a partir do Programa IRPF, copie também o arquivo com extensão “.REC”, obtido após a transmissão.

Bom, é isso. Não deixe para última hora, e aproveite sua restituição. Ah! E falando nisso, aqui vai um guia completo para você acompanhar a liberação da sua Restituição do Imposto de Renda.

Mais sobre: android iphone