Como proteger o WhatsApp de hackers em 2019

Você já teve sua conta do WhatsApp roubada? Neste artigo vamos te dar a melhor dica de como proteger o WhatsApp de hackers em 2019. Dá uma conferida!

Como proteger o WhatsApp de hackers em 2019 - Mobizoo

Como saber se o WhatsApp foi hackeado?

Você já deve ter se perguntado: “Será que meu WhatsApp está hackeado?”. No entanto, apesar de temer essa ameaça, talvez, você ainda não saiba como proteger este aplicativo de mensagens contra os hackers.

Mas, pode acontecer, por exemplo, de você achar que suas mensagens já foram lidas. Ou, encontrar uma resposta aos amigos que você não fez. Ou mais, perceber que sua última mensagem visualizada é diferente da que é mostrada. Quando alguns desses fatos ocorrem, podem ser um indicativo de que alguém está usando sua conta do WhatsApp. Isso pode ser feito, facilmente, criando-se uma cópia do seu WhatsApp.

É muito pouco provável que os hackers invadam diretamente os servidores do WhatsApp na busca de dados contidos nas mensagens. Isso porque, elas não estarão lá. As mensagens que você enviou não ficam armazenadas no servidor WhatsApp depois de entregues. Portanto, para proteger seu WhatsApp, você só precisa evitar que sua conta seja invadida, ou melhor, copiada. E no caso do WhatsApp, isso pode ser feito utilizando a verificação em duas etapas.

Mas, antes de saber como a verificação em duas etapas pode ser ativada e proteger seu WhatsApp de hackers, veja como estes cibercriminosos agem.

Como os hackers invadem o WhatsApp?

Mesmo que o WhatsApp seja menos vulnerável a ataques, há dois meios comuns que são utilizados por hackers para roubar uma conta do WhatsApp. São modos simples, que fazem mais uso da engenharia social do que de habilidades técnicas.

Um ataque comum ocorre quando o invasor instala o WhatsApp em seu próprio telefone e tenta ativá-lo com o número da vítima. Ao fazer isso, será solicitado que ele escolha se prefere receber o código de verificação via “SMS” ou “chamada telefônica”.

Por fim, o invasor escolhe receber a autenticação “via chamada”. Pois, invadir a caixa de mensagens do telefone pode ser mais fácil. Além disso, as pessoas não costumam atualizar esta senha de acesso com frequência. Então, ele ouvirá o código de acesso, e desta forma já poderá invadir a conta da vítima.

Outro modo de invasão, chamado SIM Swap, é um pouco mais complexo, mas nem por isso incomum. Nele, o hacker rouba as informações da vítima através de chamadas telefônicas ou e-mails enganosos. Depois, ele as utiliza para convencer o atendente da operadora a transferir o número deste SIM para o dele. Desta forma, ele já pode acessar a conta da vítima.

Como proteger o WhatsApp de hackers em 2019

Os ataques citados acima conseguem driblar até mesmo alguns métodos de verificação em duas etapas, como os do Facebook ou Twitter, por exemplo. Isso pode acontecer porque, nesses sites, o criminoso pode solicitar uma mensagem SMS com os códigos de autenticação para a conta.

Porém, no caso do WhatsApp, o método de verificação em duas etapas solicita também um código criado pelo próprio usuário. Isso cria uma barreira a mais no acesso e a conta ganha mais proteção.

De acordo com o próprio WhatsApp, a verificação em duas etapas é um recurso opcional para adicionar ainda mais segurança à sua conta. Ao ativar a verificação em duas etapas, qualquer tentativa de verificação do seu número de telefone no WhatsApp terá de ser acompanhada por um PIN de seis dígitos criado por você através deste recurso.

Como ativar a verificação em duas etapas

Ativar a verificação em duas etapas é bem simples, e tanto no Android quanto no iOS o procedimento é o mesmo. Então, primeiro vá em “Configurações” (Settings, em inglês), depois em “Conta” (Account). Clique em “Verificação em duas etapas” (Two-step verification) e depois em Ativar (Enable).

Confirmação de duas etapas no Whatsapp

Ao ativar esta verificação será necessário definir uma senha de seis dígitos, que será solicitada de tempos em tempos pelo WhatsApp para conferir se é você mesmo que está utilizando ao app. Além dela ser necessária também, para configurar outro celular.

A ativação desta verificação pode não garantir proteção total à sua conta, mas pode dificultar bastante a invasão por hackers que utilizam esses dois meios de ataque mais comuns.

Sua conta do WhatsApp está segura? Você utiliza a verificação de duas etapas em seu WhatsApp? Conta pra gente aí nos comentários!

Mais sobre: segurança