Opinião

MediaTek cresce e reacende a batalha dos processadores

MediaTek é uma empresa que desenvolve e fabrica chipsets* para smartphones e tablets Android de diversas marcas. Pouco a pouco ela começa a se destacar no mercado global de tecnologia móvel, apresentando produtos de excelente desempenho e preços acessíveis.

Segunda maior produtora de processadores no ranking mundial, a MediaTek cresceu tanto nos últimos anos, que já possui 1 terço do mercado, e agora ameaça a líder Qualcomm, produtora dos famosos chips Snapdragon.

*chipset: conjunto de chips aplicados numa placa lógica.

Depois que a Intel decidiu “colocar a viola no saco” e desistir de vez dos fracassados processadores Atom para smartphones, o caminho ficou ainda mais aberto para termos nos próximos anos uma disputa quentíssima entre os chips da MediaTek e da Qualcomm, revivendo a era de ouro dos PCs, quando Intel e AMD dividiam os olhares da galera que montava seus próprios computadores.

E a história é muito parecida mesmo: nos anos 2000, de um lado tínhamos a AMD, com seus processadores que buscavam o melhor custo-benefício (esse papel agora é da MediaTek). E do outro lado tínhamos a Intel, que mirava na performance à qualquer custo (o mesmo vale agora para a Qualcomm).

Certamente quem sairá ganhando nessa briga somos nós consumidores, já que teremos cada vez mais inovações em ambos os lados.

Um pouco da história

A MediaTek surgiu em 1997 como uma divisão da empresa chinesa United Microeletronics Corporation, que desenvolvia processadores para equipamentos eletrônicos.

A divisão cresceu e se tornou uma empresa independente, com sede em Taiwan, e entrou para o mundo dos smartphones em 2011, quando apresentou o processador Cortex A9 de 1,0 GHz. No ano seguinte, lançou o MT6589, seu primeiro chip Quad Core, que foi adotado pela Alcatel rapidamente.

Mesmo em meio às críticas recebidas, os primeiros chipsets MediaTek passaram a ser utilizados por diversas marcas chinesas como Acer, Lenovo, Alcatel, ASUS, ZTE e Huawei. Posteriormente, foram incorporados pela Sony, que ajudou a impulsionar a marca e seus produtos.

Um pouco mais tarde a empresa surpreendeu o mercado apresentando o primeiro processador True Octa Core para dispositivos móveis, ou seja, com oito núcleos trabalhando de forma independente e simultânea.

Destaques nos testes

Os processadores da MediaTek destacam-se nos testes de desempenho benchmark, no baixo consumo de energia e na excelente experiência multimídia quando comparados ao seu maior rival, o Snapdragon, grande nome da Qualcomm. Além dos preços baixos garantidos pela produção em grande escala que tornam a marca cada vez mais procurada por seus parceiros.

Desde 2015 a MediaTek vem chamando a atenção do mercado com seu chipset top, o Helio X20 – o primeiro a trazer dez núcleos de processamento (Deca Core). Diversos testes colocaram este chipset à frente dos equivalentes Snapdragon Exynos, da Samsung.

Apesar dos rumores levantados por alguns sites sobre problemas de aquecimento no Helio X20 (prontamente desmentidos pela empresa), o chipset se mostrou bastante eficiente, tanto no controle térmico quanto no consumo de energia. Aparelhos baseados no X20, como o HTC One A9 e o Meizu Pro 6, chegam a consumir 30% menos energia que os baseados no X10.

Para este ano a empresa promete os aguardados Helio X25 e HelioX30, sendo este primeiro uma variante do X20 com mais poder de processamento e novos recursos.

Segundo rumores, o aguardado Helio X30 também irá combinar dez núcleos divididos em três blocos (clusters) de processadores como o X25, porém, com a diferença de blocos mais potentes que poderão alcançar incríveis 160 mil pontos no teste AnTuTu, como vemos nas imagens compartilhadas pelo site Weibo.

testes chipset mediatek antutu
Se os rumores se confirmarem, o Helio X30 irá atropelar o concorrente Snapdragon 820, com 60% a mais desempenho que o Helio X20.

Novidades

Os primeiros smartphones com o Helio X25 devem chegar ao mercado ainda neste segundo semestre de 2016, porém o X30 só deve aparecer em lançamentos de 2017. Você já pode conferir todas as especificações do X25 no site oficial da MediaTek. Mas sobre o X30 tudo o que temos por enquanto são rumores.

Muitas novidades ainda irão surgir envolvendo o nome da companhia taiwanesa MediaTek, e acompanhando o Mobizoo você ficará em dia com todas elas.

E você, caro leitor? Já conhecia a MediaTek? Tem algum dispositivo que roda com a tecnologia desta marca? Conte-nos! Aqui no Mobizoo as opiniões são muito bem-vindas.