Games

Tudo que você precisa saber sobre Pokémon Go

Você provavelmente deve ter ouvido nos últimos dias alguma coisa a respeito de um novo game para smartphones baseado no universo Pokémon. Pois é, trata-se de Pokémon Go – um jogo de realidade aumentada (como o famoso Ingress), que mistura cenários reais exibidos pela câmera do seu celular com elementos virtuais, provocando um envolvimento muito maior do jogador. Você pode se deparar com um amável Bulbasaur em seu quintal ou um Charizard no apartamento do vizinho.

De tempos em tempos alguns desenvolvedores conseguem de fato “acertar a mão” em suas produções, trazendo pérolas como Flap Bird2048, por exemplo. Mas no caso de Pokémon Go, eles foram além: assim que foi lançado, o jogo obteve um impressionante boom de popularidade no mundo todo. Sem dúvida um efeito viral nunca antes visto.

Tanto que a Nintendo está tendo problemas para manter o game jogável, pois ele funciona online e os servidores da empresa estão ultra-sobrecarregados devido à gigantesca demanda. E olha que o jogo só foi lançado oficialmente nos EUA, Nova Zelândia e Austrália. Imagina se já estivesse disponível no mundo todo?

Por isso a Niantic – empresa responsável pelo lançamento do jogo em parceria com a Nintendo – decidiu pausar a expansão global do game até que haja uma solução para o gargalo nos servidores. E talvez não seja apenas por isso: as ações da Nintendo já subiram mais de 25% como efeito deste sucesso, o que pode favorecer estratégias diferentes de monetização mais específicas para Pokémon Go (atualmente o jogo é gratuito).
(Atualização – 13/07 às 15:00: As ações da Nintendo subiram mais de 50% e a Nintendo já admitiu que poderá monetizar de forma diferente através de locais patrocinados. Exemplo, ao capturar um pokémon em uma determinada loja parceira da Nintendo no shopping, você ganha moedas do jogo e a loja, ganha com a sua visita.) 

Pokémon Go

Em apenas uma semana, o jogo já foi mais instalado que apps conhecidos como o Tinder e em breve ultrapassará o Twitter. É indiscutivelmente um fenômeno.

Até mesmo um famoso site de conteúdo adulto também entregou os pontos e divulgou que o tráfego do jogo Pokémon Go ultrapassou o destinado à seus vídeos picantes:

Pokémon Go VS Youporn

Como o jogo ainda não foi lançado no Brasil, para poder experimentar o game é necessário baixá-lo por uma fonte alternativa. E olha que já tem muita gente fazendo isso no Android:

pokémon go downloads

Como o gráfico elaborado pela SimilarWeb mostra, várias pessoas estão recorrendo ao apkmirror (Android) para baixar Pokémon Go, além de lojas alternativas e outras fontes.

Nem sempre é seguro baixar apps por fora da Google Play, então recorra à fontes conhecidas, e ainda especificamente nesse caso, é recomendável varrer os arquivos de instalação com um antivírus terceiro de boa reputação.

No caso do iPhone, a melhor maneira é registrar uma conta americana para que o download seja possível pela própria loja oficial (esse método também funciona para o Android).

O que torna ainda mais impressionante sobre a popularidade do jogo é a velocidade com que ele se tornou popular. O site TouchArcade analisou um gráfico de interesse das pessoas baseado nas pesquisas no Google, e Pokémon Go é indicado pela linha mais acentuada da imagem, representado na cor azul.

Gráfico de interesse Pokémon Go

Gráfico de interesse Pokémon Go

Considerando à velocidade da viralização, o game da Nintendo simplesmente se comporta como nada jamais visto antes, nem Harlem Shake, nem Gangnam Style ou Flap Bird.

E onde há popularidade, há margem para aproveitadores. No exterior, ladrões usaram o app para poder localizar e emboscar em assalto nove pessoas. Já foram registrados vírus em um versão que foi distribuída por fontes não oficiais. O jogo também tem sido questionado pelo volume de permissões que ele solicita e a maneira como ele lida com a privacidade dos dados críticos dos jogadores, como a localização, por exemplo.

Mas superando tudo isso, é só tomar cuidado para não pagar um baita mico como tem ocorrido ao redor do mundo: tem quem já encontrou gente morta em busca de um pokémon, drones dirigidos para alcançar criaturas em localizações de difícil acesso e pokémons raros dentro de clubes de strip-tease!

É interessante observar como o público se comporta com lançamentos específicos: Antes eu estava acostumado à abrir o portão da minha casa para crianças pegarem pipas que caem no meu quintal. Hoje tenho que atender à adultos caçadores de Pokémons. 

Sem dúvida, Pokémon Go é um jogo e tanto por explorar o conceito de realidade aumentada muito bem e poder fazer sentir qualquer jogador, um grande colecionador de Pokémons! É uma oportunidade e tanto para se divertir nessas férias.

Confira um vídeo bacana da campanha de lançamento do jogo: