Xiaomi Mi9 Transparent: como roubar a cena do S10 em 3 passos

Preço arrasador, design diferenciado e potência de sobra. Esses são os três passos que o Xiaomi Mi9 Transparent Edition precisou para roubar a cena do Galaxy S10 durante o MWC 2019.

Custando a partir de R$ 2000 (em conversão direta), o Mi9 traz o chipset Snapdragon 855, que não estará nos Galaxy S10 brasileiros, câmera tripla de primeira, tela Super AMOLED que ocupa quase toda a parte frontal do telefone, e uma versão com 12 GB de RAM e traseira transparente, a Transparent Edition ou Explorer Edition.

Xiaomi Mi9 Transparent: preço, ficha técnica e onde comprar - Mobizoo

Esse ano a Xiaomi definitivamente subiu de nível no mercado Mobile, e isso ficou muito claro quando dei de cara com o enorme estande da empresa no hall 3 do MWC 2019.

Este é o hall mais central e mais badalado do evento, onde ficam todas as maiores empresas do segmento: Samsung, Qualcomm, Nokia, Sony, LG, Huawei e Intel, entre outras gigantes. Antes, a chinesa ficava escondidinha lá no hall 6.

Além disso, tivemos a primeira grande coletiva da Xiaomi no evento, onde foram apresentados o Mi9 e a versão com 5G do Mi Mix 3. Aliás, aproveitei a ocasião para gravar um hands-on dessa belezinha.

Xiaomi Mi9 Transparent: hands-on em vídeo

Xiaomi Mi9 Transparent: design

Em linhas gerais, o design do Mi9 continua bem parecido com o do Mi8: a traseira em vidro curvo oferece ótima pegada, o chassi de alumínio série 7000 com cantos arredondados é super premium, e a tela Super AMOLED totalmente plana é um colírio para os olhos (sim, eu não curto as telas Edge).

A grande novidade do novo modelo, além do novo hardware, é sem dúvida o tamanho do notch na tela. Ele era tão grande quanto o de um iPhone X no Mi8, e encolheu para apenas uma pequena “gota” no Mi9.

O “queixo” abaixo da tela também diminuiu consideravelmente em relação ao modelo anterior, e juntando esses dois fatores, o espaço útil da tela aumentou um bocado, sem afetar o tamanho do aparelho.

Ok, ainda temos um recorte, mas melhorou 1000x. Saca só:

Como era de se esperar, a tela traz o leitor de impressões digitais incorporado – grande tendência de 2019 –, e há um novo botão do lado esquerdo do aparelho, dedicado ao Google Assistente (na versão Global) e às aplicações de inteligência artificial da Xiaomi (na versão chinesa).

Agora as más notícias: continuamos sem entrada padrão para fones de ouvido por aqui, e a bateria encolheu de 3400 para 3300 mAh. Bom, pelo menos o infravermelho voltou.

Xiaomi Mi9 Transparent: câmeras

A proposta da Xiaomi sempre foi oferecer o melhor custo-benefício possível, mesmo em seus tops de linha. Por isso, nunca espere que a marca ofereça a melhor câmera do mercado (mesmo que ela diga que é).

A fabricante melhorou muito nesse quesito nos últimos tempos, mas mesmo assim ainda fica atrás da sua conterrânea Huawei e da Samsung quando o assunto é fotografia no celular.

Um exemplo disso é que, mesmo possuindo uma câmera tripla com sensor principal de 48 MP, o Mi9 fica devendo para os concorrentes mais caros por não contar com estabilização óptica em nenhuma das lentes, tecnologia Dual Pixel, ou a abertura variável do Galaxy S10.

Apesar disso tudo, as câmeras do Mi9 possuem o excelente processamento AI da Xiaomi, e consegue sim impressionar em muitas situações. Aliás, o mesmo pode ser dito da câmera frontal de 20 MP, que gera belíssimas selfies com fundo desfocado.

Xiaomi Mi9 Transparent: ficha técnica

Para ficar bem claro, o Mi9 é o top de linha da Xiaomi para 2019, mas o Mi9 Transparent Edition é o mais top dos tops (topzera!).

Enquanto o modelo “normal” conta com 6 ou 8 GB de RAM, 64 ou 128 GB de armazenamento, o Mi9 Transparent traz inacreditáveis 12 GB de RAM e 256 GB de armazenamento para quem puder gastar “um pouco” mais. De resto, tudo é igual (câmeras, tela, sensores, etc.).

Confira todas as especificações:

  • Android 9 Pie com MIUI 10;
  • Tela Super AMOLED 6,39 polegadas Full HD+ (1080 x 2340 pixels) proporção 19,5:9;
  • Vidro Gorilla Glass 5;
  • Processador Qualcomm Snapdragon 855;
  • GPU Adreno 640;
  • 12 GB de RAM;
  • 256 GB de armazenamento;
  • Câmera traseira tripla: 48 MP, f/1.5, 1/2″, 0.8µm, Laser/PDAF + 16 MP, f/2.2, 13mm (ultrawide), 1/3.0″, 1.0µm, Laser/PDAF + 12 MP, f/2.2, 54mm (telephoto), 1/3.6″, 1.0µm, Laser/PDAF, 2x optical zoom;
  • Câmera frontal de 20 MP, f/2.0, 0.9µm;
  • Gravação de vídeo 4K;
  • USB Type-C;
  • NFC;
  • Sensores: infravermelho, acelerômetro, luz ambiente, proximidade, giroscópio, bússola;
  • Leitor de impressão digital na tela;
  • Bluetooth 5;
  • Bateria de 3.300 mAh com carregamento rápido.

Xiaomi Mi9 Transparent: preço e onde comprar

O Xiaomi Mi9 estará disponível nas lojas oficiais da Xiaomi espalhadas pelo mundo e também a Amazon a partir do dia 5 de março, porém a versão Transparent só deve chegar em maio. Os preços são os seguintes:

  • Mi9 com 6 GB de RAM + 64 GB de armazenamento: 449 euros
  • Mi9 com 8 GB de RAM + 128 GB de armazenamento: 499 euros
  • Mi9 Transparent com 12 GB de RAM + 256 GB de armazenamento: 549 euros

Os modelos ainda não estão disponíveis para importação direta da China, mas assim que estiverem avisaremos aqui.

E aí, ficou animad@ com o Xiaomi Mi9 Transparent? Conte pra gente nos comentários o que achou do visual e das configurações desse novo top da China!

Mais sobre: MWC 2019 xiaomi