Samsung Galaxy A11: intermediário básico com câmera tripla

Entre os vários smartphones que a Samsung trouxe para o Brasil este ano, surge o Samsung Galaxy A11. Uma opção de intermediário mais básico, voltado para usuários que não exigem muita potência do aparelho, porém fazem questão daqueles recursos que já se tornaram obrigatórios em 2020.

O Galaxy A11 tem câmera tripla, bateria de 4.000 mAh e suporte a carregamento rápido, além de contar com leitor de digitais em sua traseira. Ele segue a tendência dos aparelhos lançados em 2020 e conta com visual bem moderno, principalmente na sua parte frontal cuja tela tem bordas bem finas.

Confira mais detalhes do Samsung Galaxy A11 a seguir.

Vá direto para:

Samsung Galaxy A11: ficha técnica, preço e avaliação - Mobizoo

O design do Galaxy A11 é parecido com o dos outros celulares básicos lançados pela Samsung. Seu acabamento é todo feito em plástico, com pinturas lisas e sem nenhum detalhe. As câmeras traseiras estão alocadas na vertical e, logo ao centro, temos o sensor de digitais.

Na parte frontal, o aparelho possui bom aproveitamento de tela, com bordas bem finas e câmera de selfies colocada em um pequeno furo.

Por falar em tela, a do Galaxy A11 é de 6,4 polegadas e, como já é de se esperar, traz a tecnologia PLS TFT com resolução HD+.

Esse painel é mais barato para se produzir, por isso está presente em muitos modelos cujo objetivo é ter preço mais baixo. A qualidade das cores não é das melhores, e ele sofre um pouco por não ter brilho tão forte, mas no fim a qualidade de imagem acaba sendo boa, dentro das limitações técnicas.

O modelo do processador usado no modelo brasileiro não foi revelado pela empresa, mas lá fora é Snapdragon 450, que deve ser suficiente para as tarefas mais usuais como navegação na internet, uso de redes sociais e aplicativos mensageiros. O Galaxy A11 possui 3 GB de memória RAM e armazenamento interno de 64 GB, que pode ser expandido via cartão micro SD.

Esse aparelho oferece conjunto triplo de câmeras ao usuário, cujo sensor principal tem 13 MP e recurso de foco automático. Além disso, ele também conta com lente ultrawide, para aquelas fotos com ângulo mais aberto, e sensor para efeito de profundidade. As câmeras não são excelentes, mas em boa iluminação o aparelho deve conseguir entregar boas fotos, assim como acontece com outros intermediários mais básicos da empresa.

Para fechar, o modelo possui bateria de 4.000 mAh, capacidade que é suficiente para durar pelo menos um dia completo sem muitos problemas. Além disso, ele também tem suporte a carregadores turbo de até 15W, o que garante menos tempo na tomada na hora de carregar. Esse aparelho já chega com Android 10 de fábrica e está disponível em três cores: azul, preto ou vermelho.

Ficha técnica

  • Modelo: SM-A115MZBGZTO;
  • Android 10 com One UI 2;
  • Tela PLS TFT 6,4 polegadas HD+ (720 x 1520);
  • Chipset Snapdragon 450 octa-core 1,8 GHz;
  • GPU Adreno 506;
  • 3 GB de memória RAM;
  • 64 GB de armazenamento interno, expansível com micro SDXC;
  • Câmera traseira tripla:
    13 MP wide f/1.8 com foco automático;
    5 MP ultra-wide f/2.2;
    2 MP sensor de profundidade f/2.4;
  • Câmera frontal de 8 MP f/2.2;
  • Gravação de vídeo Full HD a 30 fps;
  • Bluetooth 4.2;
  • A-GPS, Glonass, Galileo e BDS;
  • Leitor de digitais na parte traseira;
  • USB tipo C;
  • Sensores: acelerômetro, proximidade;
  • Bateria de 4.000 mAh com carregamento turbo de 15W.
Samsung Galaxy A11: ficha técnica e design

Avaliação

Prós

  • Tem conjunto triplo de câmeras;
  • Boa capacidade de bateria;
  • Tem suporte a carregamento turbo.

Contras

  • Pouca quantidade de memória interna;
  • Tela poderia ser de tecnologia IPS.

Pontuação no Antutu

Samsung Galaxy A11: pontuação no Antutu

Preço

O Samsung Galaxy A11 foi lançado por R$ 1.699, mas já pode ser encontrado no varejo eletrônico por até R$ 1.279, valor que é justo por tudo que o celular oferece, principalmente considerando o aumento nos preços dos eletrônicos que a crise está causando.

Se você está buscando por um intermediário de entrada para uso mais básico, esse modelo vai atender bem suas necessidades.

No entanto, se você adicionar pouco mais de R$ 100 no seu orçamento, pode estar adquirindo o Galaxy A30s, que tem processador mais potente, armazenamento interno maior, câmeras melhores e tela com tecnologia Super AMOLED! Então se o seu orçamento pode dar uma leve “esticada”, recomendamos que dê olhada uma neste aparelho.

O que você achou do novo Samsung Galaxy A11? Conte aí nos comentários!

Mais sobre: Samsung