Galaxy A51: ficha técnica atraente, preço nem tanto

O Galaxy A51 chegou ao mercado brasileiro adiantando algumas novidades dos Galaxy S11/S20 – como o desenho da câmera traseira estilo cooktop e a posição do “buraquinho” das selfies –, e também a melhora de alguns itens da ficha técnica em relação ao seu antecessor.

Não há nada muito incrível no aparelho para justificar o upgrade se você tiver um A50, mas as novidades podem ser interessantes para quem sai de um aparelho mais antigo.

Vá direto para:

Galaxy A51: ficha técnica, preço e avaliação - Mobizoo

Em termos de design temos um corpinho bem parecido com o da versão anterior, trazendo plástico escalafobético na traseira e vidro Gorilla Glass na frontal.

O tamanho e o peso são mais ou menos os mesmos do A50, mas a tela cresceu 0.1 polegadas, pulando de 6.4 para 6.5.

Mas sem dúvida o grande diferencial entre os modelos 2019 e 2020 fica nas câmeras. A traseira ganha mais uma lente (macro), e se transforma num autêntico Cooktop – que pelo visto vai ser tendência esse ano -, e a frontal abandona o notch em gota para se apresentar, toda orgulhosa, num buraquinho bem no meio do topo da tela.

O chip Exynos do modelo é uma versão atualizada do anterior sem grandes melhorias, mas pelo menos o A51 ganhou NFC, coisa que no ano passado ficou restrita ao A70.

Ficha técnica

  • Android 10 com a interface Samsung One UI 2.0;
  • 4G Dual Chip (2 nano SIM + Slot MicroSD);
  • Tela Super AMOLED Full HD+ de 6,5 polegadas (2400 x 1080 px);
  • Display infinito com Função Always-On Display e proteção Corning Gorilla Glass 3;
  • Processador Samsung Exynos 7 Octa 9611 (10nm), octa core de 2.3 GHz;
  • GPU Mali-G72 MP3;
  • 4 GB de RAM;
  • 128 GB de armazenamento interno expansível via cartão Micro SD de até 512 GB;
  • Câmera traseira:
    48 MP f/2.0;
    12 MP f/2.2 ultra wide;
    5 MP f/2.4 macro;
    5 MP f/2.2 (sensor de profundidade);
  • Gravação de vídeo da câmera traseira: 2160p@30fps, 1080p@30fps com estabilização eletrônica;
  • Câmera frontal 32 MP, f/2.2, HDR;
  • Gravação de vídeo da câmera frontal: 1080p@30fps;
  • Leitor de impressão digital sob a tela;
  • TV Digital HD;
  • GPS, Glonass, Beidou, Galileo;
  • Sensores: acelerômetro, luz ambiente, proximidade, giroscópio, bússola e sensor HALL;
  • Rádio FM;
  • NFC;
  • USB Type-C Host (OTG);
  • Bluetooth 5;
  • Bateria de 4000 mAh com carregamento rápido (15w).
Design do Samsung Galaxy A51

Avaliação

Prós

  • O conjunto de câmeras recebeu bons upgrades;
  • Agora possui NFC, ausente na geração anterior;
  • O processamento geral melhorou consideravelmente.

Contras

  • A bateria manteve o mesmo tamanho da geração anterior;
  • O desempenho com games deve permanecer igual ao da geração anterior, já que a GPU é a mesma.
Galaxy A51 vs Galaxy A50

Preço

O Galaxy A51 foi lançado por R$ 2.199, ou seja, 200 reais mais caro que os R$ 1.999 iniciais do A50.

Mas… como sempre acontece com os smartphones da Samsung, esse preço deve cair bem rapidinho para a faixa dos R$ 1.500, que é mais justo para o modelo, especialmente se você levar em consideração os valores dos modelos equivalentes da concorrência.

Sendo assim, a regra de ouro dos smartphones permanece: não compre no lançamento!

O Galaxy A50 foi um dos lançamentos Samsung mais bem-sucedidos de 2019, será que o A51 vai repetir a dose em 2020?

Conte aí nos comentários o que você achou!

Mais sobre: samsung

Apoie o conteúdo que você ama!

Desative o seu bloqueador de anúncios e nos ajude a manter o site :)