Reviews

Samsung Galaxy J1 Mini: uma bela forma de jogar dinheiro fora

Você se lembra da linha Galaxy Pocket?! Pois é, o Samsung Galaxy J1 Mini chegou ao mercado para ocupar a vaga de celular mais barato da marca, deixada pelo finado Galaxy Pocket. Só que tem um problema: ele é caro demais pelo que oferece.

É verdade que o modelo oferece boas melhorias em relação à seu antecessor, como a tela maior, design atualizado, mais armazenamento interno e Android 5.1. Mas será que elas são suficientes para justificar a compra em pleno 2017?

Bom, já já falaremos sobre isso, mas antes vamos conhecer as especificações do modelo:

Especificações

  • Modelo SM-J105B/DL;
  • Processador Quad Core de 1.2 GHz;
  • GPU Mali 400MP;
  • 1 GB de RAM;
  • Tela TFT de 4 polegadas (800 x 480 px);
  • Android 5.1;
  • 3G Dual Chip (2 micro sim);
  • 8 GB de memória interna + entrada para microSD até 128 GB;
  • Câmera traseira de 5 MP (foco fixo);
  • Câmera frontal VGA;
  • Gravação de vídeo HD;
  • Bluetooth 4.0;
  • Rádio FM;
  • Bateria de 1500 mAh.

Pelas especificações acima, fica claro que trata-se de um smartphone simples, feito apenas para pessoas que procuram um aparelho para funções básicas, como: fazer ligações, navegar na Internet, conversar no Whatsapp, e rolar a timeline do Facebook. Não dá para ir muito além disso.

O grande problema é que, pelo valor cobrado por ele em algumas lojas (especialmente nas físicas), existem outras opções com melhores recursos, qualidade de tela e de câmera, como é o caso do Lenovo Vibe B.

Além disso, ainda é possível encontrar por aí um concorrente bastante superior dentro da própria marca: o Galaxy J2 – que entre outros destaques, traz uma bela tela AMOLED e TV Digital.

De qualquer maneira, no vídeo abaixo é possível ver o Samsung Galaxy J1 Mini está pronto para atender às suas necessidades, confira:

Vale à pena?

Com preço variando entre R$ 400 e R$ 500 tanto no varejo online, quanto em lojas físicas, o Galaxy J1 Mini se coloca entre concorrentes que facilmente o vencem no quesito custo-benefício.

Outros aparelhos de entrada, como o Lenovo Vibe B e LG K4 superam o J1 Mini em quase tudo, custando o mesmo valor.

E como se não bastasse esse fato, o J1 Mini ainda possui sérios problemas – relatados por usuários aqui mesmo, nos comentários do site, em grupos da Internet, e até no ReclameAqui – como:

  • falta do sensor de proximidade – que serve para desligar a tela durante uma ligação;
  • câmera com foco fixo – que limita ainda mais suas chances de conseguir uma boa foto com o aparelho;
  • lentidão e travamentos por toda parte;
  • bateria que descarrega muito rápido – sério, é muito rápido mesmo!

Assim, se você está procurando um celular basicão e baratinho, nossa recomendação é: veja as opções que citei acima, ou importe um bom modelo da China, como este aqui.

E você, o que acha do Samsung Galaxy J1 Mini? Compartilhe conosco nos comentários!