3 celulares bons e baratos para comprar em 2018

Achou que smartphone bacana só dá pra pegar com mais de mil reais? Achou errado, otário! E para provar, elaborei uma lista com 3 celulares bons e baratos para comprar em 2018, todos custando abaixo dos R$ 600!

São modelos que não ganham nenhuma atenção da mídia, mas são verdadeiros campeões do custo-benefício, oferecendo ficha técnica e design bem acima da média em sua faixa de preço.

3 celulares bons e baratos para comprar em 2018 - Review / Mobizoo

Quer celulares bons e baratos? Então abra sua mente!

Se você está procurando celulares bons e baratos em lojas físicas, já começou errado. As lojas online sempre oferecem preços melhores, além de muito mais opções de modelos e marcas.

É possível encontrar modelos nacionais e importados à venda no Brasil, tanto em grandes Market Places como o da Amazon, Americanas e Walmart, quanto em lojas chinesas, como a GearBest, Banggood e Tomtop.

Com um pouco de paciência e muita pesquisa é possível comprar um puta smartphone gastando o mesmo que você gastaria comprando um basicão bem limitado, mas para facilitar a sua vida, eu já vou te dar tudo mastigado. Se liga:

Alcatel Idol 4

O Idol 4 foi o último grande intermediário premium lançado pela Alcatel no Brasil, e infelizmente, mesmo com o pacote impressionante de recursos, ele não fez muito sucesso. O bom disso tudo: o preço dele caiu pra caramba, e agora ele pode ser comprado por até R$ 500 em algumas promoções do varejo online.

Ou seja, com o valor de um celular básico, você leva um intermediário com tela Full HD (5.2 polegadas), chipset Snapdragon com 3 GB de RAM, alto falantes estéreo e acabamento em metal e vidro. Isso sem contar os acessórios que vêm com ele de fábrica!

Como se não bastassem os excelentes fones de ouvido JBL que acompanham o modelo, o Idol 3 ainda traz em sua caixa óculos VR de primeiríssima qualidade, além de um cartão micro SD de 32 GB.

Celulares bons e baratos para comprar em 2018: Alcatel Idol 4
Alcatel Idol 4: com R$ 500 reais você leva smartphone premium, óculos VR, fones de ouvido JBL e micro SD de 32 GB.

COMPRAR

Xiaomi Redmi 5A

Mudando para os celulares importados, temos o mais recente modelo básico da marca chinesa mais popular no Brasil, a Xiaomi.

Custando por volta de R$ 500, o Redmi 5A possui tela HD de excelente qualidade (5 polegadas), câmeras com desempenho satisfatório para a faixa de preço, chipset Snapdragon 425, 2 GB de RAM e 16 GB de armazenamento, além do acabamento em metal e vidro Gorilla Glass.

Compacto, leve e com ótima pegada, o modelo apresenta desempenho muito bom tanto para tarefas do dia-a-dia quanto para games, e sua bateria dura mais de 1 dia com uso moderado.

Celulares bons e baratos para comprar em 2018: Xiaomi Redmi 5A

Para você ter uma idea, o Redmi 5A chega a marcar mais de 36.000 pontos no teste do Antutu, resultado muito superior ao dos concorrentes nacionais de mesmo preço, Galaxy J2 Prime, Moto C Plus e LG X Power.

COMPRAR

Experiência pessoal: durante o tempo que passei testando o Redmi 5A, deixei o aparelho cair no chão (de alturas variadas) mais de quatro vezes, e surpreendentemente ele não trincou. Então, essa é minha dica: quer uma aparelho resistente? Vai de Redmi 5A.

Meizu M5C

Em termos de desempenho e design, a marca chinesa Meizu possui aparelhos tão bons quanto os da Xiaomi, mas com uma grande vantagem para o público brasileiro: a empresa possui  representação oficial no Brasil, a Vi, que oferece garantia e assistência técnica em território nacional.

O modelo mais básico disponível na loja oficial da Vi é o Meizu M5C, que custa apenas R$ 399, inclusive parcelado sem juros.

Celulares bons e baratos para comprar em 2018: Meizu M5C

A proposta do modelo é bem parecida com a do concorrente Xiaomi Redmi 5A (inclusive a ficha técnica é quase idêntica), porém com vantagem no desempenho fotográfico.

Apesar de ter menos megapixels (8 MP contra 13 MP do Redmi), a câmera traseira do Meizu M5C conta com abertura superior (f/2.0 contra f/2.2 do Redmi – menor é melhor), o que garante melhores resultados em ambientes menos iluminados.

A câmera frontal também se sobressai, trazendo algorítimo de pós-processamento ArcSoft, capaz de melhorar consideravelmente as selfies capturadas.

COMPRAR

Agora é com você! Qual desses celulares bons e baratos será o seu escolhido? Ah, e conte suas justificativas nos comentários!

Mais sobre: alcatel meizu xiaomi