Velocidade da internet no Brasil aumenta, mas se mantém abaixo da média global

A velocidade da internet no Brasil aumentou. Vamos comemorar, finalmente? Infelizmente, não. Nos últimos 12 meses foi registrado um aumento de 30% na velocidade da internet mundial. O Brasil até acompanhou o fato, mas acabou se mantendo abaixo da média global.

Segundo registro da Speedtest, a média de velocidade das conexões móveis registrou 20,28 Mb/s (30,1% mais rápido que o registrado em 2016). Já as conexões por banda larga fixa subiram para a média de 40,11 Mb/s (um aumento de 31,6%).

Veja também: Só precisa de net em casa? Veja como fugir dos combos

Velocidade da Internet no Brasil - Mobizoo

Algumas nações se destacaram, como é o caso da Índia e da China. Os registros apontaram melhorias na banda larga fixa de 76,9% e 42,4%, respectivamente. Porto Rico, após ser devastado pelo Furacão Maria, registrou, compreensivelmente, o pior desempenho em internet móvel, uma queda de 39,8%.

Velocidade da internet no Brasil: aumento bom, mas nem tanto assim

Economia emergente, investimento em telecomunicações e número de usuários conectados que só aumentam. O Brasil, segundo dados divulgados mensalmente pela Speedtest, mantém-se numa singela (e vergonhosa) 71ª colocação em velocidade de internet.

Os registros mostram que o país está alocado em um grupo que pode ser definido como “bom, mas nada demais”. O Brasil até registrou aumento, mas nada digno de comemorar.

De acordo com o informativo da Speedtest, a velocidade da internet no Brasil subiu em comparação com 12 meses atrás. A internet móvel, por exemplo, alcançou números, de certa forma, interessantes. Com destaque para uma velocidade média de download batendo 16,25 Mb/s (e upload de 6,91 MB/s), aumento considerável de 27,6%. Os números mantém o país na 71ª posição na velocidade de internet móvel.

Gráfico de evolução da velocidade da Internet no Brasil - Mobizoo
Gráfico mostram evolução sutil da internet brasileira. (Via: Tecnoblog)

O que decepcionou verdadeiramente foram as taxas de banda larga fixa. O crescimento foi de apenas 18,5%, com velocidade média de download que ficou em lentos 17,8 Mb/s. Número bem abaixo da média encontrada em países populosos, como é o caso dos Estados Unidos (75 Mb/s) e China (61,24 Mb/s).

Há 12 meses, nosso país tropical abençoado por Deus e bonito por natureza estava na 70ª posição. Hoje, o país está na 79ª. Mas que beleza, né?

Mas tudo bem, em fevereiro tem carnaval.

Ranking completo e avaliação da internet fixa e móvel no Brasil

A velocidade da internet no Brasil ainda sofre duras críticas. Evoluindo a passos curtos, o país não demonstra reação em melhorar sua posição no ranking nos próximos meses. Para se ter como exemplo, a OpenSignal (que divulga avaliações periódicas da internet móvel nos países) teve sua metodologia questionada pelas operadoras brasileiras.

Esse questionamento só mostra como as empresas costumam dar pouco ouvidos às pesquisas de avaliação. Enquanto as orelhas estiverem tapadas para as críticas, a evolução continuará sendo pouco sentida.

Velocidade da Internet no Brasil - Mobizoo
Índice mostra velocidade da internet móvel no mundo, mas é contestado pelas empresas brasileiras. (Via: Tecnoblog)

De qualquer forma, é interessante avaliar como a média nacional de velocidade da internet esconde muita coisa. Poucas cidades no Brasil apresentam muitas ofertas de internet com velocidade entre 500 Mb/s e 1 Gb/s. Enquanto muitas cidades têm poucas ofertas contando com apenas conexões lentas e caras.

A internet no país, assim, continua, em muitos municípios, muito lenta e muito cara.

Mais sobre: redes