Película de vidro: vantagens e desvantagens

A película de vidro é um acessório muito popular que protege a tela do smartphone contra arranhões e quedas sem interferir no funcionamento ou na estética do dispositivo, mas é preciso conhecer bem suas limitações antes da aplicação.

Neste artigo vamos conhecer as vantagens e desvantagens do uso deste tipo de película, bem como as alternativas disponíveis para casos específicos, como os aparelhos com tela curva. Dá uma conferida!

Por que proteger a tela do celular?

Atualmente a grande preocupação de quem compra um smartphone novo é o risco de danificar sua tela. Afinal, ela chega a custar 60% do valor total do gadget, e concentra todo o controle das funções do dispositivo.

Uma tela trincada atrapalha a visibilidade e incomoda no deslizar dos dedos, e na hora da revenda irá desvalorizar muito o seu aparelho, tornando mais difícil a compra de um novo.

O vidro Gorilla Glass, presente em muitos smartphones, é sim muito resistente aos arranhões, mas ele não é indestrutível.

Objetos de metal, plástico e madeira são incapazes de arranhar o Gorilla Glass, porém objetos de dureza superior como areia, lentes de óculos e diamantes (você tem um?), podem causar belos estragos.

Por isso, não importa se o seu celular tem ou não o vidro Gorilla Glass. No final das contas, nenhuma tela é 100% à prova de tudo, vide a ShatterShield da Motorola, que não trinca, mas arranha que é uma beleza!

Vantagens da película de vidro

Feita com vidro temperado que passa por um tratamento térmico que lhe confere maior dureza e resistência mecânica, a película de vidro oferece algumas vantagens sobre a película comum de plástico, entre elas:

1. Ela dá a vida pelo seu smartphone

Na maioria dos acidentes (quedas ou colisões) é a película de vidro que trinca ou estilhaça, mantendo o vidro da tela do seu aparelho intacto. Como é ela quem absorve a maior parte do impacto, são grandes as chances da sua tela sair ilesa daquele tombo assustador.

Quando isso acontecer, troque imediatamente a película quebrada por uma nova, pois a película danificada não oferece mais nenhuma proteção contra quedas, e ainda pode danificar a tela do seu dispositivo com o atrito dos cacos.

Depois que tudo estiver resolvido, é importante continuar tendo cuidado (ou usar uma capa), pois boas películas de vidro são caras (de 50 à 100 reais) e você não vai querer ficar comprando uma toda hora.

Desvantagens da película de vidro

Após diversos testes e análises, observamos algumas desvantagens e/ou limitações da película de vidro. São elas:

1. A sensibilidade ao toque pode diminuir

Alguns celulares perdem boa parte da sensibilidade touch screen quando recebem uma película de vidro. Há casos em que a tela do aparelho chega a parar de responder, sendo necessário a retirada da película.

Isso acontece porque alguns aparelhos possuem painéis touch que já são naturalmente problemáticos. E se tornam ainda menos sensíveis quando uma película deste tipo é utilizada. O sensor, que já não era dos melhores, passa a funcionar ainda pior quando a película de vidro acrescenta alguns milímetros de distância aos toques.

Além disso, existem casos em que a película de vidro “atrapalhou” o sensor de proximidade da câmera frontal e outros recursos, como chamadas ou o áudio de aplicativos.

Para facilitar sua vida, no final deste artigo eu coloquei uma lista dos celulares que não se dão bem com película de vidro. Vale a pena conferir!

2. A película de vidro possui pontos fracos

A areia é feita, basicamente, de dióxido de silício, que é o mesmo material utilizado na fabricação do vidro. Portanto, a areia é capaz de arranhar a tela do celular, mesmo que seu vidro seja o Gorilla Glass. E como a constituição da película de vidro é a mesma que qualquer outro vidro, ela também é vulnerável à areia.

A película de vidro também pode quebrar em caso de impacto forte. Seja ele resultado de uma queda ou da colisão com outro objeto. Então, nem pense em dar uma martelada no seu celular, como você já deve ter visto em algumas propagandas de película por aí.

E lembre-se sempre: qualquer vidro é sempre muito vulnerável nas quinas.

3. O relevo pode atrapalhar

Uma das principais desvantagens da película de vidro é que ela é bem mais grossa do que outras películas. Isso afeta o visual dos aparelhos, e provoca o “afundamento” do botão Início/Home presente em alguns modelos. O problema fica ainda mais irritante para quem possui dedos grossos.

O asfalto é a película de vidro, e o bueiro é o seu botão Home. Sacou?
O asfalto é a película de vidro, e o bueiro é o seu botão Home. Sacou?

4. Nem toda película de vidro é boa

Essa é uma regra que vale para tudo na vida: qualquer tipo de produto pode dar dor de cabeça se você quiser economizar demais e deixar de lado a qualidade. Por isso, quando for comprar uma película de vidro para seu celular, busque boas marcas.

Não tem erro: as que realmente cumprem o que prometem são bem avaliadas por outros consumidores. Além de custarem um pouquinho a mais do que as vendidas no camelô ou no trem.

As películas ruins, normalmente, possuem péssimo acabamento (arestas mal cortadas), são grossas demais, engorduram com facilidade e até arranham com qualquer coisa. Algumas, de tão ruins, possuem os cortes para os sensores e câmera nos lugares errados, provocando o mal funcionamento desses recursos no aparelho.

Celulares com vidro curvo

Os vidros 3D ou 2.5D de alguns smartphones possuem arestas curvas que ajudam a desviar boa parte do impacto de uma queda para o chassi do dispositivo, mas ainda assim estão longe de serem indestrutíveis.

Gorilla Glass 2.5D: cantos curvos deixam o vidro mais bonito, e também mais resistente à quedas.
Gorilla Glass 2.5D: cantos curvos deixam o vidro mais bonito, e também mais resistente à quedas.

Obviamente as películas de vidro não se dão muito bem com os cantos arredondados destes tipos de tela, deixando as bordas do painel expostas ao acúmulo de sujeira, e o pior; totalmente vulneráveis em uma queda.

Por isso, nesses casos o mais indicado é utilizar películas de materiais flexíveis como o gel e o silicone.

Películas de silicone/gel

Para se adaptar melhor à curvatura das bordas dos displays atuais, muita gente está optando pelas películas de silicone ou gel. Estas películas prometem maior absorção de impacto, além de maior maleabilidade e menor espessura.

De acordo com os testes, a única vantagem real da película de gel sobre a de vidro (além da estética) é sua maior durabilidade, já que ela não trinca ou quebra.

O único porém: com o tempo de uso ela vai ficando bastante desgastada, já que o atrito com outros objetos pode arranhar sua superfície.

Lista de celulares onde a película de vidro atrapalha o toque

  • Samsung Galaxy J7 Pro;
  • Samsung Galaxy J7 Prime;
  • Motorola Moto X Play;
  • Motorola Moto G4;
  • LG G4;
  • LG K10.

Se você tiver algum aparelho que apresenta falhas no touch quando está com película, mas não está na lista, coloque aí nos comentários que nos vamos incluí-lo.

Mais sobre: manutenção