Duelo de Chineses: Xiaomi Mi5 ou LeEco Le Max 2, quem tem a melhor câmera?

Uma das maiores dúvidas que surgem na hora de comprar um celular importado é a qualidade da câmera fotográfica, e para piorar, existem poucas fontes de pesquisa em português sobre o assunto. Por isso, hoje eu trago dois smartphones chineses muito populares para um comparativo de câmeras: Xiaomi Mi5 ou LeEco Le Max 2, quem será que vence esse duelo?

Entre os chineses até R$ 850 (+ impostos), estes dois concorrentes dão um show de desempenho. Ambos já passaram por aqui em artigos sobre  suas especificações, mas desta vez o foco é na qualidade fotográfica dos modelos. Acompanhe.

Xiaomi Mi5 vs LeEco Le Max 2

Especificações das câmeras

Antes de começar a mostrar as diferenças de qualidade, vou lhe refrescar a memória e mostrar as especificações técnicas que cada aparelho usa em seus sensores fotográficos:

No Xiaomi Mi5 temos um sensor Sony IMX 298 de 16 MP com PDAF (Autofoco por Detecção de Fase), 4-axis OIS (Estabilização ótica de imagem com 4 eixos), abertura de f/2.0, LED flash dual tone e o tamanho do sensor é de 1/2.8 polegadas.

Para a câmera frontal, ele usa um sensor de 4 MP UltraPixel com o tamanho de 1/3 polegadas, capaz de gravar vídeos 4K a 30fps.

Já o LeEco Le Max 2 ostenta em sua traseira o sensor Sony IMX 230 de a 21 MP com PDAF (Autofoco por Detecção de Fase), OIS (Estabilização ótica da imagem), abertura de f/2.0, LED flash dual tone e o tamanho do sensor é de 1/2.4 polegadas.

Para a câmera frontal, ele usa um sensor de 8 MP, capaz de gravar vídeos 4K a 30fps.

Resumindo: em números as câmeras traseira e frontal do Le Max 2 possuem mais megapixels, porém as do Mi5 possuem sensores de maior sensibilidade.

Interface das câmeras

É seguro falar que o iOS da Apple inspirou muitos fabricantes chineses com sua interface de câmera, e no LeEco Le Max 2 não é diferente.

A UI (user interface) da câmera é simples, e você pode deslizar pelos diferentes modos – Foto, Panorâmica, Vídeo e Slow-motion, existem também Filtros ao vivo. Se deslizar do fundo para cima revela uma barra com modos avançados como HDR, Night shot, Square, Beleza ou Cenas.

Já na UI da câmera do Xiaomi Mi5 temos o padrão encontrado em todos os aparelhos da marca. Em seu painel de captura há apenas o disparador, o flash, e as chaves para a filmadora e a câmera frontal.

Ao deslizar o dedo para baixo na tela você pode escolher 12 filtros com pré-visualizações ao vivo, e ao deslizar para cima aparecem os modos Panorama, Virtual Horizon, Embelezamento, Timer, Tilt Shift, Fisheye e o modo Manual.

Como visto, aparentemente a interface da câmera do Xiaomi Mi5 é mais simples de usar e possui o modo Manual que lhe permite tirar fotos com maior qualidade (isso depende também de quem tira a foto, né!?).

Obviamente interface boa não significa ter a melhor câmera, por isso vamos ver agora algumas fotos tiradas com os aparelhos. Vamos começar com as câmeras traseiras.

Câmera traseira

Mi5:

Foto capturada pelo Xiaomi Mi5

LeEco Le Max 2:

Foto capturada pelo LeEco Le Max 2

Mi5:

Foto capturada pelo Xiaomi Mi5

LeEco Le Max 2:

Foto capturada pelo LeEco Le Max 2

Mi5:

LeEco Le Max 2:

Câmera frontal

Nas selfies o Mi5 mostra claramente sua superioridade, mesmo tendo menos megapixels que seu oponente.

A fotos com a câmera frontal do aparelho Xiaomi possuem muito mais detalhes que as do LeEco, que aliás exagera um bocado no pós-processamento. Veja:

Mi5:

LeEco Le Max 2:

Quem vence a batalha, Xiaomi Mi5 ou LeEco Le Max 2?

Como você pôde conferir, ambos usam bons sensores da Sony, porém nosso veredito vai para o conjunto do Mi5.

O dispositivo da Xiaomi possui interface mais simples de usar para quem é leigo, e ao mesmo tempo agrada a galera mais “profissa” com seu Modo Manual. Além disso, as fotos geradas pelo aparelho apresentam mais detalhes, melhor fidelidade nas cores e menos ruído em cenas mais escuras.

E você, o que achou dos resultados? Deixe suas opiniões aí embaixo nos comentários!

Crédito das imagens: GSMArena.

Mais sobre: leEco xiaomi