Como instalar o google camera no seu celular

O Google não era famoso por fazer fotografias incríveis nos smartphones, pelo menos até o lançamento dos Nexus 5X e o Nexus 6P, quando houve um grande salto de qualidade. De lá para cá, o Google Camera tornou-se referência para as outras fabricantes, e boa parte desse sucesso se deve aos recursos de software e inteligência artificial embarcados no aplicativo nativo.

O sucesso é tanto, que o app antes disponível somente para os dispositivos “puro sangue” Nexus e Pixel, vem sendo portado para dezenas de aparelhos de outras marcas. E nos grupos especializados não se fala de outra coisa.

Mas será que o aplicativo Google Camera é realmente tão milagroso, que pode até salvar fotos feitas com telefones mais simples? É o que vamos descobrir a seguir.

Câmera do Google - Aplicativos / Mobizoo

Google Camera: um breve histórico

É bem verdade que o Nexus 6 já foi elogiado pela melhora em relação aos antecessores, mas foi em 2015 que o Google conseguiu ficar em pé de igualdade com a concorrência: LG, Samsung e Apple.

Mas, foi em 2016 que tivemos a grande virada da empresa: demos adeus aos Nexus (infelizmente) e fomos apresentados à novíssima linha Pixel, que agora eram totalmente assinados pelo Google (mesmo que fabricados pela HTC). Mas, o que ganhou destaque mesmo foram as câmeras.

O ano tinha tudo para ser  da Samsung no quesito câmeras. A linha S possuía câmeras incríveis e pareciam imbatíveis, mas o Google conseguiu lançar o melhor software, e roubou a cena no final do ano.

A DxOMark, uma importante plataforma de avaliação de câmeras, deu a inédita nota 89 para o Pixel, elogiando a qualidade das fotos e, principalmente, dos vídeos. Mesmo não contendo estabilização ótica, os vídeos não eram tremidos e mostrou que era possível se investir em câmeras com estabilização eletrônica.

Chegou 2017 e câmeras duplas viraram moda, bem como o design borderless. Tudo bem que a Samsung não apostou na inovação de câmeras na linha S, e foi para o caminho mais seguro, mantendo o mesmo sensor do S7, com melhorias pontuais. Mas, a Samsung não conseguiu superar a primeira geração do Pixel, recebendo a nota 88, o que decepcionou muita gente.

O Google, já no evento de lançamento, anunciou que a dupla Pixel 2 e Pixel 2 XL possuíam câmeras iguais (para alfinetar a Apple) e as melhores do mercado, anunciado a incrível nota 98 para as câmeras dos celulares. Mas, desta vez, a empresa resolveu embutir tecnologia de inteligência artificial na câmera, mesmo que ela só fosse ser ativada no Android 8.1.

Mas, porque o Google Camera é tão bom?

A magia do HDR+

O Google não inventou nenhuma lente especial. A proeza foi criar um excelente software. Mesmo sendo minimalista, não tendo modo manual nem as 500 funções que podemos ver nos apps de câmera coreanos, as fotos saem mais bonitas, com cores melhores e alcance dinâmico superior.

Simplificando o processo, o que a câmera faz é tirar uma série de fotos extremamente rápido, comparar todas elas, selecionar as melhores partes de cada imagem e criar um mosaico, juntando tudo.

Com a chegada do Android Oreo, o app incorporou HDR+ aprimorado, que utiliza machine learning para melhorar ainda mais a qualidade da fotografia. O interessante é que o software se auto aperfeiçoa, então é esperado que cada vez mais as fotos fiquem mais bonitas.

A foto da esquerda foi tirada com o criticado Essential Phone, a da direita com um Nexus com Câmera do Google. Fonte: Android Police.

É exclusivo do Google?

Por um tempo, toda essa maravilha de tecnologia permaneceu exclusiva aos celulares do Google, uma vez que os Nexus não foram esquecidos e também receberam o HDR+ com a atualização para o Nougat.

Porém, os desenvolvedores nunca permitem que apps bons fiquem exclusivos por muito tempo e rapidamente disponibilizaram as primeiras builds da câmera do Google para todos os smartphones.

Infelizmente, se você não tiver um celular da Google, você não vai poder instalar o aplicativo via Play Store. Terá que baixar o arquivo via .apk (Android package) de forma paralela. Deve-se ter muito cuidado ao fazer isso, pois não há proteções contra vírus e aplicativos maliciosos. Mas, recomendo o Apkmirror.

Então, qualquer um com celular que esteja no Android 7.1 ou superior pode baixar e experimentar aumentos expressivos na qualidade da foto, mas devemos considerar alguns pontos…

Cuidado com as versões!

O Google atualiza as versões do seu aplicativo de câmera de acordo com a própria versão do Android. Então, para quem está no Android Nougat, deve instalar a versão 4 da Câmera do Google, enquanto que a versão 5 é destinada ao Oreo, sendo compatível com 8.0, mas direcionada para o 8.1.

No entanto, quem fizer download dos apks do Apkmirror, não vai contar com o HDR+. Apesar de a qualidade das fotos geralmente melhorar, o aplicativo não é compatível com câmeras duplas. Então, fotos wide não serão possíveis e sensores monocromáticos serão “ignorados” pelo aplicativo.

Os desenvolvedores conseguiram portar o HDR+ para dispositivos top de linha que contem com os Snapdragons 820, 821 e 835. Mas, apenas a versão para Nougat é estável (funciona no Oreo também). Celulares da Samsung também são compatíveis, mas o desenvolvimento é mais lento e conta com uma versão instável ainda.

Apesar de não ter colocado um sensor duplo, o Google implementou Modo Retrato (não estou puxando sardinha para a Apple, o Google pôs o mesmo nome), a foto em Movimento (gera um vídeo da captura que pode ser adicionado à foto), mas que só funcionam na versão 5 do aplicativo. Porém, como ainda está em estágios iniciais de desenvolvimento, apresenta muitas falhas e instabilidades. É muito mais recomendável usar a versão 4 mesmo.

Como instalar o Google Camera no Galaxy S8

Baixe e instale no seu Galaxy S8 o apk disponível neste link: https://goo.gl/58iExE (Versão Exynos). E depois configure o aplicativo exatamente como é mostrado a seguir:

Em B-S-G mod settings deixe:

  • HDR+ front camera (ligado);
  • HDR+ front camera fix (ligado);
  • HDR+ on front cam working on V3 (desligado);
  • Model: Pixel XL Marlin+Taimen;
  • Config camera HDR+: Nexus 6 HDR+ Auto;
  • HDR+ parameters: Default;
  • Fix black level front camera: 0.00;
  • Portrait Mode on all models: (ligado).

Em Developer settings deixe:

  • Camera.faceboxes (ligado);
  • Camera.af.debug.show (desligado).

Lembrando que toda vez que fizer alguma modificação, terá que fechar o aplicativo e reabrir.

OBS.: O modo retrato (também conhecido como efeito fundo desfocado) só funcionará em rostos humanos. Objetos e animais não serão reconhecidos.

Vale a pena?

Graças à inteligência artificial e ao machine learning, o aplicativo Google Camera é capaz de verdadeiros milagres, e para quem não pode (ou não quer) gastar uma grana forte num smartphone Pixel, baixar o apk de forma alternativa e instalar em seu aparelho pode ser uma excelente opção.

Muitas vezes você pode achar que a câmera nativa do seu celular é ruim, mas na verdade o sensor é de qualidade. O que seu smartphone precisa, é de um “empurrãozinho” de software para obter resultados melhoresNo caso do aplicativo do Google, você vai ganhar uma poderosa ferramenta como HDR+, modo retrato e a facilidade de uso.

Eu recomendaria esse aplicativo principalmente para quem está no Android Nougat e possui celulares sem câmera dupla (por conta da estabilidade), e ainda mais para quem conseguir o apk compatível com HDR+ para o seu modelo. Neste caso os resultados são ainda mais surpreendentes.

Ah, um comentário importante é que o aplicativo não vai substituir o aplicativo de câmera nativa do seu telefone. Você vai poder comparar os resultados e brincar bastante com seu celular! E você? Arriscaria baixar e instalar a câmera do Google para melhorar suas fotos? Já possui esse app no seu celular e gosta da qualidade das fotos? Conte para nós nos comentários!

Mais sobre:

google