Reviews

Smarts baratinhos da LG L35 e L40 parecem iguais, mas não são

Parece que as fabricantes coreanas gostam de confundir os consumidores. Tanto a Samsung quanto a LG lançam zilhões de modelos de smartphones Android com nomes que nada dizem sobre suas características e/ou categorias de preço.

Antigamente era um pouco mais fácil, pelo menos na LG: você tinha o L3 como o aparelho de entrada, o L5 como intermediário básico e o L7 como intermediário avançado. O top de linha era sempre o G.

Mas agora não: pra você ter ideia, só na categoria de entrada, temos o L20, o L30 Sporty, o L35 e o L40. Todos muito parecidos num primeiro olhar, mas cheio de pequenas diferenças que podem ser decisivas na hora da compra.

Meu objetivo nesse artigo é mostrar as diferenças existentes nos dois aparelhos mais vendidos da categoria; o L35 e o L40, aparelhos que costumam confundir compradores em busca de um Android dual chip baratinho e com TV digital. Vamos ver?

Preço

Os dois baratinhos da LG podem ser encontrados em algumas promoções de lojas online por até R$ 250. Mas por incrível que pareça, é muito fácil encontrar nas lojas o L35 mais caro que seu irmão, o que confunde demais a galera que acha que sempre o mais caro é o melhor.

comparativo

Design e Tela

O desenho dos dois aparelhos é absolutamente o mesmo. Com a moldura da tela sendo a única diferença entre os dois: no L40 é cromada, e no L35 é plástica.

As dimensões são quase idênticas, porém o L40 conta com tela maior (são 3,5 polegadas contra 3,2 do L35). Pode parecer uma diferença pequena em número, mas o ganho de espaço na prática é considerável.

Como ambos possuem telas de mesma resolução e a do L40 é maior em tamanho, o L35 acaba apresentando uma densidade de pixels um pouquinho melhor. Mas ainda sim eu ficaria com o maior espaço proporcionado pelo L40, já que visualmente a diferença de densidade é pouco perceptível.

O conforto no uso para quem tem mãos pequenas é um destaque nos dois dispositivos.

Hardware

Ambos possuem a combinação processador dual core de 1.2 GHz + 512 de RAM rodando num chipset Snapdragon, o que é mais que suficiente para rodar o Android 4.4 sem engasgos. Além disso, eles também contam com chip gráfico Adreno 302, capaz de rodar uma grande variedade de jogos com performance bastante satisfatória. Inclusive alguns 3D como Dead Trigger.

Mais uma vez, se o seu lance é jogar ou ver vídeos no aparelho, prefira o L40 e sua tela maior.

Recursos

Em se tratando de bateria, os dois fazem bonito ficando longe da tomada por mais de 30 horas com facilidade. Eles possuem TV digital e pacote padrão de conectividade com Rádio FM, entrada pra SD de até 32 GB Wi-fi e Bluetooth. Ambos vem com um fone de ouvido bem legalzinho e 4 GB de armazenamento interno.

Câmera

A câmera traseira dos aparelhos é a mesma basicona de 3 MP sem flash e com qualidade bem mais ou menos. Não espere milagres. Ah, e nenhum deles tem câmera frontal pra facilitar as selfies.

Conclusão

Como você viu são pequenos detalhes que fazem do L40 uma melhor compra. Só resta agora torcer para que as fabricantes parem de inventar tantos nomes e variações de modelos que só servem para dificultar a escolha, principalmente nesta categoria que é a porta de entrada para quem nunca usou um smartphone.