Reviews

Quem ganha esse duelo: Xiaomi Redmi 2 ou Samsung Galaxy J2?

Bem-vindo(a) a mais uma luta de smartphones no Mobizoo! De um lado, o estreante Xiaomi Redmi 2 e do outro, o Galaxy J2 da veterana Samsung.

São dois Androids com preço na casa dos 500 reais, porém com especificações bem acima da categoria dos smartphones de entrada. Cada um com seus prós e contras.

Se você está com dúvida em qual aparelho comprar, esse post é pra você! Acompanhe.

A fabricante chinesa Xiaomi (pronuncia-se “shaw-me”) desembarcou no Brasil há poucos meses, mas já chegou “metendo o pé na porta” apresentando um smartphone de excelente custo-benefício. Já a Samsung continua com sua velha estratégia de encher o mercado com diversos modelos muito parecidos. Mas de vez enquanto ela acerta, como no caso do Galaxy J2: um Android completíssimo e muito acessível.

Especificações:

xiaomi-redmi-2

Redmi 2

  • 4G Dual Chip;
  • Processador 64 bit Quad Core 1.2 GHz;
  • 1 GB de RAM;
  • GPU Adreno 306;
  • Tela AMOLED de 4.7 polegadas (720 x 1280 px);
  • Android 4.4;
  • Rádio FM;
  • 8 GB de memória interna;
  • Câmera de 8 MP com flash e HDR;
  • Câmera frontal de 2 MP;
  • Entrada para cartão microSD de até 32 GB;
  • USB Host – OTG (aceita pen drives e acessórios USB);
  • Bateria removível de 2200 mAh.

Samsung Galaxy J2

Galaxy J2

  • 4G Dual Chip;
  • Processador 32 bit Quad Core 1.3 GHz;
  • 1 GB de RAM;
  • GPU Mali T720;
  • Tela AMOLED de 4.7 polegadas (540 x 960 px);
  • Android 5.1.1;
  • TV Digital com antena integrada + Rádio FM;
  • 8 GB de memória interna;
  • Câmera de 5 MP com flash;
  • Câmera frontal de 2 MP;
  • Entrada para cartão microSD de até 128 GB;
  • USB Host – OTG (aceita pen drives e acessórios USB);
  • Bateria removível de 2000 mAh.

Design

O Redmi 2 possui um bom acabamento e design bastante simples, com curvas arredondadas e pouca decoração, deixando seu visual parecido com o de seus concorrentes da linha Lumia. Sua tampa traseira é de plástico com acabamento fosco e é removível.

Um ponto a ser destacado é que os botões capacitivos tanto do Redmi 2 quanto do Galaxy J2 não são retroiluminados. E eles seguem a mesma ordem de posicionamento inversa à do Android puro.

Redmi 2 Pro
Demostração/ Redmi 2 Pro

Com design já bem batido, o Galaxy J2 não inova, mas segue a mesma receita de sucesso da Samsung: bordas arredondadas e cromadas, e traseira de plástico que imita couro.

Apesar da visível diferença de estilos, os dois dispositivos são muito confortáveis de segurar por serem pequenos e leves. Usá-los com uma mão só não será problema, mesmo que a sua mão seja pequena.

Tela

Os dois dispositivos possuem display de 4,7 polegadas, o que os colocam muito bem a frente aos principais modelos da mesma faixa de preço. A tela do Xiaomi possui resolução consideravelmente maior que a do J2, porém o painel AMOLED do Galaxy possui melhores ângulos de visão, cores mais vibrantes e contraste superior.

Um ponto fraco nos dois aparelhos é a ausência de um sensor de luz ambiente, que obriga o usuário a regular o brilho da tela manualmente sempre que precisar.

Câmera 

O Redmi 2 conta com a câmera traseira de 8MP na traseira e 2MP na frontal. As fotos tem uma qualidade boa e o modo HDR consegue trabalhar muito bem para clarear sombras tanto em ambientes internos como externos sem estourar as fotos quando temos um dia ensolarado.

O Galaxy J2 conta com 5MP na câmera traseira e 2MP na frontal. Mas não a julgue ainda, sua câmera principal com flash LED pode capturar imagens de boa qualidade. A interface da câmera no dispositivo oferece uma série de recursos, incluindo capacidade de editar ISO (modo pro), a exposição, adicionar filtros e efeitos entre outros. Sua câmera frontal pode tirar boas fotos em ambientes claros, mas deixa a desejar em lugares escuros.

O Redmi 2 pode fazer vídeo de 1080p, o que também, é bom em termos de qualidade de imagem, bem como de áudio. O Galaxy J2 pode gravar vídeos em resolução de 720p com qualidade inferior ao concorrente.

Foto diurna Samsung Galaxy J2
Foto diurna Samsung Galaxy J2
Foto noturna Samsung Galaxy J2
Foto noturna Samsung Galaxy J2
Foto diurna Xiaomi Redmi 2 Pro
Foto diurna Xiaomi Redmi 2
Foto noturna Xiaomi Redmi 2 Pro
Foto noturna Xiaomi Redmi 2

Desempenho  

O Galaxy J2 conta com processador Quad-Core de 1.3 Ghz e 1 GB de RAM, que aliados às otimizações do Android 5.1.1 conferem ao aparelho um ótimo desempenho em tarefas do dia-a-dia. Em nossos testes não tivemos nenhum travamento ou engasgo.

O Redmi 2 vem com processador Quad-Core de 1.2 Ghz e os mesmos 1 GB de RAM, e apesar do pontinho a menos no processador, ele apresenta praticamente o mesmo desempenho do concorrente.

Se com aplicativos simples, multitarefa e navegação os dois aparelhos se saem bem, com jogos a história não se repete: eles rodam os jogos mais simples de forma satisfatória, mas quando carregamos games pesados como Modern Combat e GTA, aí eles mostram que não foram feitos para isso: muita lentidão e engasgos em ambos, porém mais graves no Redmi 2.

Para ter uma idéia melhor, confira abaixo o resultado do teste Antutu BenchMark.

Bateria 

A bateria de 2.200 mAh do Redmin 2 tem duração suficiente para um dia de uso moderado. Além disso você pode escolher dois perfis de consumo no aparelho: econômico (mais bateria), e maratona (mais desempenho). Ah, e o carregador rápido ainda quebra um galhão recarregando o aparelho até 20% mais rápido que o concorrente.

A bateria do Galaxy J2 é ligeiramente menor (2000 mAh), mas apesar disso ela não faz feio: também dá pra ficar um dia inteiro usando o aparelho sem carregar. O baixo consumo de energia da tela AMOLED é o grande trunfo do aparelho.

Sistema 

O Galaxy J2 roda a versão Android 5.1.1 Lollipop, como de praxe vem com a interface TouchWiz da Samsung. A interface do usuário oferece uma boa quantidade de recursos, incluindo um centro de notificações totalmente customizável.

Com base do Android Kitkat 4.4.4, o Redmi 2 Pro é bastante otimizada para fazer o dispositivo funcionar sem grandes problemas.

Uma diferença do Redmi 2 Pro para o seu concorrente é o sistema MIUI. O software é uma modificação da Xiaomi para o Android, com diversas alterações, tanto nas funcionalidades como na interface, que, curiosamente, lembra bastante os dispositivos da Apple.

Som e conectividade 

A qualidade de som de ambos aparelhos são semelhantes com bom desempenho para a categoria.

A grande surpresa (ruim) quando se abre a caixa do Xiaomi é a falta dos fones de ouvido. Já a do Galaxy J2 são medíocres. Portanto, recomendamos comprar um fone separado.

Ambos os dispositivos oferecem tecnologia 4G.

Preço

Finalmente hoje podemos comprar, com apenas R$ 500 reais, aparelhos de ótima qualidade, com 4G, telas de boa resolução e tecnologia, hardware capaz de oferecer uma ótima experiência de uso e até TV digital (no caso do J2).

O Redmi 2 teve uma procura tão grande nos últimos meses que hoje é até difícil encontrá-lo em estoque, seja na loja oficial da empresa ou nas lojas da VIVO. Enquanto isso, a gigante Samsung tem aparelho pra dar e vender (mais vender do que dar, claro), e o Galaxy J2 já pode ser facilmente encontrado até em supermercados.

Conclusão

De modo geral os dois aparelhos são boas opções de compra, mas a decisão final irá depender muito da necessidade do cliente. O Galaxy J2 tem a vantagem de possuir o Android mais atualizado e TV Digital, enquanto o Redmi 2 conta com câmera fotográfica bastante superior.

E aí, já sabe qual é o melhor smartphone para você? Xiaomi Redmi 2 ou Samsung Galaxy J2? Comente sua escolha abaixo.