Reviews

Imagens, preços e outras informações da terceira geração do Moto G

O Moto G é o smartphone mais popular do Brasil, mas nem por isso está livre do desgaste do tempo e da concorrência de aparelhos como o Galaxy E5 da Samsung, que, como mostramos em outro post, oferece mais recursos pelo mesmo preço do aparelho da Motorola. Já estava na hora do aparelho se atualizar (de preferência só nos recursos, não no preço).

De acordo com o Tecmundo, a terceira geração do Moto G será lançada num evento da Motorola, que acontecerá no dia 28 de julho, em São Paulo. E pra você se preparar pro lançamento, nós reunimos neste post todas as informações já confirmadas sobre o aparelho. Vamos começar pelo visual do novo modelo?

Imagens

segunda geração moto g

moto g 2015 branco

Especificações

  • Android Lollipop (com atualização para Android M);
  • Certificação IPx7 (resistência à água e à poeira);
  • 4G;
  • Tela HD de 5 polegadas;
  • Processador Snapdragon 410 Quad Core, 1.4 GHz;
  • 8 ou 16 GB de armazenamento;
  • Entrada para microSD;
  • GPU Adreno 306;
  • Câmera 13 MP com flash e HDR;
  • Câmera frontal 5 MP;
  • TV digital HD (na versão colors, que virá com 3 capinhas);
  • Gravação de vídeo Full HD 30 fps;
  • Bateria 2.470 mAh.

Preço

Tudo muito bonito, celular mais poderoso que anterior, mas… tenho uma notícia desagradável pra te contar: os preços do aparelho vão subir nessa nova versão (como se já não bastasse a crise econômica!).

O modelo de entrada, dual chip 4G com 8 GB de memória e sem TV digital irá custar R$ 900! O mais completo, com 16 GB, TV e capinhas vai para R$ 1000! Na geração atual, o top de linha não passa dos R$ 800!

Será que as melhorias como a câmera saltar de 8 para 13 MP e a nova bateria justificam esse aumento? Ou a culpa é da Inflação?

O novo Moto G de terceira geração será o primeiro da linha totalmente desenvolvido e fabricado pela nova dona da Motorola; a Lenovo. Sendo assim, é provável que hajam algumas mudanças no estilo de construção, na escolha dos materiais e na qualidade do hardware do aparelho. Se vai melhorar ou piorar? Só saberemos quando colocarmos nossas mãos nele.