Reviews

Galaxy Ace 2 é o sucessor impecável para um dos smartphones mais populares do Brasil

Presente há quase 2 anos no mercado brasileiro, o Galaxy Ace é um sucesso de vendas da Samsung. Basta circular pela sua cidade para ver o aparelho por aí, bombando entre iPhones e Xing-lings.

Mas a idade chega para todos e já é hora do Ace passar o bastão para seu sucessor: o promissor Galaxy Ace 2.

O aparelho, que está na lista dos que receberão Android 4.1 até o final do ano, já pode ser encontrado em algumas lojas por até 800 Dilmas, mas deve aumentar sua disponibilidade até o final do ano.

Passamos um tempinho com o aparelho e colocamos aqui nossas impressões, que você confere logo após a lista de especificações:

Especificações

  • Modelo I8160L;
  • Tela LCD PLS de 3.8 polegadas e 480 x 800 pixels de resolução;
  • Processador Dual Core de 800 MHz e GPU Mali-400MP;
  • 768 MB de RAM;
  • 4 GB de armazenamento interno + entrada para microSD de atá 32 GB;
  • Android 2.3 atualizável para 4.1;
  • Câmera de 5 MP com auto-foco e flash;
  • Filmadora HD + câmera frontal VGA;
  • 3G, Wi-fi, Bluetooth 3, A-GPS com GLONASS, NFC, DLNA, hot spot e Wi-fi direct;
  • Rádio FM stereo RDS;
  • Bateria de 1500 mAh.

Design

Não se confunda: o Galaxy Ace Plus, lançado no início de 2012, é muito mais uma variação de design do Ace original, do que uma atualização da linha.

Como o Ace original se “inspirava” demais no iPhone, a Samsung – ciente da perseguição legal da rival -, tratou logo de lançar o mesmo aparelho, com um visual mais diferenciado, para escapar dos possíveis processos.

Já com o Galaxy Ace 2 tudo muda: o design foi totalmente repaginado e agora está alinhado com os outros aparelhos da marca, como o Galaxy SIII e o Galaxy S Duos. Repare que, inclusive, o Galaxy S Duos tem praticamente o mesmo design do novo Ace.

Ace 2 e S Duos: só um pouquinho parecidos

O design mais arredondado faz com que o Ace 2 tenha um excelente encaixe nas mãos, e a textura da traseira também ajuda na pegada. Além disso, seu tamanho permite que todos os cantos da tela estejam ao alcançe do polegar. Por isso tudo, puxá-lo do bolso e usá-lo com uma mão só não será um problema.

O aparelho é relativamente fino e leve. Sua construção de primeira passa segurança e a impressão geral é que se trata de um aparelho duro na queda.

[nggallery id=3]

Tela

A tela LCD do Galaxy Ace 2 faz um ótimo trabalho e eleva o nível de qualidade dos Androids intermediários.

Se comparada à do Ace original, a tela do Ace 2 apresenta mais que o dobro da resolução. O que resulta em excelente definição de imagem, melhor inclusive que a do Galaxy SII Lite.

Apesar de não ser AMOLED, a tela apresenta ótimo contraste e ângulos de visão. As cores são vivas e a leitura ao ar livre não é das piores.

Interface

A navegação pelo sistema do aparelho á bastante fluida com a personalização TouchWiz 4 da Samsung. Mas deve ficar ainda melhor quando receber a atualização para Android 4.1. A troca entre aplicativos tem velocidade bastante razoável e, jogos como Bad Piggies rodaram sem problemas. Confira mais detalhes da interface do Ace 2 no vídeo abaixo:

Câmera

A Câmera fotográfica do Ace 2 mantém a mesma qualidade oferecida no primeiro Ace. Boas fotos, com contraste razoável, cores balanceadas e bom nível de detalhe. Nas fotos noturnas nenhum milagre: elas saem granuladas como era de se esperar num smartphone desse preço. A foto abaixo mostra um pouquinho da qualidade de imagem obtida pelo aparelho:

Foto em resolução máxima

A filmadora HD do Ace 2 faz um bom trabalho e pode ser usada tranquilamente para registrar momentos importantes da família. Desde que haja luz no ambiente. A saída de arquivo no formato MP4 ajuda bastante na hora de exibir o vídeo em uma TV ou Bluray: você não vai precisar ficar convertendo os arquivos.

Bateria

Em nossos testes de duração a bateria do Galaxy Ace 2 se mostrou campeã na categoria. Com uso moderado, o dispositivo pode te acompanhar por até 3 dias sem pedir tomada. Esse é um resultado tão bom quanto o dos aparelhos top Galaxy SIII e Galaxy SII.

O que poderia ser melhor?

Por incrível que pareça, o Galaxy Ace 2 não possui resposta vibratória ao toque, recurso comum em 90% dos aparelhos Android. Não entendemos o porquê desta ausência, já que tanto o Ace original quanto aparelhos mais baratos da linha Galaxy possuem o recurso.

Conclusão

Se você não precisa de 2 chips no seu aparelho, o Ace 2 será uma ótima escolha para este final de ano. Um smartphone robusto, responsivo e com preço muito atraente. Para quem está vindo do Galaxy Ace, o Ace 2 é uma atualização competente o suficiente para você não ter que subir de categoria. E eu já disse que ele receberá Android 4.1?

Outras opções interessantes da concorrência não oferecem tela tão boa e equilibrada quanto a do Ace 2: a do LG Optimus L7 é maior, porém menos definida, a do Sony Xperia U é mais definida, porém bem menor.

O rivais mais perigosos mesmo acabam sendo o primo Galaxy SII Lite, que possui tela AMOLED de 4 polegadas e também vai receber Android 4.1 e o Nokia Lumia 800, que caiu de preço com o lançamento dos novos Windows Phones, e possui excelente hardware.

Com imagens e vídeo: [GSMArena]