Opinião

Resumão de semana histórica para o mundo móvel: novo Android na área, Microsoft compra a Nokia e Samsung revela seu relógio esperto

Na semana em que o sistema Android alcançou a impressionante marca de 1 bilhão de dispositivos ativados no mundo, outros três fatos de enorme importância dividiram as atenções dos aficcionados por tecnologia móvel: a Microsoft comprou, por mais de 7 bilhões de dólares, a divisão da Nokia responsável pelo desenvolvimento e fabricação de aparelhos; o Google anunciou que a nova versão do Android irá se chamar KitKat (e sem querer deixou vazar uma imagem do novo Nexus); e a Samsung revelou ao mundo o seu relógio futurista.

Windows Phone: agora vai?

A Microsoft já está namorando a Nokia há algum tempo. Desde o início de 2011 ela injetou um bocado de dinheiro na finlandesa para o desenvolvimento da linha Lumia, esses aparelhos que hoje são os principais smartphones do mercado a rodarem o sistema Windows Phone.

Com a compra da Nokia, a Microsoft garante o domínio total no desenvolvimento de hardware e software dos Lumias, o que certamente irá fortalecer o Windows Phone como a terceira grande plataforma móvel do mercado.

Nos dois últimos anos, a Samsung também fabricou aparelhos com o sistema da Microsoft, mas como hoje ela detém quase 80% do mercado Android, é difícil encontrar uma boa razão para que a coreana continue investindo no Windows Phone. Ainda mais agora, que o sistema se tornará sinônimo de Nokia.

O jogo vai ficar mais ou menos assim daqui pra frente: iPhones (iOS) x Galaxies (Android) x Lumias (Windows Phone), e nós imaginamos que a briga vai ficar feia mesmo nas categorias de entrada, onde a Nokia conta com aparelhos que dão uma surra nos Androids baratos. A Apple também deve entrar em breve nessa porradaria com o seu iPhone acessível: o 5C.

O mais triste dessa história: como a Microsoft comprou toda a divisão de aparelhos da Nokia, é muito provável que tenhamos que dizer adeus ao nome Nokia em breve. A Microsoft já avisou: os próximos Windows Phones não terão mais a marca Nokia em seus corpos. É um triste fim para a marca que ajudou a criar o mercado de celulares e que foi derrotada na era dos smartphones.

Android 4.4 KitKat: ganhando dinheiro com doces

Começou assim: o Google colocou uma nova estátua com o robozinho mascote do Android no gramado da sua sede em Mountain View. O chefe do Android, Sundar Pichai postou uma foto em seu perfil do Google+ mostrando a novidade. E assim todo o mundo ficou sabendo: o novo Android, versão 4.4, se chama KitKat. Sim, aquele chocolate, que na minha opinião, é bem inferior ao BIS.

Logo depois do post que revelou a novidade ao mundo, um vídeo privado do Google vazou na web, e este que seria apenas um registro dos funcionários da empresa filmando e fotografando o novo sabor do Android, na verdade revelava algo muito mais interessante aos olhos mais atentos: O provável no smartphone do Google; o Nexus 5.

Olha o que o cara engraçado está segurando!
Olha o que o cara engraçado está segurando!

Numa parceria de gigantes, Google e Nestlé juntaram o útil ao agradável, e estão lançando uma promoção ao melhor estilo Willy Wonka: você devora um KitKat, e sua embalagem  pode vir premiada com um tablet Nexus 7. A parte ruim da história: a promo ainda não está disponível no Brasil.

Ainda não há confirmação de quando o Android 4.4 estará disponível para os usuários, muito menos qualquer anúncio da existência do Nexus 5. O jeito é aguardar.

Galaxy Gear: um relógio do futuro para que não tem medo de ser geek

A Samsung lançou finalmente o seu smartwatch essa semana: o Galaxy Gear é bonito, resistente à água e ainda conta com um monte de truques bacanas:

  • Tela Super AMOLED de 1,63 polegadas e 320 x 320 px de resolução;
  • Processador de 800 MHz (single core);
  • 512 MB de memória RAM;
  • 4 GB de memória interna;
  • Acelerômetro e giroscópio;
  • Câmera de 2 MP com autofoco – na pulseira;
  • Gravação de vídeo em HD;
  • Bluetooth.

galaxygear

Com ele no pulso (e pareado com seu smartphone), você poderá realizar ligações (apesar do mico), receber notificações do celular, como sms, email e Facebook, tirar fotos, gravar vídeos, executar aplicativos e muito mais.

O Gizmodo fez um hands-on completo com o relógio, e lá é possível conferir uma lista completa das capacidades do bichinho.