Opinião

Precisamos falar sobre iPhone 7

Você que acompanha as notícias de tecnologia já deve estar sabendo que a Apple irá lançar o iPhone 7 neste segundo semestre de 2016. Até aí nenhuma novidade.

O que há de diferente neste lançamento? O clima. O anúncio do novo top irá acontecer num dos momentos mais difíceis da empresa nesta era pós-Jobs.

Entendendo a crise da Apple

A criadora do iPhone, que definiu os smartphones como conhecemos hoje, está estagnada. Há muito tempo a companhia não consegue apresentar algo realmente inovador, e segue lançando aparelhos com pequenas melhorias incrementais. E para piorar, suas vendas estão em queda no mundo todo.

É verdade que o mercado de smartphones e tablets como um todo está sofrendo uma desaceleração natural, após anos seguidos de crescimento. Afinal, qual a necessidade de novos aparelhos, quando todos já possuem um muito bom?

O fato é que os celulares da Apple são os aparelhos mais caros do mercado, e, com pouca ou nenhuma inovação, eles sofrem mais do que outros com a diminuição no consumo.

Lançamento do iPhone 6S no Brasil: quase ninguém na fila, maioria de jornalistas.
Lançamento do iPhone 6S no Brasil: quase ninguém na fila, maioria de jornalistas. Imagem: Gizmodo

O próprio iPhone SE – versão atualizada do 5S – foi uma demostração de que a Apple está ciente da dificuldade de vender novos tops de linha nos grandes mercados. Mirando nos mercados emergentes, o aparelho foi a saída encontrada para abocanhar os consumidores que nunca foram o público-alvo da marca: especificações de top num corpo compacto, por um preço mais amigável. Sim, por favor.

Mas o sucesso do SE – que registrou volume de vendas acima do esperado – não foi suficiente para reerguer o valor das ações da maçã. E com a chegada do iPhone 7 se aproximando, as vendas do 6S que já não estavam boas, caíram ainda mais.

Segundo especialistas, a demanda pelo top de linha da marca continuará a cair, e há forte tendência das vendas do iPhone 6S (e futuro iPhone 7) serem canibalizadas pelo iPhone SE.

A Samsung nunca esteve tão bem

O Galaxy S7 chegou no início do ano e rapidamente conquistou o posto de melhor smartphone de 2016. Suas especificações, design e preço fizeram dele um sucesso tão grande, que o aparelho chegou a ficar esgotado em diversos países.

O iPhone 7 ainda nem chegou, mas já tem uma pedra no sapato. Seu nome: Galaxy S7. Imagem: Android Pit
O iPhone 7 ainda nem chegou, mas já tem uma pedra no sapato. Seu nome: Galaxy S7. Imagem: Android Pit

A Samsung fez o dever de casa direitinho com o S7: ouviu os consumidores e trouxe de volta recursos importantes como a entrada para micro SD, colocou no aparelho um hardware matador, deixou o design ainda mais belo, desenvolveu uma das melhores câmeras de celular da atualidade e mais importante: não surtou no preço.

Com essa receita a empresa retomou da Apple a liderança no mercado americano, colocando a concorrente numa posição bastante delicada para o lançamento de seu novo top. A missão do iPhone 7 já era difícil, com o sucesso do Galaxy S7, ficou praticamente impossível.

iPhone 7: é matar ou morrer

Vários rumores sobre o iPhone 7 já estão circulando na web, e por conta disso já sabemos de algumas decisões que a empresa tomou para o seu próximo top de linha. Pelo que podemos constatar, esse será o lançamento mais ousado da Apple em anos – e ele precisa ser. Resta saber se essas grandes mudanças irão ser bem recebidas pelo público:

  • O iPhone 7 não terá mais um botão Home físico;
  • O iPhone 7 irá abandonar a entrada padrão para fones de ouvido (os fones serão conectados na entrada lightning);
  • O iPhone 7 irá adotar um sensor de imagem duplo para a câmera, parecido com o do LG G5;
  • O iPhone 7 virá em 3 modelos – iPhone 7, iPhone 7 Plus e iPhone 7 Pro.

Veja as imagens que comprovam:

Segundo imagens vazadas das carcaças dos aparelhos, estes serão os iPhone 7, iPhone 7 Plus e iPhone 7 Pro.
Segundo imagens vazadas das carcaças dos aparelhos, estes serão os iPhone 7, iPhone 7 Plus e iPhone 7 Pro. Fonte: Alphr
Adeus botão Home: segundo imagens vazadas, novo iPhone 7 terá área inferior do vidro da tela sensível à pressão.
Adeus botão Home: segundo imagens vazadas, novo iPhone terá área inferior do vidro da tela sensível à pressão. Fonte: Apple Insider
iphone 7 lightning earpod
Fones de ouvido earpods: agora com conector lightning. Fonte: Apple Insider

Eu particularmente não acho que a remoção do conector padrão de aúdio do aparelho será bem aceita pelo público, nem muito menos a fragmentação da linha em 3 modelos (algo que Steve Jobs abominava). Porém me parece acertada a decisão de trocar o botão home físico por uma área sensível no vidro, já que este botão ficou bem datado.

Há também o rumor de que a Apple estaria trocando a tecnologia de tela atual do iPhone pelos painéis OLED, melhorando assim a qualidade de imagem e a duração da bateria num só golpe. Isso também seria um tiro certeiro. Mas como eu disse, ainda é um rumor.

E você, o que acha? A Apple está tomando as decisões certas e irá de fato apresentar um celular realmente inovador em setembro? Ou isso tudo é uma grande cagada e a empresa seguirá ladeira abaixo? Deixe suas opiniões nos comentários!