Opinião

Celulares Lumia somem do mercado: que fim levaram?

O que aconteceu com todos os celulares Lumia que estavam bombando no mercado brasileiro? Se vendiam bem, por que sumiram? Desde o começo do ano estas perguntas estão sendo feitas pelos amantes do Windows Phone. Porém responder não é nada simples.

Modelos como o Lumia 535 e o Lumia 640, que estavam sempre nas listas dos mais vendidos em 2015, simplesmente desapareceram das lojas neste ano.

Isso sem falar dos lançamentos da linha, os Lumias 550, 650950 e 950 XL, que nem sequer deram as caras por aqui.

Uma série de fatores levaram à Microsoft a adotar novas estratégias para seus smartphones, tanto no Brasil quanto no exterior. E é isso que iremos entender neste post.

Estava tranquilo, agora está desfavorável

No Brasil, a Microsoft apostou todas as suas fichas nos aparelhos mais baratos, e a estratégia vinha dando certo até o final de 2015, quando o fim das isenções da Lei do Bem e a alta do dólar acertaram em cheio o mercado dos smartphones baratinhos, fazendo com que as vendas da empresa despencassem.

Os preços dos antes super-baratinhos Lumia 435 e 535 quase dobraram, e a concorrência com os aparelhos Android se tornou insustentável, já que o preço era o grande trunfo da marca.

Saída à francesa

Com o cenário desfavorável, a Microsoft – que não joga para perder – iniciou o fechamento de várias lojas próprias dedicadas à demonstração e venda dos Lumias no Brasil (as antigas lojas de shopping da Nokia). Resultado: queda de 73% nas vendas destes smartphones. Tudo isso ajudou a torná-los cada vez mais raros no mercado.

Resumindo: a empresa decidiu juntar as trouxinhas e sair de fininho do mercado brasileiro, pelo menos por enquanto.

E lá fora?

No resto do mundo o cenário também não é nada favorável para os smartphones Windows, que no ano passado registraram forte queda nas vendas, mesmo com o lançamento dos novo modelos rodando Windows 10: Lumia 550, 650, 950 e 950 XL.

Os novos aparelhos passaram tão desapercebidos lá fora, que provavelmente a empresa achou melhor não trazer-los para cá.

Mas mesmo amargando enorme prejuízo e com market share global insignificante, este ainda não é o fim da linha para os smarts da Microsoft: a empresa promete para 2017 uma nova família de celulares, os chamados Surface Phones.

O jeito é esperar…

Para os brasileiros fãs do sistema (alguém?) a mensagem é clara: nada de lançamentos até meados de 2017.

O que resta é especular e aguardar as novidades: será que os novos Surface Phones irão acabar com o maior problema do Windows Phone (falta de apps)? Será que eles virão para o Brasil? Teremos aparelhos Windows baratinhos novamente? Só o tempo dirá.

Continue ligado(a) no Mobizoo para saber novas informações e compartilhes suas opiniões nos comentários.

Atualização 27 de maio de 2016: depois de muita especulação, aconteceu o que todos já esperavam. A Microsoft anunciou oficialmente que está saindo do mercado de smartphones. Ou seja, este é o fim do Windows Phone. E tem mais: nem o tal Surface Phone chegará a ser lançado para consumidores. Ele talvez seja lançado no futuro somente para clientes corporativos da empresa. É isso gente, vamos todos dar adeus à linha Lumia e ao sistema Windows Phone. Foi bom enquanto durou.