Notícias

Não está sendo fácil: mercado de smartphones cai no Brasil, e iPhones são os maiores prejudicados

É amigos, 2016 não está sendo fácil pra ninguém: as vendas de smartphones caíram 25% se comparadas com o ano passado, que já não foi lá muito bom. O mercado de smartphones encolheu como um todo, mas a coisa está ainda mais feia para a Apple.

Segundo reportagem da Folha de São Paulo em parceria com a Gartner, as vendas de iPhones no Brasil no primeiro trimestre de 2016 despencaram 40%: foram apenas 498 mil celulares Apple comercializados neste primeiro semestre.

Para não dizer que a maçã foi a que se deu pior nessa história, a LG conseguiu, com suas mancadas colossais, desabar 58,4% em suas vendas.

Confira no gráfico a situação atual do mercado:

mercado de smartphones cai
Fonte: Folha/Gartner

Com esta queda, agora a Apple amarga apenas 5% de market share no Brasil.

É importante ressaltar a Lenovo mantém o segundo lugar no mercado de smartphones brasileiro graças principalmente ao prestígio da linha Moto G. É verdade que os modelos Vibe, que carregam a marca principal da empresa, também venderam bem, mas ainda estão batalhando pelo reconhecimento do público.

Uma coincidência desagradável

Olha que interessante: graças ao nosso querido governo (que removeu os incentivos fiscais) e ao dólar, o preço médio dos smartphones subiu 40% este ano no Brasil. O dado foi levantado em pesquisa realizada pela GFK e Grupo Eletrolar.

Ano passado o preço médio dos smartphones comprados por aqui era de R$ 603. Em 2016 saltou para R$ 891.

Resultado: queda nas vendas de exatos 40%. Triste.