Nostalgia

Adeus, Nokia: relembre os melhores momentos da história da empresa

Quem viveu na década de 90 e ainda no início do novo milênio (do ano 2000 para cá), certamente se lembra da Nokia como a empresa que fabricava os melhores celulares do mercado.

Parecia um reinado que jamais teria fim, já que as vendas só aumentavam e mais pessoas se apaixonavam pela marca. Mas realmente só parecia.

Nos últimos anos a empresa foi perdendo o interesse do público, que estava cada vez mais atraído pelas novidades trazidas ao mercado principalmente pela “trupe” de Apple, Samsung e Google.

Os celulares “espertos” pouco a pouco foram “comendo” o mercado da Nokia, que sangrou dinheiro até mesmo depois de ser comprada pela Microsoft.

A “era de ouro”

A Nokia era uma empresa que, desde a sua fundação, liderava o mercado de aparelhos celulares em todo o mundo. Essa era a realidade até o ano 2007, quando tinha cerca de 40% do mercado de telecomunicação. Sabe o que também aconteceu em 2007? O lançamento do primeiro iPhone. Que coincidência, não?

nokia n95 vs iphone
2007: saem de cena o joystick e botões do Nokia N95 e entra a tela de toque do primeiro iPhone.

Celulares clássicos

Na época em que a humanidade estava descobrindo as funcionalidades dos aparelhos celulares, a usabilidade, durabilidade e confiabilidade oferecida pelos aparelhos da Nokia foram mais que suficientes para a tornarem a empresa líder do mercado e sinônimo de qualidade.

nokia 3310
Você se lembra do 3310? Um celular que de tão resistente virou meme.

Mas as pessoas queriam mais: queriam uma forma prática de navegar na Internet pelo celular, queriam aplicativos e games. Foi nesse momento que teve início a decadência da Nokia.

O apogeu dos smartphones

Em meados dos anos 2000 a finlandesa já contava com smartphones no mercado, mas eles estavam longe do novo paradigma de usabilidade que seria o grande atrativo para o público nos anos seguintes: quase nenhum botão físico e uma grande tela touch com interface amigável. Ela estava presa no passado.

nokia n8
Muitos botões e pouca usabilidade: os smartphones da nokia ficaram presos no passado.

A Nokia começou a perder espaço devido à sua dificuldade em entender as novas tendências de consumo. Enquanto isso, iPhones e Androids da Samsung, LG e Sony engoliam o mercado (antes dominado pela Nokia) oferecendo todas as inovações tecnológicas desejadas pelo público.

O que foi feito da Nokia?

Sem dúvida alguma a Nokia foi fundamental no desenvolvimento do mercado mundial de telefonia. Ela foi uma das grandes responsáveis pela popularização dos celulares.

Mas como ela se negou a evoluir, seu tempo passou. Uma história de conquista que ficou para trás e deixou um legado que será lembrado para sempre.

A empresa continua existindo, porém agora sob os cuidados da Microsoft, se dedica ao desenvolvimento de tecnologias para comunicação.

Os aparelhos da linha Lumia agora saem de fábrica com a marca Microsoft, e não mais Nokia. É o fim de uma era.