Humor

Os maiores FAILs do mercado de smartphones Android

Agora nós vamos falar de coisa boa… Mentira! Vamos falar de COISA RUIM!!! É hora de conhecermos os smartphones Android mais fracassados que já foram lançados.

É o que eu sempre digo: nem toda inovação é bem-vinda. Às vezes as pessoas simplesmente não estão interessadas em recursos que as fabricantes fazem de tudo para emplacar. E essa é a razão número 1 do fracasso de certos aparelhos:

Samsung Galaxy S Beam

galaxy s beam

 

Um belo dia um executivo da Samsung entrou na sala de reunião e disse: “sabe o que seria legal? um smartphone com projetor!”.

Sim! Todos nós precisamos de um projetor no bolso!

Sony Ericsson Xperia Play

sony xperia play

A finada Sony Ericsson ignorou o que aconteceu anos antes com o N-Gage da Nokia, e resolveu lançar um smartphone Android voltado para games.

O hardware do aparelho não era grandes coisas em termos de potência, e para piorar, o controle físico era desconfortável e ruim de resposta. Resultado: um belo fracasso.

Fica a lição para as fabricantes: parem de tentar fazer um celular/videogame!

LG Optimus 3D

lg optimus 3d

No já longínquo ano de 2011, todos ainda estavam encantados com o cinema 3D. Parecia que o 3D seria o grande futuro dos eletrônicos, e por isso a LG resolveu lançar um smartphone com tela 3D capaz de gerar fotos e vídeos em estereoscopia.

Como você pode imaginar, ninguém deu a mínima para o aparelho, já que era um exercício de imaginação conseguir ver os efeitos tridimensionais em sua tela medíocre, e as imagens 3D geradas por sua câmera dupla de 5 MP (!) eram de doer.

E olha que bizarro: ele ainda está à venda na Americanas.com por R$ 989!

Motorola Flipout

motorola flipout

Imagina um celular com configurações ridículas… agora imagina esse celular com uma tela pequenininha e com corpo quadrado… agora imagina que para digitar nele você precisa girar seu teclado para fora do quadrado. Parece um pesadelo né?

Mas não é só isso! O Motorola Flipout ainda contava com uma câmera horrível e bateria que durava aproximadamente 3 horas.

Lembro que eu morri de rir de um amigo que veio me mostrar que acabara de comprar um desses.

Esse foi um dos smartphones Android que marcaram a chegada da Motorola no fundo do poço, antes de ela ser comprada e reerguida pelo Google.