Dicas

Guia: aprenda o que fazer para salvar seu smartphone do afogamento

Os smartphones se tornaram nossos companheiros inseparáveis, mais do que qualquer outro aparelho eletrônico, eles estão sempre do nosso lado.

Seja na mesa de bar – pronto para tomar um belo banho de chopp. No banheiro – há poucos centímetros de uma queda fatal na privada. Ou na praia –   louco para dar um tchibum nas ondas do mar. Nossos queridos companheiros de bolso estão sempre correndo risco de afogamento.

Certamente isso já aconteceu com você, e tenho certeza que a primeira coisa que veio à sua cabeça foi tascar o secador de cabelo em cima do bichinho, e rezar.

Mas nem tudo está perdido: com 3 ações simples e imediatas, você pode reduzir, ou até mesmo evitar completamente qualquer dano que a água ou outros líquidos possam causar ao seu aparelho.

1 ª ação: Remova a bateria!

Como você sabe, água e eletricidade não se dão muito bem. Sendo assim, se o seu smartphone foi molhado, retirar a bateria imediatamente após o ocorrido reduz bastante o risco de um curto-circuito.

2 ª ação: Seque-o!

Nada de secador de cabelo! Para secar as entranhas do seu dispositivo recomendamos apenas o uso de toalha, e se possível, um aspirador de pó automotivo (aqueles com bico pequeno). Não chacoalhe o aparelho, isso pode piorar as coisas: as pequenas gotas de líquido dentro do celular podem se espalhar ainda mais. Seque bem a bateria e o lugar onde ela é encaixada.

Eu já disse pra não usar secador de cabelo? O calor excessivo do secador pode detonar de vez os circuitos do seu prezado brinquedinho. O seu aparelho precisa de ar seco, e não quente.

3 ª ação: Arroz!

Agora a parte mágica da coisa: colocar seu smartphone dentro de um pote fechado com arroz cru pode salvá-lo de um triste fim. O arroz se encarregará do trabalho de absorver completamente qualquer umidade de dentro do aparelho.

Smartphone-in-Rice

A quantidade de arroz dentro do pote precisa ser suficiente para cobrir totalmente o aparelho (enfie ele todo dentro do arroz, sem pena). E o pote deve estar bem fechado, para manter o ar seco dentro dele. Qualquer tupperware fará bem o serviço.

Deixe o celular dentro do arroz por pelo menos 24 horas.

E se o meu aparelho não tem a bateria removível?

Aí você chora. Não, brincadeira.

Neste caso, desligue-o imediatamente, retire o chip e o cartão de memória (se houver), seque-o com uma toalha e coloque-o por 24 horas no arroz.

E se a causa do meu desespero for a água do mar?

Aí a coisa complica um pouco, mas não fica impossível.

O problema é que a água do mar é cheia de cristais de sal, que vão ficar no seu aparelho, mesmo que ele seja seco. E esses cristais vão corroer todos os componentes eletrônicos. Qual a solução? Prepare-se:

A solução é tacar água nele. Sério.

Desligue o aparelho, retire tudo que for possível (bateria, chip, cartão SD), e dê um belo banho de água destilada no coitado.

Essa água é facilmente encontrada nas farmácias e drogarias.

Depois do banho, seque-o, e faça a mandinga do arroz, como nos demais casos. Com um pouco de sorte, você terá o seu aparelho funcionando novamente.