Dicas

Guia completo para quem teve o celular roubado

Ter seu celular roubado é, sem dúvida alguma, uma das piores experiências da vida moderna: além de levarem de você um dispositivo eletrônico de alto valor, levam também todos os seus dados pessoais com ele.

Caso isso tenha acontecido recentemente com você, não precisa se desesperar! O Mobizoo preparou um guia completo para você saber tudo o que deve fazer para tentar recuperar o aparelho e impedir que estranhos acessem suas informações particulares. Se liga!

guia completo celular roubado

1. Prevenir é melhor que remediar

Já ouviu essas palavras em algum lugar, não é mesmo? Pois é exatamente isso. Tendo consciência que o sinistro pode acontecer, o mais sensato é se prevenir e tomar algumas atitudes antes que o pior aconteça. É recomendado:

  • Memorizar o email e a senha da conta cadastrada no seu telefone;
  • Manter acesso à rede móvel, WiFi e GPS ligados;
  • Se seu aparelho suportar, ative a criptografia das suas informações (pode reduzir o desempenho do celular);
  • Ativar e configurar aplicativos ou funções de bloqueio e rastreamento no aparelho.

iOS

  • Acesse a opção iCloud nos Ajustes;
  • Acesse Find My Phone;
  • Ativar Find My Phone e Enviar Última Localização.
celular roubado ios

Android

  • Acesse o app Configurações do Google;
  • Acesse as opções: Google > Segurança;
  • Em Gerenciador de Dispositivo Android, ative “Localizar Este Dispositivo Remotamente” e “Permitir Bloqueio e Limpeza Remota”;
  • E não se esqueça de dar permissão e manter o serviço de localização do Google ativado.
celular roubado android

Windows Phone

  • Acesse Configurações > Atualizações e Segurança > Localizar meu telefone;
  • Marque a caixa de seleção Salvar a localização do meu dispositivo periodicamente para encontrá-lo com facilidade.
celular roubado windows

2. Tente localizar seu smartphone

É possível localizar seu telefone através do auxílio de apps para bloqueio e rastreamento. Seja o padrão de fábrica ou mesmo um app de sua preferência que você instalou posteriormente, acesse a interface desse serviço e tente obter a localização do aparelho. A maioria deles permite o envio de um comando para fazer o smartphone tocar alto para chamar a atenção, caso você saiba que ele está perto de você. Se não for possível ou não conseguir ouvir seu aparelho chamar, tente ligar para o seu número usando outro telefone.

Android

O Google recentemente simplificou o processo para localizar seu smartphone Android. Agora, você pode realizar todas as medidas de proteção em um só lugar. Acesse: https://myaccount.google.com/security

celular roubado localizar android

iOS

Se você tem um telefone da Apple, além de desconectar sua conta do Google (se eventualmente tiver), acesse https://www.icloud.com para poder gerenciar seu iDevice roubado.

celular roubado localizar iphone

Windows Phone

A Microsoft também tem uma central administrativa que você pode utilizar para localizar seu tentar recuperar seu telefone. Acesse: https://account.microsoft.com/devices e gerencie seu aparelho perdido.

celular roubado localizar windows

3. Bloqueie seu aparelho

Se não foi possível localizar seu aparelho, é hora de tentar efetuar o bloqueio dele. Nas centrais que listamos acima, acesse a respectiva ao seu aparelho e efetue o bloqueio. Se o aparelho estiver conectado na internet, sua conta protegerá contra o acesso não autorizado do smartphone.

4. Faça logout das suas contas

Mesmo com o aparelho bloqueado, é importante que você desconecte sua conta do aparelho, caso contrário a pessoa que estiver com ele em mãos poderá acessar seus emails, seus contatos, seus dados e pode acabar fazendo coisas que vão complicar bastante a sua vida. Então acesse o painel de sua conta através de um dispositivo conectado à internet e desautorize o smartphone que foi roubado ou perdido, desvincule assim não apenas da conta principal , mas todas as outras como aplicativos terceiros de emails. Na maioria das plataformas, isso não impedirá de você rastrear, fazer tocar ou apagar o dispositivo no futuro.

5. Contate sua operadora

Se chegamos até aqui, você tem um dilema à frente: a partir do momento que desautorizamos o smartphone na etapa anterior, podemos tentar localiza-lo durante o tempo que se desejar, dias meses à frente. Mas solicitar o bloqueio do IMEI na operadora significa que o aparelho não reconhecerá nenhum chip no slot do telefone – nem mesmo o seu. Isso quer dizer que a internet móvel do aparelho deixará de funcionar, restando apenas a oportunidade de ele ser localizado via GPS ou WiFi.

Além disso, você provavelmente irá querer comunicar o roubo para que o seu chip seja bloqueado, evitando que a pessoa possa efetuar chamadas e originar outros custos que podem estourar a sua conta do telefone (ou pulverizar seus créditos, se for pré-pago). Para solicitar o bloqueio do IMEI basta informar o número do seu celular.

Selecionamos aqui o contato para as principais operadoras do Brasil:

  • Claro: 1052 (fixo)
  • Nextel: 1050 ou (11) 4004–6611 (ambos fixos)
  • Oi: 1057 (fixo) ou *144
  • TIM: 1056 (fixo) ou *144
  • Vivo: 1058 (fixo) ou *8486
  • Porto Seguro Conecta: 10544 (fixo) ou *333

6. Registre um Boletim de Ocorrência Policial

Apesar de nem sempre ser possível recuperar o telefone, acionar a polícia é sempre útil seja para você ou para o próximo. Então comunique o ocorrido à polícia. Algumas delegacias permitem que você faça o B.O. online, embora a recomendação seja realizar o processo pessoalmente, mesmo, porque assim você pode fornecer mais detalhes e aumentar a chance de recuperar o telefone roubado.

DICA: Nas delegacias também é possível solicitar o bloqueio do IMEI, podendo ser efetuado até mais rápido em comparação ao bloqueio solicitado diretamente na operadora.

7. Procure nos postos de achados e perdidos

Acredite – ainda existem pessoas boas no mundo. Mesmo que seu telefone tenha sido roubado, acontece de algumas vezes ele ser descartado, deixado cair, e por aí vai. Caso você tenha apenas perdido seu smartphone, melhor ainda. Lembre-se do possível local onde o sinistro ocorreu e procure informações do seu aparelho nos postos de Achados e Perdidos mais próximos: em aeroportos, ONG’s,  Correios, etc. Vai que… né =)

8. Apague todas as informações do seu smartphone

Se nada disso adiantar, é bem possível que você e seu telefone nunca mais se encontrem novamente 🙁

Sendo assim, a melhor recomendação é apagar todos os dados do seu smartphone. Acesse a central de recuperação referente à sua conta e acione a opção para apagar todos os dados. No caso dos aparelhos da Apple, você pode até mesmo configurar para que isso aconteça automaticamente se uma pessoa tentar desbloquear o código da tela sem sucesso após um número de vezes consecutivas.

Melhorando as suas chances de recuperar seu celular

Alguns aplicativos oferecem recursos mais avançados para a recuperação do seu aparelho, como alerta da troca de número enviando um SMS para um numero de recuperação previamente cadastrado, incluindo as últimas coordenadas GPS registradas. Alguns podem prometem proteção contra restauração do sistema e ainda podem enviar emails a cada vez que um estranho tentar desbloquear a segurança de tela do seu celular, com a foto do sujeito em anexo. Tamém é possivel simular o desligamento do celular e desativar o desligamento via botão power.

Alguns exemplos para o Android são o Avast e o Cerberus.

Ficando Paranóico(a) #1

Você pode tentar dificultar a vida de quem tenta burlar o sistema de localização do aparelho, realizando alguns ajustes no sistema.

  • Desativar a depuração USB;
  • Desativar a depuração USB debug via WiFi;
  • Configurar app de recuperação como Administrador do Dispositivo (Android).

Ficando Paranóico(a) #2

Como loucura pouca é bobagem, existem algumas alterações que podem ser feitas na própria parte física do telefone que irão tornar bem mais difícil uma eventual quebra de segurança.

  • Colar bateria e tampa da bateria (para aparelhos com bateria removível);
  • Desativar porta USB (recomendado se seu aparelho suporta recarregamento NFC);
  • Desativar botão power.

Se você quiser proteção adicional, dê preferência aos dispositivos Nexus porque eles têm o Device Protection que dificulta que seu telefone seja utilizado por outra pessoa senão você mesmo após um factory reset ou um iPhone, uma vez que é extremamente difícil burlar a segurança do dispositivo da Apple.

Infelizmente, mesmo sem conseguir utilizar seu aparelho, bandidos ainda roubam para vender peças no mercado paralelo.