Curiosidades

Conheça as cinco novas extensões de domínio mais importantes

Um grande desafio encontrado por quem deseja estabelecer um novo projeto na web é encontrar um nome de domínio que seja facilmente encontrado pelo público-alvo. Nesse sentido, a extensão de domínio mais visada e utilizada universalmente é a “.com”. Um estudo recente demonstra claramente a dimensão e importância desses domínios: cerca de 50% dos endereços na web possuem a extensão “.com”.

Outro fator a se considerar diz respeito à otimização para sites de busca. O algoritmo do mecanismo de busca do Google, por exemplo, é atualizado diversas vezes por semana. Isto é feito com a preocupação de que os resultados de busca exibidos sejam os mais relevantes possíveis. Por isso, é crucial escolher a extensão de domínio correta para que um site ganhe a devida importância na web.

No entanto, ao realizar uma busca por um domínio, é comum que o interessado não encontre a extensão “.com” ou “.com.br” disponível. Existe inclusive um setor de especulação nesse sentido. Algumas empresas e indivíduos adquirem domínios genéricos com terminação “.com” com o objetivo de revendê-los no futuro aos possíveis interessados, por preços que chegam aos milhares de dólares. Isto acaba forçando muitas pessoas a adquirir domínios com extensões não tão ideais.

Sim, tem gente ficando rica só comprando e vendendo domínios!
Sim, tem gente ficando rica só comprando e vendendo domínios!

Isso não quer dizer que você deve se limitar somente à extensão “.com”. Na verdade, é cada vez mais comum a adoção de terminações diferentes. Algumas destas tem se tornado bastante populares nos últimos anos, especialmente entre empresas de tecnologia.

Além disso, adquirir extensões alternativas para o domínio em sites como o 1&1 é um investimento barato que certamente irá recompensá-lo no futuro. Não existem motivos para deixar de garantir o futuro do negócio quando isto pode ser feito com poucos recursos. A seguir, listamos algumas das extensões recentes mais utilizadas:

.CO

Depois dos domínios “.com”, “.com.br” e “.net”, a extensão “.co” é a mais buscada. Apesar de ser a extensão de domínio oficial da Colômbia, muitas empresas passaram a utilizá-la em seus websites, já que “co” é também é a abreviação de “company”, ou companhia. Em função desse uso alternativo ter se popularizado, o Google não mais a interpreta como sendo pertencente a domínios exclusivos da Colômbia.

.IO

Esta extensão é uma das favoritas das startups de tecnologia que tem surgido nos útlimos anos. I/O é a sigla utilizada para Input/Output (Entradas/Saídas) na indústria. Originalmente, servia apenas para representar o Território Britânico do Ocenao Índico, mas hoje o seu uso é muito mais universal.

.CC

Uma extensão preferida entre organizações cristãs, startups e especialmente entre organizações sem fins lucrativos. CC também é a sigla utilizada para “Creative Commons”, um tipo de licença de conteúdo livre para distribuição. Originalmente, era usada em websites relacionados as Ilhas Cocos, mas logo passou a ser muito utilizada entre organizações comerciais.

.ME

A extensão “.me” surgiu com o fim de representar o recém criado país de Montenegro. Os desenvolvedores de conteúdo web logo viram a oportunidade de uma nova aplicação para “me” (“mim”, em Inglês), e logo o uso do domínio se popularizou para diversos outros fins. Hoje, é comumente empregado em abreviadores de URLs, como o fb.me (Facebook), Google (g.me) e Time Magazine (ti.me).

.IT

Os domínios terminados em “.it” costumavam representar exclusivamente websites localizados na Itália. Assim como aconteceu com os exemplos anteriores, a chance de novas utilizações para a extensão foi logo percebida, e empresas de TI (Information Technology, abreviado “IT” em Inglês) passaram a utilzar domínios com a terminação.

Estes são apenas alguns dos exemplos mais populares de extensões que vem sendo cada vez mais empregadas como alternativa aos domínios “.com” tradicionais. É importante lembrar que os domínios “.com” ainda são predominantes e irão continuar assim por um bom tempo. As novas extensões, no entanto, representam uma boa oportunidade de diferenciar-se no mercado, e vêm ganhando cada vez mais importância com o passar dos anos.