Aplicativos

Facebook lança Flash para concorrer com Snapchat

O Brasil foi o país eleito para a estreia do Flash, o novo aplicativo desenvolvido pelo Facebook  para concorrer com Snapchat.

Neste artigo você vai conhecer os recursos desse novo aplicativo desenvolvido pelo “Face”, que pelo jeito não quer perder nem um centímetro de seu lugar no topo das redes sociais, e porque o Brasil foi escolhido para ser o primeiro país a conhecer a novidade.

Facebook vs Snapchat

Está disponível desde quarta-feira, dia 8, o novo aplicativo do Facebook, com bate-papo embutido e as principais funcionalidades do seu concorrente.

O Flash (que não é o famigerado plugin de animações!) tem as principais características do Snapchat, como as máscaras faciais, os desenhos sobre as imagens, os emojis e as mensagens que se autodestroem.

É um aplicativo pequeno, com apenas 25 MB, contra os 90 MB do Snapchat. Portanto, ocupa menos espaço e consome menos dados móveis. E quem já baixou na Play Store, confirma que este é um app fluido e está realmente rodando melhor do que seu rival.

Como funciona o Flash

Em março deste ano, o Facebook comprou o bem sucedido app Masquerade, ou MSQRD, que assim como o Snapchat aplica funções chamadas de “lentes” sobre as fotografias.

E de uma forma muito parecida ao Snapchat, para utilizar o Flash, basta instalar e abrir o aplicativo, tirar uma foto com ele, adicionar uma máscara, pode também adicionar um texto ou um emoji, e compartilhar por meio de uma conversa. Após 72 horas a mensagem se autodestrói e o bate-papo só é possível através de texto.

flash-msqrd

Utilizando a tecnologia do MSQRD, o Flash cria máscaras temáticas, especialmente desenvolvidas para o perfil do público brasileiro.

O primeiro país

De acordo com informações divulgadas pelo próprio Facebook, ainda em outubro, quando o app ainda nem tinha um nome, o Brasil seria um dos escolhidos para ser o primeiro país a conhecer seu novo app.

Isso porque os usuários do país responderam bem aos testes feitos com câmeras em seu aplicativo principal durante os jogos olímpicos. Os testes também foram feitos no Canadá.

Além do mais, o app foi desenvolvido para os mercados emergentes, onde a conexão não é muito boa e grande parte dos usuários da rede social ainda utilizam antigas versões do Android.

flash-app

E ainda, após a divulgação do Flash, o gerente do produto, George Wang, disse que os usuários brasileiros foram escolhidos porque “abraçam facilmente as novidades”. Além disso, o Brasil será também o primeiro país a utilizar a câmera para interagir, antes de usar o teclado.

Wang disse também que “Reconhecemos que as redes sociais mudaram em relação ao que eram há cinco anos. A câmera se tornou o centro das redes sociais para compartilhar vídeos e fotos”.

No entanto, o Facebook ainda não revelou para quais outros países pretende levar o aplicativo.

Por enquanto, o app Flash do Facebook está disponível apenas para Android e ainda não há previsão de disponibilidade para iOS (isso é raro!).

Gostou da novidade? Comente! Compartilhe!

Até logo!